Últimos itens adicionados do Acervo: Universidade Federal de Ouro Preto

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) é uma universidade pública brasileira mantida pelo governo federal do Brasil. Foi criada em 21 de agosto de 1969 a partir da incorporação de duas centenárias instituições de ensino superior: a Escola de Farmácia fundada em 1839 e a Escola de Minas fundada em 1876, ambas localizadas em Ouro Preto, Minas Gerais.

Página 13 dos resultados de 429 itens digitais encontrados em 0.001 segundos

An?lise num?rica de elementos estruturais com intera??o parcial.

Silva, Amilton Rodrigues
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Elementos estruturais compostos por dois ou mais membros, com diferentes materiais e se??es, conectados entre si atrav?s de liga??es deform?veis, aparecem em diversas situa??es pr?ticas de Engenharia. O exemplo cl?ssico na Engenharia Civil ? o caso da viga mista de a?o e concreto, na qual uma laje de concreto se combina a um perfil met?lico. Os conectores de cisalhamento que fazem a liga??o entre os dois elementos permitem um deslocamento relativo entre os componentes, gerando um comportamento estrutural diferente de um sistema composto por dois elementos rigidamente conectados. No contexto das estruturas mistas este fen?meno ? conhecido como intera??o parcial. Outras estruturas, como vigas de madeira formadas por m?ltiplas chapas coladas, apresentam comportamento semelhante. O objetivo deste trabalho ? o desenvolvimento, implementa??o e teste de ferramentas num?ricas, baseadas no M?todo dos Elementos Finitos, para a simula??o computacional de estruturas onde haja conex?o deform?vel. Desta forma, foram formulados, implementados e testados em uma plataforma computacional diversos elementos finitos capazes de representar estruturas com este tipo de comportamento. Numa primeira etapa foram desenvolvidas formula??es de elementos unidimensionais de interface...

Estudo do material particulado atmosf?rico e metais associados ?s part?culas totais em suspens?o na cidade de Ouro Preto, MG

Magalh?es, Lucas Carl?cio
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Ambiental. PRO?GUA, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Ambiental. PRO?GUA, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
A exposi??o ?s part?culas suspensas no ar e ?s subst?ncias a elas associadas pode causar danos ? sa?de humana, ? flora e ? fauna, ?s edifica??es, de modo particular aos monumentos, dentre outros preju?zos. Portanto, o conhecimento dos seus n?veis no ar atmosf?rico ? importante para o estabelecimento de a??es preventivas. Este trabalho teve por objetivos estudar o material particulado em suspens?o na atmosfera da cidade de Ouro Preto bem como os metais a ele associados, contribuindo dessa forma para a avalia??o da qualidade do ar na cidade. As principais fontes de polui??o atmosf?rica s?o uma f?brica de alum?nio e a emiss?o veicular. Al?m dessas, uma f?brica de ferro-ligas e empresas mineradoras localizadas pr?ximas ? cidade s?o tamb?m potenciais fontes poluidoras. Para a coleta de PTS utilizaram-se dois amostradores de grande volume instalados no centro hist?rico e um terceiro nos limites da cidade. Foram estudadas 180 amostras coletadas entre maio de 2002 e maio de 2003, em per?odos de 24 horas numa freq??ncia de 6 dias. Em 60 das amostras coletadas determinaram-se as concentra??es de 13 metais, utilizando a t?cnica da espectrometria de emiss?o at?mica por plasma indutivamente acoplado (ICP-AES). Quanto aos resultados de PTS, a m?dia geom?trica anual n?o ultrapassou o padr?o secund?rio legal de 60 ?g/m3 em nenhum dos pontos amostrados. Para per?odos de 24 horas...

An?lise num?rica de vigas mistas com intera??o parcial.

Silva, Amilton Rodrigues
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
O aumento da utiliza??o de estruturas de a?o em obras de engenharia na constru??o civil, a presen?a do concreto garantida pelo preenchimento das lajes de piso e o ganho nas propriedades mec?nicas das vigas mistas em rela??o ?s vigas comuns, incidem em um relativo aumento deste tipo de elemento estrutural na pr?tica da constru??o. Um indicativo deste crescimento ? o projeto de revis?o da norma brasileira de dimensionamento de estruturas em a?o, onde al?m da revis?o do seu texto original, tratar? o conceito de novas t?cnicas construtivas como os elementos estruturais de se??o mista. O objetivo deste trabalho ? estabelecer um tratamento mais adequado em rela??o ? an?lise de vigas mistas com intera??o parcial, ou seja, considerando o deslizamento relativo na interface de contato entre os materiais. Para isto utiliza-se o M?todo dos Elementos Finitos. Para solu??o deste tipo de problema usando o m?todo dos elementos finitos ser? desenvolvido um elemento unidimensional de viga que consiga simular o deslizamento na interface de contato entre os materiais da se??o mista considerando a n?o-linearidade f?sica destes materiais e a possibilidade de se??es transversais gen?ricas. Em uma segunda estrat?gia de solu??o do problema utilizando o m?todo dos elementos finitos desenvolve-se um elemento de interface retangular de espessura nula capaz de simular o deslizamento ao longo da interface...

O uso do a?o nas interven??es em edifica??es hist?ricas: interfaces da arquitetura e da estrutura

Lloyd, Ana Lu?sa Lima
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
A consci?ncia cada vez maior de se preservar o patrim?nio arquitet?nico possibilitou aos projetos de interven??o contempor?neos uma preocupa??o maior com a valoriza??o do pr?-existente. Essas interven??es buscam um di?logo entre o presente e o passado, aliado a uma procura de t?cnicas adequadas que permitam diferenciar as duas ?pocas, explicitando mudan?as tecnol?gicas e proporcionando, ao mesmo tempo, harmonia ao conjunto. A partir da?, o trabalho procurou analisar o comportamento do a?o quando utilizado nas interven??es em edifica??es hist?ricas, de acordo com as teorias relativas ? preserva??o do patrim?nio. Aliado a essa preocupa??o com a valoriza??o do antigo, o trabalho buscou analisar a adequa??o do a?o nas interfaces da arquitetura e estrutura, no que se refere ? est?tica, funcionalidade, conforto, t?cnica, economia, resist?ncia do material. _______________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: The conscience of preserving the architectural patrimony made possible for the contemporary intervention projects an increasing valuation of the preexisting. These interventions seek establishing a dialogue between the present and the past, allied to a search of adequate techniques that allow to differentiate these times...

Seguran?a de estruturas em perfis formados a frio

Brand?o, Andr? Lu?s Riqueira
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
As estruturas devem oferecer seguran?a e boas condi??es de utiliza??o. Seguran?a significa que a estrutura n?o ir? se romper ou falhar, durante sua vida ?til, de modo que a integridade da vida de seus usu?rios seja obtida, ou ainda provocar um grande preju?zo econ?mico. Em um projeto estrutural, procura-se a solu??o mais econ?mica e segura poss?vel. Isto significa que a estrutura deve apresentar-se resistente, est?vel, duradoura e com o menor custo. Durante v?rias d?cadas as estruturas foram projetadas segundo normas em tens?es admiss?veis. A partir da d?cada de 1980, as normas brasileiras para o dimensionamento de estruturas met?licas passaram a ser baseadas no m?todo dos estados limites. Nestas normas s?o utilizados coeficientes de pondera??o das a??es e da resist?ncia de forma a se obter n?veis de seguran?a nelas definidos. Neste trabalho apresenta-se um estudo da seguran?a de elementos de barras e liga??es de perfis formados a frio, para v?rios estados limites, abordados em alguns c?digos de projeto. Os objetivos deste estudo s?o a avalia??o do ?ndice de confiabilidade, ?, para diversas rela??es a??o permanente/a??o vari?vel, bem como, comparar os valores encontrados considerando diversas combina??es de a??es. O estudo comparativo inclui o procedimento de calibra??o...

Sistema computacional para an?lise avan?ada est?tica e din?mica de estruturas met?licas

Silva, Andr?a Regina Dias da
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Este trabalho tem como objetivo o desenvolvimento de uma ferramenta computacional para an?lise avan?ada est?tica e din?mica de estruturas met?licas reticuladas baseada no M?todo dos Elementos Finitos. O conhecimento do comportamento est?tico e din?mico de uma estrutura ? essencial para a concep??o de estruturas mais leves e esbeltas sem afetar o seu padr?o de seguran?a e de qualidade. Assim, torna-se necess?rio utilizar teorias mais complexas, como formula??es n?o lineares, evitando simplifica??es no processo de an?lise/projeto. Nesse sentido, s?o consideradas neste trabalho duas fontes de n?o linearidades: a geom?trica, que considera os efeitos da deslocabilidade da estrutura, e a f?sica, causada principalmente pelas caracter?sticas mec?nicas dos materiais utilizados na constru??o civil. A inelasticidade do a?o e a semi-rigidez das liga??es entre os membros estruturais caracterizam a n?o linearidade f?sica. Em uma An?lise Avan?ada, esses efeitos n?o lineares s?o diretamente considerados na formula??o do elemento. Isso elimina a necessidade de processar a an?lise e o dimensionamento estrutural em fases distintas, permitindo assim estimar precisamente os poss?veis modos de colapso. Os fundamentos te?ricos necess?rios para um melhor entendimento do comportamento estrutural e das formula??es desenvolvidas para a considera??o de cada um dos efeitos citados ser?o apresentados ao longo do trabalho. Avalia-se a estabilidade est?tica e din?mica de v?rios sistemas estruturais com liga??es r?gidas e semi-r?gidas cujas solu??es anal?ticas ou num?ricas s?o encontradas na literatura. Essas an?lises s?o usadas tamb?m para a valida??o da metodologia de solu??o adotada. Ao final da tese...

As liga??es semirr?gidas na an?lise avan?ada com zona pl?stica de portais planos de a?o

Alvarenga, Arthur Ribeiro de
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Neste trabalho, estuda-se como desenvolver a An?lise Avan?ada empregando o m?todo da Zona Pl?stica em portais planos de a?o, agora incluindo o efeito das liga??es. Primeiramente, define-se esta an?lise como a inel?stica de segunda ordem, na qual se avalia a plasticidade distribu?da (por meio da t?cnica das fatias) e consideram-se os chamados ?Aspectos importantes?, como as imperfei??es geom?tricas (curvatura inicial e fora de prumo) e f?sicas (tens?es residuais). Em seguida, introduz-se o efeito das liga??es, mediante uma revis?o bibliogr?fica abrangendo hist?rico, propriedades, tipos, modelos de comportamento de momento rota??o M-?. Prop?e-se um novo modelo, chamado Rigidez Bilinear (RBL), que ? empregado tamb?m em v?rias an?lises e permite fazer uma estimativa de curvas M-? por analogia. ? desenvolvida a formula??o num?rica do EF com liga??o numa extremidade e se define um novo par?metro ?ndice de giro pr?prio da liga??o ?. Estuda-se a sua influ?ncia na formula??o, seus valores, varia??es e seu efeito nas an?lises produzidas. A Integra??o Iterativa do Esfor?o Axial (IIEA), que ? uma corre??o necess?ria quando ocorre o escoamento na se??o, ? ajustada e empregada. Estuda-se o deslocamento do centro de gravidade pl?stico, que leva a comportamentos da plasticidade n?o abordados...

Estimativa de par?metros hidrodin?micos de aqu?feros em ?reas de embasamento atrav?s de m?todos indiretos

Silva, Rebeca Ferreira Gonzaga
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Evolu??o Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Evolu??o Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
A recess?o representa o per?odo em que a vaz?o de um rio ? mantida predominantemente pela restitui??o de ?guas subterr?neas, constituindo, ent?o, o fluxo de base. Em bacias hidrogr?ficas, o coeficiente de recess?o ? um par?metro hidrol?gico que informa a taxa de produ??o do fluxo de base. O coeficiente de recess?o (ou de esgotamento) pode ser determinado de forma indireta por diversos m?todos gr?ficos com uso de s?rie de dados hidrol?gicos. A partir deste coeficiente ? poss?vel calcular outros par?metros importantes, como a transmissividade de aqu?feros. O coeficiente de recess?o possibilita ainda obter informa??es sobre as vaz?es m?nimas em canais de drenagem, que, usualmente, s?o obtidas atrav?s de outros ?ndices hidrol?gicos, como o Q7,10, muito empregado na gest?o de recursos h?dricos superficiais. No presente trabalho foram determinados os coeficientes de recess?o, a transmissividade e o coeficiente de armazenamento para seis bacias, atrav?s de diversos m?todos indiretos. Foram calculados tamb?m alguns ?ndices morfom?tricos, como a amplitude, o slope index e o ?ndice de compacidade, permitindo assim a correla??o entre as caracter?sticas morfom?tricas das bacias e os par?metros hidrodin?micos das mesmas. Os m?todos utilizados para a determina??o do coeficiente de recess?o foram: Maillet...

Fadiga em estruturas met?licas tubulares soldadas

Lage, Carmem Miranda
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Perfis tubulares estruturais de se??o circular e retangular s?o usados extensamente no campo da constru??o e da engenharia mec?nica em todos os tipos de estruturas, tais como plataformas offshore, torres de comunica??o, condutores de fluidos, pontes, passarelas e outras, sob diferentes tipos de carregamento. Essas estruturas quando submetidas a cargas c?clicas, ainda que em situa??o de baixa tens?o nominal, podem resultar num enfraquecimento progressivo, localizado e posterior ruptura do material, o que representa o fen?meno da fadiga. Quando se trata de estruturas soldadas, o comportamento ? fadiga ? condicionado pela exist?ncia de descontinuidades geom?tricas que produzem concentra??o de tens?es mais ou menos severas. A ocorr?ncia de pontos de concentra??o de tens?es pode levar a inicia??o e posterior propaga??o de trincas de fadiga. Muitas an?lises de fadiga em liga??es soldadas foram t?m sido feitas, levando em conta o carregamento din?mico, que representa a principal causa dos problemas relativos a esses tipos de estruturas. Neste trabalho ? feita uma revis?o bibliogr?fica do fen?meno da fadiga e seu comportamento em estruturas tubulares soldadas. S?o analisados os procedimentos adotados em algumas normas de dimensionamento de estruturas met?licas para a verifica??o de fadiga. S?o finalmente estudados dois exemplos pr?ticos de estruturas tubulares usando os m?todos de c?lculo da tens?o geom?trica e classifica??o segundo o Eurocode 3 (2005) e CIDECT 8 (2000). _______________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: Circular and rectangular hollow sections are used extensively in the field of the construction and mechanical engineering in all types of structures...

An?lise n?o-linear geom?trica de vigas-colunas com intera??o parcial.

Oliveira, Cla?dio Ernani Martins
Fonte: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s Gradua??o em Engenharia Civil. Departamento de Engenharia Civil, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
A idealiza??o de estruturas cada vez mais complexas, a ado??o de formas arquitet?nicas mais elaboradas e o desenvolvimento de novos materiais e m?todos construtivos t?m gerado grandes avan?os na Engenharia Civil e na Arquitetura. Em geral, estes avan?os s?o alcan?ados durante a busca pela supera??o de problemas construtivos e tamb?m durante tentativas de aperfei?oamento das solu??es cl?ssicas destes problemas. Quando se trata da an?lise estrutural, o aperfei?oamento de uma t?cnica ou m?todo geralmente est? ligado ao tipo de an?lise feito. Assim, ? comum separar estas t?cnicas ou m?todos em dois grandes grupos: an?lise linear e an?lise n?o-linear. A caracter?stica linear pode ser atribu?da ?s propriedades f?sicas, geom?tricas ou ambas. O mesmo ? verdade para a an?lise n?o-linear. O objetivo deste trabalho ? analisar o comportamento n?o-linear de vigas colunas mistas com intera??o parcial na superf?cie de deslizamento aplicando o M?todo dos Elementos Finitos. Para isto foi desenvolvido e implementado um elemento unidimensional para an?lise num?rica. Em seguida foram feitas compara??es entre os resultados obtidos aqui e resultados encontrados na literatura. Desta maneira, pretendese verificar a confiabilidade e acur?cia do elemento proposto e tamb?m a sua aplicabilidade a casos onde a an?lise dos efeitos de segunda ordem ? especialmente importante. _______________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: The idealization of more complex structures...

Distribui??o de merc?rio e ars?nio nos sedimentos da ?rea afetada por garimpo de ouro ? Rio Gualaxo do Norte, Mariana, MG

Rhodes, Valdilene da Penha
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Evolu??o Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Evolu??o Crustal e Recursos Naturais. Departamento de Geologia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
O estado de Minas Gerais, principalmente em ?reas do Quadril?tero Ferr?fero, ? tradicionalmente conhecido por atividades de extra??o mineral como ferro, mangan?s, pedras preciosas e ouro. Essa ?ltima constitui uma importante fonte de elementos tra?o, j? que as associa??es minerais presentes nesses dep?sitos aur?feros s?o ricos em minerais sulfetados principalmente os que cont?m ars?nio (arsenopirita e pirita). Na regi?o do rio Gualaxo do Norte, foco desse estudo, atividades de extra??o de ouro s?o comuns na forma de garimpos. Nesses garimpos utilizam-se desde t?cnicas rudimentares at? equipamentos mais modernos, como dragas e bombas, al?m da utiliza??o do merc?rio para a amalgama??o do ouro. Tal atividade, face ?s suas peculiaridades, implica nas altera??es das condi??es ambientais, com intensidade e diversidade de efeitos, cujos riscos nem sempre se restringem aos limites da ?rea de trabalho. Com o objetivo de avaliar os impactos da minera??o de ouro na qualidade da ?gua e do sedimento no rio Gualaxo do Norte, foram realizadas duas campanhas de amostragens (per?odo seco e per?odo chuvoso). As an?lises inclu?ram determina??o de Hg e As, al?m de outros elementos tra?o e maiores (Al, Ba, Ca, Co, Cr, Cu, Fe, K, Li, Mg, Mn, Na, Ni, P, Sr...

Estabiliza??o de solos com adi??o de cal : um estudo a respeito da reversibilidade das rea??es que acontecem no solo ap?s a adi??o de cal

Azevedo, Andr? Luis Cairo de
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Visando ampliar o conhecimento sobre a estabiliza??o dos solos com adi??o de cal, este estudo pretende demonstrar que as rea??es do solo argiloso com cal podem ser revers?veis. Esta an?lise simula uma mistura de solo e cal sendo executada inicialmente numa usina, quando do in?cio da obra, antes mesmo da terraplenagem conclu?da, armazenada durante um per?odo de tempo determinado e posteriormente sendo executada como camada de pavimento. Para isso foram feitos moldados corpos de prova com amostras de solo adicionados a 2% de cal, e rompidos ap?s per?odo de cura de 1, 3, 7 e 14 dias. Durante o per?odo de cura, algumas amostras ficaram ensacadas, simulando a cura do material estocado em dep?sito, ap?s mistura, e outras foram rompidas, remoldadas, e novamente rompidas, obedecendo o per?odo de cura citado, de forma a simular o que ocorreria com este material depositado, sendo movimentado no dep?sito durante o per?odo de repouso, ou mesmo sendo reconfeccionado em pista, no caso de alguma execu??o defeituosa, que mere?a re-execu??o da camada, ao inv?s de substitui??o do material componente da camada executada. Os resultados alcan?ados mostram que a redu??o da resist?ncia dos corpos de prova s?o muito pequenas, at? mesmo ao se comparar com amostras de solo-cimento...

Modelagem computacional de t?neis: o caso dos t?neis da mina de F?brica Nova

Penido, Henrique de Andrade
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Esta disserta??o de mestrado profissional apresenta um estudo, atrav?s de m?todos computacionais, do dimensionamento dos suportes dos t?neis de F?brica Nova, realizando compara??es entre os resultados das an?lises, o que foi proposto no projeto e a situa??o encontrada na obra. Foram realizadas novas an?lises bidimensionais em elementos finitos e tamb?m em diferen?as finitas, utilizando-se os c?digos comerciais PHASE2 e FLAC, respectivamente. A disserta??o apresenta ainda uma revis?o bibliogr?fica sobre propriedades mec?nicas e classifica??es de maci?os rochosos e t?neis em rochas brandas. S?o tamb?m apresentados e discutidos os c?digos comerciais supracitados e os m?todos de an?lise computacional aplicados ? modelagem de t?neis. _______________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: This engineering master?s degree dissertation presents a study, with computational methods, of support design at F?brica Nova Mine tunnels. The results of these analyses were compared to the proposed design and the actual field conditions found at excavation works. New two-dimensional analyses by finite elements and finite differences were made using the softwares PHASE2 and FLAC...

Gest?o de riscos em minas subterr?neas : avalia??o da ventila??o em minas profundas.

Machado, Hermano Gomes
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Esta disserta??o pretende testar a seguran?a operacional para v?rios cen?rios de produ??o para a mina de Cuiab?, minera??o subterr?nea de ouro no Brasil, localizada na regi?o metropolitana de Belo Horizonte, na cidade de Sabar?, estado de Minas Gerais, levando em considera??o os princ?pios e os conceitos de avalia??o de riscos para ventila??o de minas subterr?neas profundas. V?rios cen?rios de produ??o aplic?veis aos ambientes laborais s?o avaliados por meio de uma abordagem de modelagem computacional, utilizando-se do Visual Ventsim?, software para simula??o de ventila??o de minas e projetos de ventila??o. A inten??o ? testar a seguran?a operacional da mina para uma taxa de produ??o m?xima hi pot?tica advinda da an?lise de jazidas mineralizadas, comparada com o cen?rio atual de produ??o. As condi??es ambientais subterr?neas para garantir as c ondi??es adequadas para os trabalhadores das minas e os equipamentos s?o obedecem aos requisitos legais. Os modelos levam em conta redes complexas, usando condi??es ambientais locais, condutividade t?rmica, difusividade t?rmica e calor espec?fico das rochas, as se??es retas e dimens?es, bem como sua resist?ncia ao fluxo e ar. Os par? metros foram obtidos por medi??o local ou com base em testes laboratoriais. Os modelos aplicados s?o calibrados contra medi??es e observa??es efetuadas in situ para se obter um modelo com uma ader?ncia de 95%. Os modelos obtidos provaram estar totalmente integrados com a an?lise dos fluxos de ventila??o...

Contribui??o para a verifica??o e controle da seguran?a de pequenas barragens de terra

Oliveira, Jader Roosevelt de Carvalho
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Estima-se ser grande o n?mero de barragens que no Brasil est?o necessitando de reparos para que sejam mantidas corretamente, estando expostas a possibilidades de acidentes por falta de informa??o dos propriet?rios e dos profissionais que operam estas estruturas. H? barragens constru?das sem nenhum acompanhamento t?cnico, outras abandonadas sem nenhum monitoramento. ? de suma import?ncia para um propriet?rio de barragens saber avaliar as condi??es de seguran?a das suas barragens, conhecer bem as conseq??ncias de acidentes e classificar suas barragens em fun??o destas conseq??ncias. Para auxiliar os propriet?rios de pequenas barragens a verificar e controlar a seguran?a de suas estruturas, apresenta-se nesta disserta??o um Manual de Inspe??o de Pequenas Barragens de Terra que servir? como orienta??o a todos que queiram avaliar e controlar a seguran?a de suas estruturas. O trabalho que ora se apresenta teve por base a pesquisa, atrav?s de livros, manuais e legisla??es provenientes do Poder P?blico, ?rg?os reguladores e ambientais, notas de aulas, relat?rios de inspe??es da CEMIG (Companhia Energ?tica de Minas Gerais), arquivos dispon?veis na Internet, entrevistas a profissionais da ?rea, visitas t?cnicas a constru??es e inspe??es rotineiras de barragens. ______________________________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: It is Estimated that there is a large number of dams in Brazil who are in need of repairs to be maintained properly...

Dimensionamento de pavimento asf?ltico: compara??o do m?todo do DNER com um m?todo mecan?stico-emp?rico aplicada a um trecho

Coutinho, Jo?o Camilo Penna
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Esta disserta??o tem como objetivo desenvolver um estudo comparativo e anal?tico entre o m?todo do Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER) com uma metodologia Mecan?stica-Emp?rica. Para a realiza??o deste estudo foi necess?ria uma compreens?o mais detalhada do processo de constru??o te?rico e pr?tico destas metodologias. Foi tamb?m desenvolvido um estudo de caso em uma rodovia do Estado de Minas Gerais, em que foram realizados ensaios usuais dos materiais constituintes do pavimento para ambas as metodologias. Para o dimensionamento do pavimento na metodologia DNER foram utilizados os ?bacos que lhes s?o caracter?sticos. J? para o dimensionamento pela metodologia mecan?stica-emp?rica foi utilizado o programa SisPav (Franco, 2007) e o programa AEMC que ? uma sub-rotina do programa anterior. Concluiu-se que, apesar da metodologia do DNER ser a mais utilizada no Brasil, a metodologia mecan?stica-emp?rica apresenta uma maior capacidade de descrever o desempenho funcional e estrutural de um pavimento. _____________________________________________________________________________________________________________________________________________________; ABSTRACT: This dissertation aims to develop an comparative and analytical study between the methodology of the National Department of Highways ? Departamento Nacional de Estradas de Rodagem (DNER)...

Metodologia para an?lise e gest?o de riscos em projetos de pavimentos ferrovi?rios

Pardo, Johanna Andrea Rodriguez
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Geotecnia. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Geotecnia. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
As an?lises de risco proporcionam um melhor entendimento dos processos de ruptura associados ?s estruturas geot?cnicas. ? indicado utilizar t?cnicas de an?lises de risco semi-quantitativas para modelar problemas geot?cnicos e, principalmente, de pavimentos ferrovi?rios que permitam a quantifica??o das observa??es qualitativas de campo tornando os valores compar?veis para definir a hierarquiza??o dos riscos. Os projetos de pavimentos ferrovi?rios seguem normas e regulamentos t?cnicos que fornecem uma indica??o do n?vel de confian?a, mas n?o garantem a seguran?a da estrutura. Por outro lado, os projetos de vias ferrovi?rias baseados na an?lise de riscos focam-se no funcionamento das obras, de forma a minimizar a ocorr?ncia de eventos e suas poss?veis conseq??ncias; no entanto, observa-se a falta de estudos voltados ao gerenciamento de riscos que auxiliem na concep??o do projeto e no planejamento das vistorias t?cnicas e da manuten??o da via. Nesse sentido, justifica-se a relev?ncia da proposi??o de uma metodologia de an?lise que avalie as causas, efeitos e conseq??ncias dos riscos em pavimentos ferrovi?rios, escopo desta disserta??o de mestrado. Entre todas as t?cnicas de gest?o dos riscos, optou-se pela aplica??o de an?lises centradas na confiabilidade...

Manual de opera??o de barragens de conten??o de rejeitos como requisito essencial ao gerenciamento dos rejeitos e ? seguran?a de barragens

Oliveira, Jos? Bernardo Vasconcelos Rodrigues de
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
O setor miner?rio brasileiro experimentou um crescimento de produ??o sem precedentes nos ?ltimos anos, notadamente o segmento do min?rio de ferro, impulsionado pelo cen?rio externo favor?vel em rela??o a esta commodity. O aumento da produ??o acarretou o aumento da demanda por novas estruturas para a conten??o dos rejeitos, e estas, por sua vez, t?m apresentado dimens?es cada vez maiores, tanto no que se refere ? altura, quanto ao volume do reservat?rio de rejeitos. Este processo tem provocado uma maior cobran?a por parte da sociedade na quest?o da responsabilidade ambiental e social em rela??o ? seguran?a dessas barragens. Como resultado, as empresas de minera??o t?m sido fortemente cobradas no tocante ? garantia associada a essas quest?es. Para que as expectativas da sociedade sejam atendidas, os rejeitos devem ser adequadamente dispostos. Neste cen?rio, o presente trabalho ? de extrema relev?ncia para o ambiente operacional das barragens de rejeitos. O tema se insere no contexto do gerenciamento dos rejeitos e na quest?o da seguran?a estrutural das barragens de rejeitos. O trabalho reconhece o Manual de Opera??o de Barragens de Rejeitos como um requisito de projeto, conforme previsto em norma espec?fica da Associa??o Brasileira de Normas T?cnicas. O trabalho destaca a import?ncia do gerenciamento dos rejeitos que...

Aspectos geot?cnicos e econ?micos da recupera??o ambiental de ?reas degradadas por antigas pilhas de rejeitos : um estudo de caso

Vieira, Karippe Ger?ossimo
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Geotecnia. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Geotecnia. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
A disposi??o dos res?duos da minera??o pode ser realizada pela forma??o de pilhas (comumente para est?ril) ou atrav?s da conten??o em diques e barragens (para o caso dos rejeitos). Pilhas de est?ril e barragens de rejeito devem ser constru?das dentro dos crit?rios geot?cnicos e constantemente monitoradas conforme definido pelas normas ? NBR 13028 e 13029, respectivamente (ABNT 2006 a e b). No entanto, ? comum a exist?ncia de tais estruturas constru?das em desacordo com as normas vigentes atualmente, gerando impactos no meio ambiente. Este ? o caso da empresa Emicon Minera??o e Terraplanagem Ltda. que atuava na Serra Azul e dispunha seus rejeitos (finos de min?rio) em encostas sem nenhum tipo de conten??o, formando pilhas de mais de 40m de altura e ocasionando o assoreamento dos c?rregos Qu?ias e Pica-Pau. Estas estruturas foram consideradas passivos ambientais durante muito tempo uma vez que a empresa n?o dispunha de processo capaz de aproveitar tais materiais. A utiliza??o de um processo de beneficiamento mais complexo possibilitou o aproveitamento dos finos, antes considerados res?duos. No presente trabalho ser? abordada a recupera??o do terreno remanescente ? pilha de rejeitos (pilha de finos) 2 atrav?s da proposi??o de uma geometria final...

Risco geol?gico-geot?cnico associado a projetos de implanta??o de PCHS : caso da PCH Cachoeir?o

Castro, Laurenn Wolochote Aracema de
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Engenharia Geot?cnica. N?cleo de Geotecnia, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
ABSTRACT: Due to the changes in the electrical power sector, to the more restrictive environmental demands, and also to the incentives offered to the use of alternative energy sources or clean energy, the feasibility of PCHs (Small Hydroelectric Power Plants) is becoming easier. In this scenario Cemig has launched the program called ?Programa Minas PCH?, in order to look for partners for settlement of PCHs, through the creation of Especific Purpose Societies, whose stockholders would be CEMIG himself, companies authorized by ANEEL and investors. The first project that had its agreement process completed and its works started was the PCH Cachoeir?o, on a partnership with Santa Maria Energ?tica. This PCH will have its production limited to 27MW, and also a dam covering an area of 1,14 km2 , in the Procrane and Alvarenga municipalities, in Minas Gerais. The conversations about the kind of contract, risk responsibilities and the possibilities of sharing them are time and effort-consuming during the phase of contract formatting and, not rare, endure till the end of these contracts. These definitions must take into consideration the characteristics of the entrepreneurs and of the builders, the characteristics of the settlement place, the certainty and safety of the models created...