Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.027 segundos

Filogenia morfológica de Veronicellidae, filogenia molecular de Phyllocaulis Colosi e descrição de uma nova espécie para a família (Mollusca, Gastropoda, Pulmonata)

Gomes, Suzete Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
17.991694%
Os veronicelídeos constituem um grupo de gastrópodes terrestres amplamente distribuídos nas regiões tropicais e subtropicais. Atualmente, são reconhecidos 23 gêneros para a família, distribuídos pelas regiões biogeográficas Neotropical, Africana, Australiana e Oriental (Ásia tropical). Neste trabalho buscou-se investigar as relações de parentesco entre seus gêneros a partir de caracteres morfológicos. Para Phyllocaulis Colosi, 1922 o mais diverso e abundante gênero no sul da América do Sul, o estudo foi complementado, investigando-se também as relações entre as espécies a partir de caracteres moleculares. Acrescentou-se aos resultados a descrição de uma nova espécie de Simrothula Thomé, 1975, por ter sido diagnosticada durante o exame de material para a obtenção dos caracteres morfológicos. Os resultados apresentados estão embasados na análise de numerosos espécimes depositados em diversos museus nacionais e estrangeiros. Ao tratarmos da filogenia morfológica da família, são definidas sinapomorfias para a família, discutidas suas relações com os grupos externos examinados (espécies de Rathouisiidae Heude, 1885 e Onchidiidae Gray, 1824), estabelecidas hipóteses de parentescos entre os gêneros...

A representação de infancia nas propostas pedagogicas do Dr. Abilio Cesar Borges : o barão de Macahubas (1856-1892)

Diane Valdez
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.913154%
Esta pesquisa investigou a representação de infância nas propostas pedagógicas do Dr. Abilio Cesar Borges, o barão de Macahubas, médico baiano que, na segunda metade do século XIX (1856-1891), ocupou um papel relevante na instrução do Império, sobretudo por ter sido um autor pioneiro na publicação de livros de leitura seriados para a infância brasileira. Nosso objetivo foi identificar o lugar dado por este educador à criança na faixa etária de seis a doze anos do ensino primário, compreendendo que argumentos, teorias e produções foram utilizados para divulgar a idéia do ?bom aluno? e, conseqüentemente, da ?boa criança?. Serviram-nos de fontes às próprias publicações deste autor, como relatórios, discursos, livros para a criança, obras direcionadas aos pais e professores, gravuras, além de biografias, jornais etc. Tendo como referência a história cultural, com enfoque nas representações, interpretamos e analisamos as fontes, buscando confrontar as propostas de Abilio com as idéias que circulavam neste período histórico, destacando suas particularidades e enfatizando as pluralidades que as caracterizavam. Foi possível identificar uma série de concepções a respeito do que o autor considerava importante no trato para com a criança. Para ele...

A "leg?tima Representante": c?maras municipais, oligarquias e a institucionaliza??o do Imp?rio liberal brasileiro (Mariana, 1822-1836)

Andrade, Pablo de Oliveira
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Hist?ria. Departamento de Hist?ria, Instituto de Ci?ncias Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Hist?ria. Departamento de Hist?ria, Instituto de Ci?ncias Humanas e Sociais, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
48.93799%
Esta disserta??o prop?e-se a analisar a incorpora??o dos grupos pol?ticos e espa?os de poder locais ao Estado imperial liberal. Para isto foi escolhido como espa?o privilegiado de an?lise a cidade mineira de Mariana no per?odo entre 1822 e 1836. Neste exame procurou-se demonstrar como se compunha a classe dirigente marianense e como ela se adaptou ?s transforma??es que o constitucionalismo imp?s ao arcabou?o institucional do Imp?rio brasileiro. E para se ter uma no??o mais aproximada de como estas transforma??es interferiram na composi??o do poder local foi realizada uma ampla aprecia??o da estrutura??o dos grupos pol?ticos e espa?os de poder locais, nomeadamente das c?maras municipais, no aparato da monarquia portuguesa, tanto em Portugal quanto no Brasil, e das mudan?as que os reformistas ilustrados e liberais propuseram para estas estruturas. Neste sentido, trabalhase com a hip?tese de que muitas das mudan?as efetivadas no Imp?rio liberal e que influ?ram diretamente sobre os modos de exerc?cio do poder local j? estavam sendo propostas desde o final do s?culo XVIII e que, por isso, n?o constitu?ram uma novidade para a classe dirigente de Mariana. Quando esta classe pactuou com d. Pedro em 1822 foi tendo como base princ?pios pol?ticos liberais. Princ?pios que ela adotou e defendeu por meio de sua atua??o na C?mara Municipal. E mesmo quando alguns dirigentes locais apelaram para a luta armada em 1833 foi em defesa do pacto liberal. Pacto que...