Página 1 dos resultados de 2388 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Novas medidas de alfabetização e suas implicações: evidências para o Brasil

Ribeiro, Felipe Garcia
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Português
Relevância na Pesquisa
37.32392%
Este trabalho visa investigar o analfabetismo no Brasil a partir do uso de novas medidas de alfabetização inicialmente desenvolvidas por Basu e Foster (1998). Para tanto, primeiro se avalia o perfil de alfabetização da população brasileira de acordo com a definição de analfabetismo isolado. Entende-se por analfabetos isolados aqueles indivíduos analfabetos que não convivem com pessoas alfabetizadas em nível domiciliar. Segundo, busca-se evidências de externalidades domiciliares da alfabetização de filhos em aspectos relacionados a salários e à participação no mercado de trabalho de pais analfabetos. Devido à suspeita de causalidade reversa nas estimações por Mínimos Quadrados Ordinários (MQO) das equações que relacionam as variáveis de interesse dos pais com as alfabetizações dos filhos, utiliza-se as ofertas municipais de escolas e professores de primeiro grau como variáveis instrumentais para a alfabetização. Da investigação do perfil de alfabetização constata-se que a região Nordeste é a que apresenta os piores resultados entre as regiões do país, uma vez que é a que tem a maior parcela de analfabetos isolados do total. Tal resultado condiciona políticas públicas de alfabetização para essa região. As aplicações das medidas indicam que os rankings de alfabetização por estados são sensíveis às diferentes medidas. Os resultados encontrados das estimações por MQO indicam haver correlação positiva entre as variáveis dependentes dos pais e alfabetização dos filhos. Entretanto...

O papel do jogo computacional Veritek na alfabetização; O papel do jogo educacional Veritek na alfabetização

Godinho, Maisa Basso
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
Este estudo tem por objetivo verificar o papel do jogo Veritek computacional na alfabetização da criança. Esta análise parte do princípio proposto pela teoria construtivista de Piaget, de que a aprendizagem ocorre quando a informação é processada pelos esquemas mentais e agregada aos mesmos e de que o conhecimento é uma construção humana. A partir desta teoria destaca-se, no meio educacional, a valorização do processo cognitivo na criança durante a aquisição da leitura e escrita. Apoiando-se na teoria de Ferreiro a respeito da alfabetização, detalha-se como ocorre a aprendizagem das crianças nesta fase, enfatizando-se os níveis de alfabetização. Ressalta-se a importância do jogo no desenvolvimento da criança e seu papel para o desenvolvimento cognitivo, afetivo, social e motor da mesma. Destaca-se o jogo como incentivador e motivador do processo de aprendizagem e construtor da inteligência. Com o advento da informática educativa nas escolas, percebe-se a chegada de inúmeros softwares para apoiar o processo de ensino e aprendizagem. Nesta área os jogos são um destaque, bem como os softwares voltados para a área da alfabetização. Destaca-se o papel do jogo informatizado no processo de aquisição da leitura e escrita...

A importância do lúdico nas práticas de letramento e alfabetização na Educação Infantil

Soares, Carina Fabiana
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32392%
Encontrar uma forma com que a alfabetização seja efetiva já nos primeiros anos do ensino fundamental vem sendo foco de estudos há muitos anos. Vivemos hoje em sala de aula uma realidade em que algumas crianças que já saíram das classes de alfabetização, ainda não dominam as práticas de leitura e escrita. Com base neste problema, o presente trabalho tem o intuito de investigar como a alfabetização pode ser iniciada já na Educação Infantil. Notemos que uma das maiores dificuldades presentes no processo de alfabetização está na falta de vontade ou de interesse do aluno por compreender o sistema da escrita. Sendo assim, na Educação Infantil, contamos com o fator favorável do uso do lúdico nas aulas, já que este traz consigo uma gama de elementos que fazem com que a criança se identifique com o que está sendo trabalhado, porque traz um universo que é familiar a ela para dentro da sala de aula. Tal prática facilita o engajamento das crianças nas atividades desenvolvidas. Emília Ferreiro e Ana Teberosky, quando pesquisaram sobre o processo de alfabetização e publicaram “A psicogênese da língua escrita”, já nos relatavam a importância de o professor conhecer de perto como ocorre o processo de alfabetização com o aluno. Este conhecimento permite que suas práticas sejam desafiadoras e prazerosas para os aprendizes...

Provinha Brasil (ou “provinha de leitura”?) : mais “uma avaliação sob medida” do processo de alfabetização e “letramento inicial?”

Mello, Darlize Teixeira de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.304873%
O presente estudo tem por objetivo examinar os discursos estatísticos e pedagógicos contemporâneos relativos à avaliação destinada às classes de alfabetização, marcados metodologicamente por orientações diversas e hegemônicas em tempos e espaços diversos, acompanhando, assim, a trajetória da escolarização e da alfabetização em massa no Brasil do século XX, para, na contemporaneidade do século XXI, analisar a forma como a avaliação governa a escolarização da alfabetização no nosso país. Ao tomar, então, a avaliação como uma técnica de governamento, procuro mostrar como o sujeito aluno é fabricado pelos discursos científicos, como os dos Testes ABC, os dos testes psicogenéticos e o da Provinha Brasil. O trabalho apoia-se na perspectiva dos Estudos Culturais em Educação pósestruturalistas e pós-modernos, ao colocar em suspeição a produção acadêmica sobre a avaliação da alfabetização e letramentos. Evidencia que, desde o momento em que se organizou o setor educação em âmbito do nacional, a avaliação sob medida e a informação estatística foram vistas como promissoras para a regulação da educação. Apresenta a análise de documentos que compõem o kit da Provinha Brasil, dando destaque ao mapeamento de 190 questões das edições de 2008 a 2011...

Os “novos” discursos sobre alfabetização em análise : os livros de 1º ano do ensino fundamental de nove anos do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2010)

Silva, Thaise da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.354497%
Esta pesquisa tem por objetivo analisar como os discursos na área da alfabetização são representados nos “novos” livros de alfabetização por autores didáticos e editoras, a partir dos princípios e critérios do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD 2010) que guiaram a sua seleção. Para tanto, conto com a perspectiva teórica dos Estudos Culturais pós-estruturalistas e pós-modernos, privilegiando a análise do circuito de produção, regulação e consumo dos discursos de alfabetização em quatro exemplares dos livros didáticos destinados ao 1º ano do Ensino Fundamental de Nove Anos (EFNA), buscando examinar como eles se originaram, isto é, que condições históricas e conjunturais possibilitaram a sua formulação. As questões norteadoras desta tese são: como o PNLD, enquanto programa governamental, constitui quais discursos na área da alfabetização são válidos para a produção, regulação e consumo de livros didáticos na edição de 2010? Como são representados nos livros didáticos examinados nesta tese e destinados ao 1º ano do EFNA os discursos sobre alfabetização por seus autores e editoras? Como tais discursos de regulação e produção constituem as escolhas docentes e, por consequência...

"-Para que serve esta avaliação?" : tecendo ideias sobre práticas avaliativas no final do ciclo de alfabetização

Silveira, Priscila Bier da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
O presente Trabalho de Conclusão de Curso teve por objetivo analisar práticas avaliativas em uma turma de 3° ano do Ensino Fundamental de Nove Anos, tendo em vista que este é o último ano do Ciclo de Alfabetização. A pesquisa buscou compreender como se constituem os conceitos de alfabetização e avaliação nos primeiros anos do Ensino Fundamental, e como se dá a organização pedagógica no final do Ciclo. O contexto de pesquisa foi uma escola da rede estadual do município de Porto Alegre. O estudo caracteriza-se a partir de abordagens qualitativas. Foram realizadas entrevistas com duas professoras da escola, análise de documentos – Diretrizes Curriculares, Pareceres Descritivos, Plano de Ensino – e observações em sala de aula e de reuniões de formação continuada promovida na escola sobre o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pacto). O trabalho embasa-se nas posições de Luciana Piccoli, Patrícia Camini e Magda Soares, no que se refere aos estudos de alfabetização e nas posições conceituais de Philippe Perrenoud e Juan Álvarez Méndez sobre avaliação. Através das análises foi possível perceber algumas resistências na postura docente em relação às mudanças das práticas avaliativas no Ciclo de Alfabetização...

A avaliação no bloco inicial de alfabetização : a realidade de uma escola do Distrito Federal

Pereira, Maria Susley
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2008.; Esta pesquisa teve por objetivo compreender como se desenvolve o processo avaliativo realizado por uma professora do Bloco Inicial de Alfabetização em uma escola da rede pública de ensino do Distrito Federal. Partiu-se do pressuposto de que a avaliação é o eixo central da organização do trabalho pedagógico e de que as práticas avaliativas dos professores na organização da escolaridade em ciclos, como é o caso do Bloco Inicial de Alfabetização,devem estruturar-se sob uma lógica diferenciada da avaliação na escola seriada. Recorreu-se à abordagem de pesquisa qualitativa a fim de atingir os seguintes objetivos: (a) analisar quais são os fundamentos teórico-metodológicos do Bloco Inicial de Alfabetização e em quais deles uma professora se baseia para desenvolver suas práticas avaliativas; (b) analisar as práticas avaliativas adotadas por uma professora do Bloco Inicial de Alfabetização e (c) analisar a articulação do processo avaliativo realizado por uma professora do Bloco Inicial de Alfabetização com o trabalho pedagógico desenvolvido em sala de aula. As informações foram coletadas por meio da observação de campo...

A avaliação no Bloco Inicial de Alfabetização : das orientações e ações da SEEDF ao trabalho nas escolas; Assessment during the Early Literacy Program : on the SEEDF (Federal District Secretary of Education) orientation and actions with regard to the work done at schools; La evaluación en las Etapas Iniciales de la Alfabetización : orientaciónes y acciones desde la SEEDF (Secretaria de Educación de Distrito Federal) en relación para el trabajo realizado en las escuelas

Pereira, Maria Susley
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2015.; O tema avaliação tem se mostrado presente nos trabalhos que discutem educação, principalmente quando se trata da avaliação para as aprendizagens. Mas a avaliação presente na educação se ramifica em três níveis intimamente relacionados: a avaliação desenvolvida em sala de aula, a avaliação externa e a avaliação institucional. Por meio de um estudo descritivo-analítico, esta pesquisa discute as possibilidades e os desafios da avaliação desenvolvida em favor das aprendizagens nos três primeiros anos do ensino fundamental que, no Distrito Federal, constituem o Bloco Inicial de Alfabetização, considerando esses três níveis como partes integrantes de um único processo. O propósito central foi o de compreender a avaliação no Bloco Inicial de Alfabetização em seus três níveis – na sala de aula, externa e institucional – desde as orientações e ações da Secretaria de Educação do Distrito Federal até o trabalho nas escolas. Para melhor compreensão do tema e para um delineamento claro das ações investigativas, os objetivos específicos da pesquisa foram estruturados a fim de analisar: o percurso das orientações pedagógico-curriculares sobre a avaliação - em seus três níveis - adotadas pela SEEDF para o Bloco Inicial de Alfabetização das subsecretarias pedagógicas às escolas; se/como os documentos pedagógico-curriculares da SEEDF abordam a avaliação em seus três níveis; o desenvolvimento de ações para o Bloco Inicial de Alfabetização pela SEEDF...

As aspirações socioeducativas dos educandos e a intencionalidade educativa da política da alfabetização em Moçambique : estudo de caso em dois Centros de Alfabetização de Nampula

Alberto, Amisse
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.304873%
Dissertação de mestrado em Ciências de Educação (área de especialização em Educação de Adultos); O presente trabalho é resultado de uma pesquisa de natureza qualitativa que realizámos por meio de entrevistas semiestruturadas feitas a 36 educandos de dois centros de alfabetização e educação de adultos de Nampula. Para além da entrevista, efetuámos observação não-participante do processo da alfabetização nos mesmos centros. Complementámos esse trabalho empírico com uma pesquisa documental sobre a alfabetização e educação de adultos em Moçambique. Com o objetivo de compreender a relação entre a intencionalidade educativa do processo da alfabetização e educação de adultos e as aspirações dos educandos, assentámos o suporte teórico do estudo na abordagem da história e teoria geral da educação de adultos contextualizada na realidade sociocultural moçambicana. Depois da análise dos dados obtidos, os resultados do estudo revelaram-nos a existência de uma divergência entre a visão geral da política educativa operacionalizada através dos processos da alfabetização e as aspirações socioeducativas dos educandos. Essa divergência consiste essencialmente no seguinte: os educandos...

Alfabetização científica: questões para reflexão

Teixeira,Francimar Martins
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru. Publicador: Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência, Universidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências, campus de Bauru.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
O presente texto apresenta uma reflexão sobre os significados atribuídos à expressão alfabetização científica. Nele retomamos a origem histórica das expressões letramento e alfabetização, seus respectivos significados na área de linguagem e os desdobramentos desses significados para o ensino da língua portuguesa no contexto escolar. Em seguida, analisamos as implicações da apropriação do conceito de alfabetização no âmbito do ensino das ciências, e apresentamos proposta delimitando os usos do termo alfabetização científica, além de esclarecimentos sobre em que ele consiste. Argumentamos que alfabetização científica diz respeito a tudo aquilo que envolve a escrita e a leitura de texto científico, como a construção de entendimento e a análise das informações. Advogamos que a alfabetização científica está atrelada à alfabetização na própria língua, e que o ensino de ciências deve ser concebido à luz de objetivos educacionais mais amplos que o aprendizado de ciências per si (conhecimentos e procedimentos).

Como são (re)construídas e utilizadas as práticas de alfabetização? : na busca de uma interface explicativa entre as origens das práticas de alfabetização e o processo de fabricação do cotidiano escolar

Alexandre da Silva, Edilson; Tereza Brito Ferreira, Andréa (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
37.377964%
Quando pesquisamos as práticas de professores alfabetizadores, notamos uma heterogeneidade profunda na maneira de alfabetizar. Um fato que ocorre mesmo em professores que compartilharam a mesma formação e grupo social. Essas práticas obedecem a uma lógica própria que, por vezes, torna-se difícil de compreender e analisar. Essa multiplicidade de práticas torna difícil o papel daqueles que planejam estrategicamente o ensino nas séries iniciais. Nesse contexto, existem professores que se afastam, em suas práticas, das estratégias pensadas pela academia, outros que se aproximam e aqueles que modificam essas estratégias. Esta pesquisa teve como propósito descobrir como 4 (quatro) professoras alfabetizadoras, da rede municipal de Olinda-PE, (re)constroem e utilizam suas estratégias e táticas de alfabetização. Buscamos neste trabalho, uma interface explicativa entre a natureza das práticas de alfabetização e a fabricação do cotidiano escolar. Analisando: o que as professoras dizem sobre suas práticas? Como fabricam suas práticas em sala de aula? Como elas utilizam as estratégias e táticas de alfabetização? Utilizamos a metodologia de pesquisa qualitativa etnográfica. Fizemos observações em sala de aula...

Tecendo a alfabetização no chão da escola seriada e ciclada: a fabricação das práticas de alfabetização e a aprendizagem da escrita e da leitura pelas crianças

Cruz, Magna do Carmo Silva
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.340286%
O presente trabalho investiga a fabricação das práticas de alfabetização pelas professoras e a apropriação da escrita e da leitura pelas crianças dos três anos iniciais nas escolas organizadas em séries e ciclos, levando em conta o cotidiano escolar e as orientações da política educacional dos municípios investigados. Para tanto, algumas atividades foram realizadas: (i) identificação das estratégias oficiais propostas nos municípios para o desenvolvimento das práticas de alfabetização; (ii) avaliação da apropriação da escrita e da leitura pelas crianças; (iii) análise da fabricação das práticas de alfabetização por parte das professoras, visando à aprendizagem da escrita e da leitura pelas crianças; e, finalmente, (iv) discussão dos elementos que poderiam caracterizar estas metodologias de alfabetização. O elemento motivador para a presente investigação é a constatação de que, apesar da ampliação do processo de alfabetização para três anos, tanto nas escolas em ciclos como em séries, os índices oficiais referentes à qualidade da alfabetização das crianças nestas instituições ainda se apresentam de forma precária. Durante a elaboração deste trabalho, foram desenvolvidas três discussões teóricas: (1) reflexão sobre a relação entre a organização escolar e a alfabetização; (2) a reflexão sobre a progressão e a elaboração de expectativas de aprendizagens na alfabetização; e (3) a reflexão sobre a fabricação das práticas de alfabetização e a construção do cotidiano. A pesquisa foi desenvolvida nos três anos iniciais do Ensino Fundamental...

Usos do livro didático de alfabetização no primeiro ano do ensino fundamental em Foz do Iguaçu

Andre, Tamara Cardoso
Fonte: Universidade Federal do Paraná Publicador: Universidade Federal do Paraná
Tipo: Teses e Dissertações Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32392%
Resumo: investigação etnográfica sobre os usos do livro didático de alfabetização em uma escola municipal de Foz do Iguaçu, PR, realizada durante o ano letivo de 2010. Observa duas salas de aula e entrevista duas professoras a partir da etnografia educacional, principalmente na perspectiva de Rockwell, problematizando as seguintes questões: como as professoras usam o livro didático de alfabetização? Qual a importância do livro didático na cultura da escola? O que as professoras enfatizam mais na alfabetização, o ensino do código escrito ou as atividades envolvendo os usos sociais e significativos da leitura e da escrita? Analisa os dois livros didáticos adotados na escola, o Porta Aberta: Letramento e Alfabetização Linguística, distribuído pelo Programa Nacional do Livro Didático, e o Alfabetização Fônica: Construindo Competência de Leitura e escrita, adquirido pela prefeitura de Foz do Iguaçu e cujo uso foi cobrado e fiscalizado por representantes da secretaria municipal de educação. Analisa teoricamente os dois livros didáticos e as relações com as concepções e métodos de alfabetização que fazem parte da história da educação no Brasil. Faz uma crítica ao método fônico de alfabetização. Mostra que os livros didáticos utilizados não contemplam...

A alfabetização de jovens e adultos como movimento: um recorte na genealogia do MOVA

Borges, Liana da Silva
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.340286%
A presente Tese reflete o percurso da alfabetização de jovens e adultos a partir do recorte temporal que abrange o final da década de 1950 até o ano de 2002. Como este período se caracteriza pela complexidade de experiências de alfabetização de jovens e adultos, tornou-se necessário estudar causas e conseqüências apoiadas em contextos sociohistóricos relativos às estratégias que o país vinha encontrando para atingir os níveis de alfabetismo e de escolarização pretendidos. Para realizar este estudo foram eleitos dois movimentos de alfabetização que tiveram e/ou têm importância na busca da superação do analfabetismo: O Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL) e o Movimento de Alfabetização de adultos de São Paulo (MOVA-SP). Ambos foram abordados tendo em vista suas estruturas de funcionamento, princípios, objetivos e metas que, em certa medida, traduzem dois campos divergentes em termos de concepção e de práticas de alfabetização. O MOBRAL, com características assistenciais e voltado para uma visão de alfabetização compensatória, desenvolveu um sistema de educação que marcou a vida de milhões de brasileiros por mais de quinze anos, tendo atingido a totalidade do território nacional. O MOVA-SP...

Vivências culturais nos cenários da alfabetização: formação, saberes e práticas docentes

Leão, Débora Ortiz de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Porto Alegre
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.304873%
Com um olhar mais atento às práticas de alfabetização, buscou-se com este estudo colher a influência da cultura na capacidade de criação, inovação e reflexão crítica de três professoras que atuam no primeiro ano do Ensino Fundamental, em escolas localizadas na cidade de Santa Maria. Como temática central, buscou-se investigar a prática docente frente à cultura e a sua interferência no processo de alfabetização escolar. Para tanto, elegeu-se o seguinte problema: como a dinâmica cultural tem influenciado as práticas de alfabetização no contexto escolar? Como demais questões norteadoras, colocam-se as seguintes: como os professores constroem um trabalho criativo em alfabetização? Que facilidades ou dificuldades encontram para alterar práticas tradicionais, culturalmente instituídas? Que práticas estão sendo usadas para ensinar crianças em processo de alfabetização? Utilizando-se de uma abordagem de pesquisa qualitativa, de cunho etnográfico, investigou-se: (1) as práticas de alfabetização desenvolvidas no espaço escolar, (2) os fatores culturais que interferem na criação metodológica referente à alfabetização e os referenciais teóricos que embasam as práticas dos professores. Isso tudo com a intenção de contribuir com avanços nas pesquisas voltadas à educação de professores que atuam ou irão atuar no contexto da alfabetização. Para tanto...

Saberes docentes, alfabetização, respeito à infância: a criança de 6 anos no ensino fundamental

Barros, Luciliana de Oliveira
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.282422%
Éste trabajo se inserta en el ámbito de los cambios en la Enseñanza Fundamental (EF) brasileño que, por la Ley Federal n.º 11.114/2005 anticipa el EF para seis años de edad, y de la Ley n.º 11.274/2006 que amplia el mismo nivel de enseñanza de ocho para nueve años Tales cambios tienen sido respaldados por el argumento de la importancia de se anticipar y promover un mayor acceso a la educación y garantizar una permanencia bien sucedida del alumno en la etapa obligatoria de la Educación Básica. La inclusión de los niños de seis años en el EF puede ser considerada una conquista en el ámbito de las políticas públicas brasileñas destinadas a la educación de niños. Sin embargo, la sencilla simples anticipación/ampliación de matrículas en el EF puede constituirse en más una forma de exclusión, si no fueren garantizadas las condiciones necesarias para se ofrecer una educación de calidad que considere las peculiaridades de una práctica pedagógica de alfabetización con niños más jóvenes. Evidentemente, muchos son los factores que pueden influenciar la calidad de la educación y el tratamiento escolar financiamiento, gestión, organización del espacio escolar pero la acción del profesor, en ése sentido...

Ensino Fundamental de nove anos no município de Uberlândia: implicações no processo de alfabetização e letramento

Abreu, Márcia Martins de Oliveira
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.340286%
A presente pesquisa tem o objetivo de investigar as transformações conceituais e metodológicas dos processos de alfabetização e de letramento nas séries iniciais numa escola, a partir da implementação do Ensino Fundamental de nove anos na rede municipal de ensino de Uberlândia - MG. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujo percurso metodológico utilizado baseou-se na modalidade Estudo de Caso, por meio do qual buscou-se identificar as concepções e relações infantis com a escrita, as concepções e práticas docentes sobre os processos de alfabetização e letramento nas séries iniciais e os encaminhamentos do sistema municipal de ensino para implementação do Ensino Fundamental de nove anos. A investigação tem como sujeitos-colaboradores os alunos e as professoras-alfabetizadoras regentes dos três primeiros anos do Ensino Fundamental de nove anos e um profissional do CEMEPE que esteve à frente dos processos de formação continuada, oferecidos aos professores no contexto da implementação da proposta no município. Os recursos utilizados foram a observação participante, a aplicação de questionários com as professoras e agente do CEMEPE e entrevista com alunos. Em relação ao aparato teórico geral utilizado sobre Alfabetização...

Objetos de aprendizagem e alfabetização: a proposição de um encontro

Gallo, Patricia
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.32392%
This study investigates the development of Learning Objects for the literacy of children. It aims to know based in the notion of literacy teachers the main factors of academic failure in literacy and researching in Brazil, as well as identify relevant activities in the literacy process of children to support the creation of a set of Learning Objects. Refers to an exploratory research, which is configured as a qualitative nature case study, inspired in part in an action-research described by Thiollent (2003), conducted with ten early grades elementary school teachers of a public municipal school in Parnamirim / RN. As methodological options for data collection uses questionnaires and focuses on the group of teachers, analyzing the data, referring back to the ideas by Szymanski (2001; 2008) and content analysis, guided by Bardin (2002). The development of Learning Objects, follows the steps of development suggested by Garrett (2000). Rules in its multidisciplinary theoretical reference and promotes a conceptual dialogue on: Literacy; Literacy School Failure; Pedagogical Practice in Literacy; Thoughts and Language; Multimedia and Hypermedia; Learning Objects. Perceives that the act of education in literacy as an act of love, courage and social interaction between individuals - educator and pupil...

Alfabetização: conceito em transformação

Becalli, Fernanda Zanetti
Fonte: Universidade Federal do Espírito Santo Publicador: Universidade Federal do Espírito Santo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.32392%
Trata de uma análise documental que tem como objetivo a investigação de fundamentos teóricos que balizaram diretrizes curriculares oficiais para a alfabetização de crianças, no Sistema de Ensino Municipal de Vitória (ES), no período de 1991 a 2015. Utiliza como fontes documentos oficiais orientadores de propostas curriculares para o Bloco Único e para o Ensino Fundamental, além da legislação pertinente. Parte do pressuposto de que tais documentos se constituem em suportes do discurso oficial acerca da política de alfabetização implantada no referido município. Discute concepções de linguagem, alfabetização, texto, leitura e escrita que fundamentaram as orientações oficiais para a alfabetização de crianças, no período pesquisado. Para análise dos documentos, toma por base os pressupostos teóricos de autores que se dedicam a estudar a linguagem, em uma perspectiva dialógica, e a alfabetização de crianças em suas diferentes dimensões. Constata o rompimento teórico da política de alfabetização com concepções de alfabetização tidas como “tradicionais”, passando a rejeitar qualquer tipo de método e a utilização de cartilhas. Em função disso, indica que, com a implantação do Bloco Único...

O processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica

Leite, Sérgio Antonio da Silva; Amaral, Cíntia Wolf do
Fonte: ETD - Educação Temática Digital Publicador: ETD - Educação Temática Digital
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; bibliográfica Formato: application/pdf
Publicado em 08/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.304873%
A presente pesquisa tem como objetivo descrever as características do processo de alfabetização escolar desenvolvido numa perspectiva crítica. Organizou-se uma amostra selecionada composta por quatro educadores que apresentavam uma concepção de alfabetização considerada moderna, de acordo com critérios previamente definidos. Através de entrevistas recorrentes, coletaram-se relatos verbais visando identificar como o processo de alfabetização escolar pode colaborar com a formação do cidadão crítico. A análise final dos dados possibilitou identificar quatro conjuntos temáticos, por sua vez desdobrados em categorias e sub-categorias: caracterização do cidadão crítico; papel da escola na formação do cidadão crítico; crítica às práticas pedagógicas tradicionais; princípios teórico-metodológicos do processo de alfabetização escolar numa perspectiva crítica. Palavras-chave Alfabetização crítica; Alfabetização e cidadania; Leitura/escrita Abstract This research aimed to describe the characteristics of the literacy process, developed in a critical perspective. It was planned a selected sample with four educators who maintained a modern literacy concept, according to previous criterion. Data were collected by recurrent interviews...