Página 11 dos resultados de 1079 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Fertilidade do solo, estado nutricional e produtividade de girassol, em função da aplicação de lodo de esgoto; Soil fertility, nutritional status, and yield of sunflower fertilized with sewage sludge

Ribeirinho, Victor Sanches; Melo, Wanderley José de; Silva, Denis Herisson da; Figueiredo, Leila Aparecida; Melo, Gabriel Maurício Peruca de
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O lodo de esgoto é um resíduo urbano-industrial que tem causado preocupação, quanto ao uso agrícola. Sua utilização pode ser viável, após a devida suplementação potássica, em substituição a fertilizantes minerais, especialmente em culturas como a do girassol. O presente trabalho objetivou avaliar a produtividade e nutrição mineral do girassol cv. CATISSOL 01, além da fertilidade de um Latossolo Vermelho eutroférrico adubado com lodo de esgoto, em comparação à adubação mineral, por dois anos consecutivos. O experimento utilizou delineamento em blocos casualizados, com 4 tratamentos (fertilização mineral, 5 t ha-1 ano-1, 10 t ha-1 ano-1 e 20 t ha-1 ano-1 de lodo de esgoto) e 5 repetições. Foram analisadas a produtividade de grãos de girassol, a concentração de macro e micronutrientes na folha diagnóstico e a fertilidade do solo. A produtividade de sementes do girassol adubado com o resíduo, em todas as doses, foi equivalente à adubação mineral, e os teores foliares situaram-se na faixa adequada, tanto para macro quanto para micronutrientes. O uso de lodo de esgoto, com suplementação potássica, mostrou-se eficiente na substituição total ou parcial da adubação mineral, sem prejudicar a produtividade da cultura do girassol.

Priming de sementes de girassol relacionado à conservação das sementes e ao desenvolvimento das plantas; Sunflower seed priming related to seed conservation and plant development

Neves, Márcio Blanco das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O girassol (Helianthus annuus L.), planta originária da América do Norte, possui aptidões no uso ornamental, na alimentação humana e animal, ou utilização como fonte de energia renovável, biodiesel. O crescente aumento na produção, e consequente demanda de sementes gera a necessidade de importação, acarretando a falta de controle de produção sementes adaptadas às características climáticas brasileiras. Nessa pesquisa foram avaliados a aplicabilidade do priming para as sementes de girassol, o efeito da utilização desta técnica na qualidade das sementes armazenadas e a utilização do priming como alternativa para uniformizar o desenvolvimento de plantas em campo, da emergência da plântula até a maturação das plantas. Foram avaliadas sementes dos híbridos Hélio 250, Hélio 358 e BRS323 e da variedade BRS324. Assim, para verificar a aplicabilidade dessa técnica, inicialmente foi avaliada a cinética de absorção de água pelas sementes em diferentes temperaturas. Para continuar o estudo do priming, em função das informações obtidas, foi utilizada, a temperatura de 20°C, a água e as soluções de PEG 6000 e KNO3, aplicadas nas sementes por imersão ou entre papel. A qualidade das sementes foi avaliada pelo teste de germinação e emergência da plântula e seus respectivos índices de velocidade. Após aplicação do priming...

Características pós-abate de novilhos terminados com silagem de girassol (Helianthus annus L.); Characteristics after slaughter of steers finished on Sunflower silage (Helianthus annuus L.)

Alves Filho, Dari Celestino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Objetivou-se avaliar as características da carcaça, da carne e do corpo vazio de novilhos terminados em confinamento submetidos a inclusões parciais na dieta de silagem de girassol (Helianthus annuus L.) em substituição à silagem de milho (Zea mays L.). Incluiu-se 0% de silagem de girassol (IG00); 33% de silagem de girassol (IG33) e 66% de silagem de girassol (IG66) com base na matéria seca (MS). Os animais foram abatidos quando a espessura de gordura subcutânea ficou entre 3 e 6 mm. A dieta consumida continha relação volumoso:concentrado de 60:40 (com base na MS), com 12,26; 12,51 e 12,79% de proteína bruta, 2,85; 2,88 e 2,93 Mcal de energia digestível/kg de MS, e 4,06; 5,29 e 7,15% de extrato etéreo, respectivamente. Novilhos IG33 apresentaram maior área de Longissimus dorsi (ALD) e menor percentagem de dianteiro do que IG00 e IG66 (64,87; 53,21 e 56,59 cm2 e 37,09; 38,45 e 37,97%, respectivamente). Os animais IG33 apresentaram maior ALD/100 kg de carcaça fria e percentagem de traseiro que IG00 (27,98 vs 23,31cm2/100kg e 49,79 vs 48,93%, respectivamente). Também apresentaram superior relação músculo:osso e músculo+gordura:osso que IG66 (4,94 vs 4,29 e 6,97 vs 5,90, respectivamente). A inclusão de silagem de girassol em qualquer nível não influenciou significativamente coloração (3...

Fertilidade do solo, estado nutricional e produtividade de girassol, em função da aplicação de lodo de esgoto

Ribeirinho, Victor Sanches; Melo, Wanderley José de; Silva, Denis Herisson da; Figueiredo, Leila Aparecida; Melo, Gabriel Maurício Peruca de
Fonte: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG Publicador: Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 166-173
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O lodo de esgoto é um resíduo urbano-industrial que tem causado preocupação, quanto ao uso agrícola. Sua utilização pode ser viável, após a devida suplementação potássica, em substituição a fertilizantes minerais, especialmente em culturas como a do girassol. O presente trabalho objetivou avaliar a produtividade e nutrição mineral do girassol cv. CATISSOL 01, além da fertilidade de um Latossolo Vermelho eutroférrico adubado com lodo de esgoto, em comparação à adubação mineral, por dois anos consecutivos. O experimento utilizou delineamento em blocos casualizados, com 4 tratamentos (fertilização mineral, 5 t ha-1 ano-1, 10 t ha-1 ano-1 e 20 t ha-1 ano-1 de lodo de esgoto) e 5 repetições. Foram analisadas a produtividade de grãos de girassol, a concentração de macro e micronutrientes na folha diagnóstico e a fertilidade do solo. A produtividade de sementes do girassol adubado com o resíduo, em todas as doses, foi equivalente à adubação mineral, e os teores foliares situaram-se na faixa adequada, tanto para macro quanto para micronutrientes. O uso de lodo de esgoto, com suplementação potássica, mostrou-se eficiente na substituição total ou parcial da adubação mineral, sem prejudicar a produtividade da cultura do girassol.; The disposal of sewage sludge in agricultural soils is of great concern. It can substitute mineral fertilizers...

Desempenho e características de carcaça de cordeiros alimentados em comedouros privativos recebendo rações contendo semente de girassol

Macedo, Vicente de Paulo; Silveira, Antonio Carlos; Garcia, Cledson Augusto; Monteiro, Alda Lúcia Gomes; Macedo, Francisco de Assis Fonseca de; Spers, Rodolfo Cláudio
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2041-2048
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
Avaliaram-se o desempenho e as características quali e quantitativas da carcaça de cordeiros alimentados com ração contendo semente de girassol. Utilizaram-se 16 cordeiros distribuídos aleatoriamente em um delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos (0,00; 6,60; 13,20 ou 19,80% de semente de girassol na matéria natural), cada um com quatro repetições, totalizando 16 cordeiros. As dietas continham 2,65; 2,78; 2,89 e 2,93 Mcal/kg de energia metabolizável e 18,38; 18,75; 19,98 e 21,18% de proteína bruta, respectivamente, e foi fornecida ad libitum. Os cordeiros foram pesados a cada 14 dias e mantidos com as ovelhas até atingirem 28 kg, quando foram abatidos, após jejum de sólidos por 18 horas, para obtenção do peso vivo ao abate e registro do peso da carcaça quente e do conteúdo gastrintestinal, utilizados no cálculo do peso de corpo vazio. As carcaças foram mantidas por 24 horas em câmara frigorífica em temperatura de 5ºC para obtenção do peso de carcaça fria. Os níveis de semente de girassol na dieta não afetaram as características de desempenho dos cordeiros. No entanto, os pesos de carcaça quente e de carcaça fria; os pesos de pescoço, baixo, paleta, costela descoberta, costela, lombo; e os rendimentos comerciais de carcaça e costela descoberta...

Desempenho e características de carcaça de cordeiros alimentados com fontes de carboidratos associadas ao óleo de girassol

Morgado, Eliane da Silva; Ezequiel, Jane Maria Bertocco; Galzerano, Leandro; Silva Sobrinho, Américo Garcia da
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 712-720
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
This work was carried out with the objective to evaluate the effect of different carbohydrate sources associated with sunflower oil on performance, carcass characteristics and cuts yields of feedlot sheep. Twenty four lambs were assigned to a completely randomized design with a 2 × 2 factorial arrangement with two sources of neutral detergent soluble carbohydrate, starch or neutral detergent soluble fiber, with and without the inclusion of 4.2% sunflower oil. The treatments consisted of diets containing high content of soluble fiber (17.14% DM) without adding oil, high in soluble fiber (16.35% DM) with inclusion of 4.2% sunflower oil, high starch (30.14% DM) without adding oil and high starch (28.21% DM) with addition of 4.2% of sunflower oil. The animals were feedlot with average initial of 17.7 kg and when reached 35 kg body weight were slaughtered. The different sources of carbohydrate and oil inclusion in the diet not influence the days on feedlot in the dry matter intake and average daily weight gain, but higher feed conversion was observed for the diet with a high percentage of neutral detergent soluble fiber compared to diet high in starch. The carcass weights and yields as well as the commercial cuts were not affected by diets. The performance and quantitative characteristics and carcass cuts of lamb are not affected by different carbohydrate sources and their association with 4.2% sunflower oil.; Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes fontes de carboidratos associadas ao óleo de girassol sobre o desempenho...

Desempenho e características quantitativas in vivo e da carcaça de cordeiros alimentados com cana-de-açúcar e concentrado contendo grãos de girassol e vitamina E

Manzi, Gabriela Milani
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: xi, 79 p.
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; Utilizou-se 32 cordeiros Ile de France, machos não castrados, dos 15 aos 32 kg de peso corporal, que foram divididos nos seguintes tratamentos: C – cana-de-açúcar + concentrado sem grãos de girassol e sem vitamina E; CG – cana-de-açúcar + concentrado com grãos de girassol e sem vitamina E; CV – cana-de-açúcar + concentrado sem grãos de girassol e 1000 mg vit.E/kg de matéria seca (MS) da dieta; CGV – cana-de-açúcar + concentrado com grãos de girassol e 1000 mg vit.E/kg de MS da dieta. A cana-de-açúcar foi da variedade IAC 86-2480 fornecida in natura. As dietas apresentavam relação volumoso:concentrado, 50:50, sendo ofertadas ad libitum às 8 h e às 17h. Os cordeiros foram confinados em baias individuais e receberam a dieta proporcionando até 10% de sobras. Este trabalho teve como objetivos avaliar o desempenho (ingestão de matéria seca, ganho de peso corporal e conversão alimentar), a digestibilidade de nutrientes, o balanço de nitrogênio, as mensurações in vivo e na carcaça e os parâmetros quantitativos da carcaça (rendimentos de carcaça quente e fria, rendimento biológico, perda de peso por resfriamento e rendimento dos cortes) de cordeiros Ile de France. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial 2 x 2 (2 níveis de inclusão de grãos de girassol: com ou sem e 2 níveis de vitamina E; 0 e 1000 mg/kg de MS da dieta) e as médias comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5% de significância. A inclusão dos grãos de girassol proporcionou (P<0...

Efeitos de diferentes métodos de quebra da dormência no perfil protéico de embriões de girassol (Helianthus annuus L.)

Pinheiro, Janayna Dantas
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Botânica, 2006.; Dormência e germinação são eventos associados determinados pela ação antagônica entre o potencial de crescimento do embrião e a restrição gerada pelos tecidos que o circundam ou pelos inibidores presentes na semente. Tais eventos são influenciados por um grande número de genes e fatores ambientais. A dormência pode ser considerada como um bloqueio à germinação em uma semente viável intacta sob condições favoráveis. Contudo, sabe-se que a quebra da dormência pode envolver vários aspectos como o balanço hormonal, a variação de temperatura e a síntese de proteínas. Sementes de girassol (Helianthus annuus L.) apresentam dormência fisiológica quando recém-colhidas. Incubação com etileno, e tratamentos com temperaturas próximas a 30ºC promovem a germinação. Com base nestas considerações o presente estudo teve o objetivo de: 1) estudar a cinética de germinação das sementes de girassol por meio de medidas de tempo médio e variância da germinação; 2) investigar a síntese de proteínas em embriões dormentes e germinantes através de géis e fluorogramas; 3) identificar nos géis e fluorogramas proteínas cuja síntese ou remoção tenha sido afetada pelos tratamentos de quebra da dormência. Para tanto...

Desempenho de bovinos leiteiros em fase de crescimento alimentados com farelo de girassol; Performance of growing cattle fed sunflower meal

Garcia, José Américo Soares; Vieira, Paulo de Figueiredo; Cecon, Paulo Roberto; Setti, Mara Cristina; Pimentel, Concepta Margaret McManus; Louvandini, Helder
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O experimento foi realizado para se estudarem os efeitos da inclusão de níveis crescentes de farelo de girassol (0%, 15%, 30% e 45%) em substituição ao farelo de soja no concentrado utilizado para bovinos da raça Holandesa em fase de crescimento, sobre os consumos de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), extrato etéreo (EE), extrato não nitrogenado (ENN), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA) e matéria mineral (MM), e sobre ganhos de peso. Utilizaram-se, em blocos casualizados, 24 bovinos de treze meses de idade média inicial e peso médio inicial de 194 kg. Os consumos obtidos durante os 84 dias experimentais, expressos em gramas por unidade de tamanho metabólico, de MS, PB, ENN e MM, não foram influenciados pelos níveis de inclusão do farelo de girassol. Contudo, houve redução linear no consumo de EE e aumento linear nos consumos de FDN e FDA com o acréscimo do farelo de girassol na dieta. Não houve efeito dos níveis de inclusão do farelo de girassol sobre o ganho de peso. Concluiu-se que o farelo de girassol, até o nível de 45% de inclusão no concentrado, poderá ser utilizado com eficiência na dieta de bovinos leiteiros em fase de crescimento. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT; This experiment was carried out to study the effects of level 0%...

Estabilidade oxidativa de ovos e desempenho de codornas europeias (Coturnix coturnix coturnix) suplementadas com vitamina C e óleos de soja e de girassol; Oxidative stability of eggs and performance of european quails (Coturnix coturnix coturnix) supplemented with vitamin C and soybean and sunflower oils

Roriz, Cássia Gabrielle de Queiroz
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2014.; O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho e a qualidade dos ovos de codornas europeias alimentadas com rações contendo óleos de soja ou de girassol e com diferentes níveis de vitamina C. O período experimental foi de 70 dias, divididos em cinco ciclos de 14 dias. A temperatura mínima e máxima média foi de 24º C e 20° C, respectivamente. Foram utilizadas 240 codornas com 115 dias de idade, distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 2x4, com duas fontes de óleo (soja e girassol) e quatro níveis de vitamina C (0, 100, 200 e 400 ppm). Ao final de cada ciclo foram coletados dados de consumo de ração (g/ave/d), produção de ovos (%), conversão alimentar (CA) e os ovos foram coletados para análises dos pesos de ovo, casca, albúmen e gema (g), espessura da casca (mm) e porcentagem de gema, albúmen e casca. Para as análises de oxidação lipídica das gemas frescas, os ovos foram coletados durante quatro dias consecutivos e armazenados a 10º C por 42 dias. Outros ovos foram coletados por três dias consecutivos para análises de oxidação lipídica das gemas de ovos cozidos. Tais ovos foram cozidos e armazenados em uma solução conservante a 4° C por 28 dias. As análises de oxidação lipídica da gema do ovo fresco foram realizadas com 0...

Influência da temperatura e do teor de humidade do solo na área foliar e acumulação de matéria seca durante o estabelecimento da ervilha (Pisum sativum L.) e do milho (Zea mays L.) e do girassol

Andrade, José; Abreu, Francisco
Fonte: Sociedade das Ciências Agrárias e Portugal Publicador: Sociedade das Ciências Agrárias e Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O crescimento foliar e a acumulação de matéria seca durante o estabelecimento da ervilha (Pisum sativum L., var. Ballet), do milho (Zea mays L., var. Lorena) e do girassol (Helianthus annuus L., var. Flora-sol) foram estudados em função da temperatura e do teor de água num solo Pmg(Évora) e num Cb (Lisboa), entre Junho de 1995 e Novembro de 1996. Mediu-se a temperatura do solo a 2 e 4 cm de profundidade, a temperatura do ar e a humidade do solo. A área foliar das plântulas foi estimada a partir de medições do comprimento e da largura de cada folha. A acumulação de matéria seca foi avaliada pela pesagem da parte aérea das plântulas após secagem em estufa. Os dados foram analisados com base no conceito de tempo térmico. Para teores de humidade superiores a 50% da capacidade utilizável de cada solo, a área foliar durante o estabelecimento da ervilha e do milho aumentou linearmente com a temperatura acumulada, enquanto que a do girassol aumentou exponencialmente durante o mesmo período. A relação entre a acumulação de matéria seca de qualquer das culturas e a temperatura acumulada foi exponencial. O tipo de solo influenciou significativamente o “início da expansão foliar” da ervilha e do girassol, a “taxa térmica de expansão foliar” do milho e a acumulação de matéria seca da ervilha e do milho. O “início da expansão foliar” da ervilha ocorreu mais cedo no solo Cb enquanto que o do girassol ocorreu mais cedo no solo Pmg. A expansão foliar do milho foi mais rápida no solo Pmg. A acumulação de matéria seca da ervilha foi mais rápida no solo Cb...

Expansão da área foliar e acumulação de matéria seca durante o estabelecimento da ervilha (Pisum sativum L.) e do milho (Zea mays L.) em dois tipos de solos, a diferentes temperaturas e teores de humidade.

Andrade, José; Abreu, F
Fonte: SPCS, ESACB Publicador: SPCS, ESACB
Tipo: Aula
Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O estabelecimento de uma cultura determina em larga escala a sua produtividade e é, em grande medida, controlado pela temperatura e pela humidade do solo. Um rápido crescimento foliar e uma rápida acumulação de matéria seca são fundamentais para um estabelecimento adequado. O crescimento foliar e a acumulação de matéria seca durante o estabelecimento da ervilha (Pisum sativum L.), do milho (Zea mays L.) e do girassol (Helianthus annus L.) foram estudados em função da temperatura e do teor de água num solo Pmg (Évora) e num Cb (Lisboa), entre Novembro de 1993 e Novembro de 1996. Mediu-se a temperatura do solo a 2 e 4 cm de profundidade, a temperatura do ar e a humidade do solo. A área foliar das plântulas foi estimada a partir de medições do comprimento e da largura de cada folha. A acumulação de matéria seca foi avaliada pela pesagem da parte aérea das plântulas após secagem em estufa. Os dados foram analisados com base no conceito de tempo térmico. Para teores de humidade superiores a 50% da capacidade utilizável de cada solo, a área foliar durante o estabelecimento da ervilha e do milho aumentou linearmente com a temperatura acumulada, enquanto que a do girassol aumentou exponencialmente durante o mesmo período. A relação entre a acumulação de matéria seca de qualquer das culturas e a temperatura acumulada foi exponencial. Baixos teores de humidade do solo afectaram negativamente o crescimento foliar e a acumulação de matéria seca. Em condições hídricas favoráveis...

Crescimento de girassol como flor em vaso em função de doses de paclobutrazol

Wanderley,Christina da Silva; Faria,Ricardo Tadeu de; Rezende,Roberto
Fonte: Universidade Federal de Viçosa Publicador: Universidade Federal de Viçosa
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O girassol (Helianthus annuus L.), que é comumente cultivado para produção de sementes e óleo, também apresenta potencial de uso como planta ornamental. Entretanto, seu porte elevado dificulta essa utilização, principalmente como flor em vaso. Objetivou-se neste experimento avaliar os efeitos do regulador de crescimento paclobutrazol sobre o crescimento de plantas de girassol em vaso, cultivadas em sistema hidropônico, dentro de estufa, em vasos preenchidos com sílica moída. Os dois genótipos de girassol utilizados foram BRS Oásis, com capítulo marrom e altura média de 1,85 m, e Helio 358, com capítulo amarelo e altura média de 1,45 m. As doses de paclobutrazol avaliadas foram 0; 0,5; 1; 2; 4; e 6 mg L-1 , aplicadas diretamente no substrato de sílica moída. A solução nutritiva utilizada foi a de Hoagland, e as plantas foram mantidas sob aeração constante. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial com cinco repetições, totalizando 60 parcelas. Avaliaram-se a altura das plantas e a massa de matéria seca de raiz, caule, folhas e de capítulos. Houve efeito do paclobutrazol sobre o crescimento das plantas. O uso do paclobutrazol na dose de 2mgL-1 reduz a altura do girassol, porém não afeta a qualidade da inflorescência...

Persistência e fitotoxicidade de herbicidas aplicados na soja sobre o girassol em sucessão

Brighenti,Alexandre Magno; Moraes,Vinícius Junqueira; Oliveira Júnior,Rubem Silvério de; Gazziero,Dionísio Luiz Pisa; Barroso,Alberto Leão Lemos; Gomes,Jerônimo Araújo
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito residual dos herbicidas imazaquin, imazethapyr e diclosulam aplicados na cultura da soja sobre o girassol em sucessão. Nas parcelas, foi semeado o girassol aos 60 e 90 dias após a aplicação (DAA) do imazaquin e do diclosulam e 45 e 75 DAA do imazethapyr. As subparcelas foram compostas pelos herbicidas imazaquin (150 g/ha), imazethapyr (70 g/ha) e diclosulam (33,6 g/ha) aplicados na cultura da soja, além da testemunha (sem aplicação). O girassol, semeado aos 90 e aos 75 dias após a aplicação do imazaquin e do imazethapyr na cultura da soja, respectivamente, não apresenta sintomas de fitotoxicidade. O diclosulam causa redução total do estande de girassol nas duas épocas de semeadura. A lesão causada pelos herbicidas ao girassol, observada na produtividade da cultura, é maior em ordem decrescente de fitotoxicidade: diclosulam > imazaquin > imazethapyr.

Desempenho de cordeiros confinados, alimentados com dietas à base de torta de girassol

Rodrigues,Deivison Novaes; Cabral,Luciano da Silva; Lima,Leni Rodrigues; Zervoudakis,Joanis Tilemahos; Galati,Rosemary Laís; Oliveira,André Soares de; Costa,Dorival Pereira Borges da; Geron,Luiz Juliano Valério
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.298896%
O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da inclusão da torta de girassol na dieta de cordeiros em confinamento sobre o desempenho produtivo dos animais. Utilizaram-se 40 cordeiros sem raça definida, não castrados, com peso médio inicial de 20,17±2,66 kg, alimentados com 0, 7, 14, 21 e 28% de torta de girassol na dieta (base seca). O experimento foi conduzido em delineamento de blocos ao acaso. A inclusão de torta de girassol na dieta não alterou o consumo médio de matéria seca (883,58 g por dia), a conversão alimentar (4,40) e o consumo médio de água (2,59 L por dia). O aumento dos níveis de torta de girassol diminuiu linearmente o peso final, o ganho de peso total, o ganho de peso diário e a área de olho de lombo. O nível de inclusão de até 28% não afeta o consumo médio de matéria seca e de água, mas reduz o desempenho e a área de olho de lombo. Para obter o menor custo com a dieta, o nível de inclusão da torta de girassol pode atingir até 28% da matéria seca, quando o seu preço representar até 40% do preço da mistura entre milho e farelo de soja.

Persistência e fitotoxicidade do herbicida atrazine aplicado na cultura do milho sobre a cultura do girassol em sucessão

Brighenti,A.M.; Moraes,V.J.; Oliveira JR.,R.S.; Gazziero,D.L.P.; Voll,E.; Gomes,J.A.
Fonte: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas Publicador: Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Embora o herbicida atrazine aplicado na cultura do milho seja seletivo para esta cultura, pode causar fitotoxicidade em cultivos em sucessão/rotação. Dois experimentos foram conduzidos em campo, a fim de avaliar o efeito residual do herbicida atrazine aplicado na cultura do milho sobre a cultura do girassol em sucessão. Um deles foi conduzido no município de Montividiu-GO e o outro em Londrina-PR. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados em parcelas subdivididas. Intervalos entre a aplicação do herbicida atrazine na cultura do milho e a semeadura da cultura do girassol foram dispostos nas parcelas, e as doses de atrazine aplicadas na cultura do milho, nas subparcelas. Em Montividiu, o girassol foi semeado aos 90, 116 e 128 dias após a aplicação (DAA) das doses de 0 (testemunha sem aplicação), 1,5 e 2,5 kg ha-1 de atrazine. Em Londrina, o girassol foi semeado aos 60, 90 e 120 DAA das doses de 0 (testemunha sem aplicação), 3,0 e 6,0 kg ha-1 de atrazine. A produtividade da cultura do girassol sofreu reduções significativas, em função dos resíduos de atrazine na semeadura realizada aos 60 dias após a aplicação das doses de 3,0 e 6,0 kg ha-1. Nenhuma das características avaliadas na cultura do girassol foi afetada significativamente pelos resíduos do herbicida quando a semeadura foi realizada aos 90...

Desempenho, consumo e morfometria in vivo de cordeiros Santa Inês alimentados com rações contendo torta de girassol em substituição ao farelo de algodão

Fernandes Júnior,F.; Ribeiro,E.L.A.; Castro,F.A.B.; Mizubuti,I.Y.; Silva,L.D.F.; Pereira,E.S.; Pinto,A.P.; Barbosa,M.A.A.F.; Koritiaki,N.A.
Fonte: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária Publicador: Universidade Federal de Minas Gerais, Escola de Veterinária
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Este estudo foi conduzido com o objetivo de determinar o melhor teor de substituição da proteína do farelo de algodão pela proteína da torta de girassol em dietas para cordeiros Santa Inês, por meio da avaliação do consumo, ganho de peso, conversão alimentar e medidas morfométricas. Foram confinados, por 60 dias, 30 cordeiros da raça Santa Inês, machos inteiros, com idade e peso médio no início do experimento de 80 dias e 21,45±2,16kg, respectivamente. O delineamento experimental foi completamente casualizado, sendo os animais divididos em 5 tratamentos, com 6 repetições por tratamento, de acordo com a quantidade de proteína do farelo de algodão substituída pela proteína da torta de girassol (0, 20, 40, 60 e 80% de substituição). As variáveis peso final, consumo de matéria seca e conversão alimentar não foram afetadas pelas dietas experimentais, embora o ganho médio diário tenha sido inferior para as dietas com maior teor de torta de girassol. Para os parâmetros de consumo, verificou-se diferença apenas no consumo de extrato etéreo em relação ao peso metabólico (g/kg PV0...

Persistência e fitotoxicidade do herbicida atrazine aplicado na cultura do milho sobre a cultura do girassol em sucessão.

BRIGHENTI, A. M.; MORAES, V. J.; OLIVEIRA JUNIOR, R. S.; GAZZIERO, D. L. P.; VOLL, E.; GOMES, J. A.
Fonte: Planta Daninha, Viçosa, v. 20. n. 2, p. 291-297, 2002. Publicador: Planta Daninha, Viçosa, v. 20. n. 2, p. 291-297, 2002.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Embora o herbicida atrazine aplicado na cultura do milho seja seletivo para esta cultura, pode causar fitotoxicidade em cultivos em sucessão/rotação. Dois experimentos foram conduzidos em campo, a fim de avaliar o efeito residual do herbicida atrazine aplicado na cultura do milho sobre a cultura do girassol em sucessão. Um deles foi conduzido no município de Montividiu-GO e o outro em Londrina-PR. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados em parcelas subdivididas. Intervalos entre a aplicação do herbicida atrazine na cultura do milho e a semeadura da cultura do girassol foram dispostos nas parcelas, e as doses de atrazine aplicadas na cultura do milho, nas subparcelas. Em Montividiu, o girassol foi semeado aos 90, 116 e 128 dias após a aplicação (DAA) das doses de 0 (testemunha sem aplicação), 1,5 e 2,5 kg ha-1 de atrazine. Em Londrina, o girassol foi semeado aos 60, 90 e 120 DAA das doses de 0 (testemunha sem aplicação), 3,0 e 6,0 kg ha-1 de atrazine. A produtividade da cultura do girassol sofreu reduções significativas, em função dos resíduos de atrazine na semeadura realizada aos 60 dias após a aplicação das doses de 3,0 e 6,0 kg ha-1. Nenhuma das características avaliadas na cultura do girassol foi afetada significativamente pelos resíduos do herbicida quando a semeadura foi realizada aos 90...

Efeito de dieta suplementada com óleo de girassol sobre o perfil lipídico plasmático e seminal de caprinos

Santana dos Santos, Bianka; Lúcia de Menezes lima, Vera (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Na região semi-árida do Nordeste do Brasil, a produção pecuária de caprinos é uma atividade econômica importante, principalmente devido à resistência e à capacidade de adaptação que esses animais têm perante as condições climáticas dessa região. Este trabalho visa analisar o efeito de dietas simples, como o uso do óleo de girassol, sobre o perfil lipídico plasmático e seminal de caprinos, bem como verificar sua influência sobre a fertilidade desses pequenos ruminantes. Para tanto, vinte e sete caprinos machos adultos da raça Anglo-Nubiana, com 2 a 4 anos de idade e peso médio de 54,04 ± 8,67 Kg, foram selecionados e mantidos em instalações individuais, à temperatura ambiente. Esses animais foram divididos em 3 grupos, de acordo com o percentual do conteúdo lipídico administrado (2 %, 4 % e 6 % de óleo de girassol). Os lipídios circulantes e seminais foram determinados antes e após 30 e 60 dias de administração das dietas. Também foram realizados o teste hipoosmótico e a contagem do número de espermatozóides. Os níveis plasmáticos de colesterol total foram elevados em todos os animais após a suplementação lipídica, entretanto, no sêmen, estes níveis não sofreram alterações nos caprinos sob dieta com 4 % de óleo de girassol. De modo geral...

Craqueamento térmico e termocatalítico do óleo de girassol (Hellianthus annus L.) sobre materiais micro e mesoporosos; Craqueamento térmico e termocatalítico do óleo de girassol (Hellianthus annus L.) sobre materiais micro e mesoporosos

Melo, Ana Cláudia Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.354966%
Microporous materials zeolite type Beta and mesoporous type MCM-41 and AlMCM-41 were synthesized hydrothermally and characterized by methods of X-ray diffraction, Fourier transform infrared, scanning electron microscopy, surface acidity, nitrogen adsorption, thermal analysis TG / DTG. Also we performed a kinetic study of sunflower oil on micro and mesoporous catalysts. The microporous material zeolite beta showed a lower crystallinity due to the existence of smaller crystals and a larger number of structural defects. As for the mesoporous materials MCM-41 and AlMCM-41 samples showed formation of hexagonal one-dimensional structure. The study of kinetic behavior of sunflower oil with zeolite beta catalysts, AlMCM-41 and MCM-41 showed a lower activation energy in front of the energy of pure sunflower oil, mainly zeolite beta. In the thermal cracking and thermocatalytic of sunflower oil were obtained two liquid fractions containing an aqueous phase and another organic - organic liquid fraction (FLO). The FLO first collected in both the thermal cracking as the thermocatalytic, showed very high level of acidity, performed characterizations of physicochemical properties of the second fraction in accordance with the specifications of the ANP. The second FLO thermocatalytic collected in cracking of sunflower oil presented results in the range of diesel oil...