Página 1 dos resultados de 52 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Efeitos dos extratos etanólico, butanólico ou aquoso de Pfaffia paniculata sobre a proliferação de linhagens tumorais de células mamárias humanas ; Effects of ethanolic, butanolic or aqueous extracts of Pfaffia paniculata on human breast tumor cell lines proliferation

Nagamine, Marcia Kazumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
89.74239%
As raízes de Pfaffia paniculata (Ginseng brasileiro) são comercialmente encontradas como cápsulas contendo as raízes pulverizadas, misturadas ou não ao extrato etanólico destas raízes. Estas raízes são popularmente recomendadas para vários propósitos, e têm sido utilizadas na terapia contra o câncer pela medicina popular. Os principais componentes encontrados nestas raízes já isolados incluem o ácido pfáffico e os pfaffosideos A, C, D, E e F; estes componentes inibiram o crescimento de células do melanoma B-16, demonstrado em um outro estudo. O objetivo deste estudo foi investigar os efeitos dos extratos etanólico, butanólico ou aquoso das raízes de Pfaffia paniculata sobre o crescimento das linhagens tumorais de células mamárias humanas MCF-7 e SKBR-3, utilizando método colorimétrico (cristal violeta) e quantificação das células que incorporaram bromodeoxiuridina (BrdU). A coloração por laranja de acridina/brometo de etídeo foi utilizada para avaliar morte celular, e as alterações subcelulares foram avaliadas por microscopia eletrônica. O extrato butanolico apresentou efeitos citotóxicos nas linhagens MCF-7 e SKBR-3. Morte celular foi observada pelo tratamento com o extrato butanólico por 1 h; alterações morfológicas foram observadas com 500µg/mL deste extrato...

Identificação de novos inibidores da migração celular em células de câncer de mama e próstata; Identification of a new inhibitors of cellular migration in breast and prostate tumor cell.

Stevanatto, Karime Bittar
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
80.42953%
Câncer é a proliferação descontrolada de células anormais do organismo. As células cancerosas podem se transferir para outras partes do corpo onde passam a crescer e substituir o tecido sadio, num processo conhecido como metástase. De um total de 58 milhões de mortes ocorridas no mundo em 2007, o câncer foi responsável por 7,6 milhões. O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais freqüente no mundo, sendo o mais comum entre as mulheres. A cada ano, cerca de 20% dos novos casos de câncer em mulheres são de mama. No que diz respeito a valores absolutos, o câncer de próstata é o sexto tipo de câncer mais comum no mundo e o mais prevalente em homens, representando cerca de 10% do total. As principais formas de tratamento são a cirurgia, quimioterapia, radioterapia, hormonioterapia, imunoterapia e as terapias-alvo. Os tratamentos quimioterápicos e radioterápicos, principalmente, possuem baixa seletividade em sua ação frente a células malignas e benignas. O presente trabalho de dissertação tem como objetivo o desenvolvimento de testes in vitro, como o wound healing e o de migração, empregando células de adenocarcinoma mamário humano (MDA-MB-231) e de câncer de próstata humano (DU-145), além da triagem biológica de compostos químicos visando à identificação de novos candidatos a inibidores do processo de migração celular (metástase). Os protocolos experimentais foram estabelecidos e padronizados com sucesso...

Efeitos da associação entre vitamina A e ácido butírico em células de adenocarcinoma mamário humano da linhagem MCF-7; Effects of the association between vitamin A and butyric acid on MCF-7 human breast adenocarcinoma cell line

Andrade, Fábia de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
70.5401%
O câncer de mama é a principal causa de morte por neoplasias em mulheres no mundo. Nutrientes, como vitamina A (VA) e ácido butírico (AB) podem modular a carcinogênese por meio de mecanismos epigenéticos, como acetilação de histonas e metilação do DNA. A associação de agentes desmetilantes do DNA e inibidores de desacetilases de histonas representa estratégia promissora para controle do câncer, inclusive de mama. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da administração de vitamina A e ácido butírico, isolados ou em associação, em células de adenocarcinoma mamário humano da linhagem MCF-7. Para tanto, em células MCF-7, tratadas com VA (10 µM) e/ou AB (1mM) durante diferentes períodos, foram avaliados: crescimento celular, padrão de acetilação de histonas e de metilação global do DNA; expressão dos genes RARβ e CRBP-I, padrão de metilação da região promotora do gene RARβ e concentração celular de retinóides. Em comparação ao controle, representado por células MCF-7 não tratadas com as substâncias, o tratamento com VA e AB associados, mas não isolados, resultou em inibição significativa do crescimento de células MCF-7 (p>0,05) após período de 120hs. Nesse caso...

Células MCF-7 como modelo 3D no estudo de câncer de mama humano.; MCF-7 cells as a 3d model in the study of human breast cancer.

Amaral, Jonatas Bussador do
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
80.111025%
O diferencial da cultura de células em 3-dimensões é permitir que as células explorem as 3-dimensões do espaço, aumentando assim as interações com o ambiente e entre as células. Em estudos relacionados à biologia do câncer de mama, vem ganhando espaço a utilização de esferóides para estudos que visam à compreensão da morfogênese do espaço luminal. Neste trabalho foi mostrado que as células MCF-7 reorganizam-se em estruturas tubulares e acinares. Em ambas as situações, a formação do lúmen veio acompanhada pelo estabelecimento de uma camada de células polarizadas, arranjo este muito semelhante ao encontrado em glândulas mamárias. Os resultados apresentados apontam para a existência de uma população de células na linhagem MCF-7 que não estão totalmente comprometidas ao fenótipo tumoral. Mantidos diferenciados, os esferóides de células MCF-7 apontam como um novo modelo para estudos relacionados à formação do lúmen, permitindo assim explorar o papel de diferentes vias como as relacionadas a apoptose, autofagia, diferenciação e sobrevivência celular.; As a particularity, a 3D cell culture permits cells to explore the three dimensions of the space thereby increasing cell-cell interactions, as well as interaction with the environment. In studies related to breast cancer biology...

Marcadores moleculares derivados da Bombesina para diagnóstico de tumores por SPECT e PET; Molecular markers derived from bombesin for tumor diagnosis by SPECT and PET

Pujatti, Priscilla Brunelli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
70.47531%
Uma grande variedade de moléculas já foi identificada por apresentar alta afinidade por receptores superexpressos em células tumorais, e a radiomarcação dessas moléculas oferece a possibilidade de novos compostos com aplicações diagnósticas e terapêuticas em medicina nuclear. Dentre essas moléculas, a bombesina (BBN) é uma das que despertam maior interesse, uma vez que um de seus receptores BB2 são superexpressos em células de tumores de próstata, mama, cólon, pâncreas e pulmão, além de glioblastomas e neuroblastomas. Derivados da bombesina, agonistas e antagonistas dos receptores BB2 já foram propostos para essa finalidade e apresentaram resultados promissores em estudos pré-clínicos. Entretanto, a maioria deles apresenta o incoveniente da alta captação em tecidos sadios, como pâncreas e intestino, o que pode prejudicar a eficiência diagnóstica e causar efeitos adversos na terapia. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi estudar a marcação de uma nova série de derivados da bombesina com índio-111 (111In) e gálio-68 (68Ga), de modo a avaliar seu potencial para diagnóstico de tumores que superexpressam BB2 por tomografia computadorizada por emissão de fóton único (SPECT) ou por emissão de pósitrons (PET). Os peptídeos estudados apresentam estrutura genérica YGn-BBN(6-14)-Q...

Efeitos do tratamento com selênio no crescimento e marcas epigenéticas de células de adenocarcinoma mamário humano MCF-7; Effects of selenium treatment on growth and epigenetic marks of MCF-7 human breast adenocarcinoma cells

Miranda, Juliana Xavier de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
70.716777%
O câncer de mama representa problema mundial de saúde pública e a causa mais frequente de morte por câncer entre as mulheres. A identificação de agentes moduladores de marcas epigenéticas, tais como metilação global do DNA e modificações pós-tradução em histonas, compreende alternativa promissora para estabelecimento de estratégias de controle da carcinogênese mamária. Dentre os nutrientes, o elemento traço essencial selênio (Se) pode ser destacado como agente dietético com potencial anti-câncer de mama e que poderia atuar modulando processos epigenéticos. Entretanto seus mecanismos de ação são pouco elucidados. Este estudo objetivou, assim, identificar efeitos do tratamento com selênio no crescimento e marcas epigenéticas de células de adenocarcinoma mamário humano MCF-7. Células MCF-7, positivas para o receptor de estrógeno, foram tratadas com ácido metilselenínico (MSA) ou selenito de sódio (ST) por diferentes tempos e em diferentes concentrações. Foram avaliados: padrão de proliferação (ensaio cristal violeta) e viabilidade celular (método de exclusão azul de tripan); integridade de membrana plasmática (citometria de fluxo); níveis de fragmentação do DNA (citometria de fluxo), distribuição das fases do ciclo celular (citometria de fluxo); apoptose (citometria de fluxo/ marcação dupla com Anexina V - Iodeto de propídio); níveis de lisina 9 acetilada (H3K9ac) e trimetilada (H3K9me3) em histona H3; níveis de lisina 16 acetilada (H4K16ac) em histona H4 (Western blot); padrão de metilação global do DNA (HPLC-DAD); expressão de gene supressor de tumor (RASSF1a; qPCR) e padrão de metilação da região promotora (RASSF1a e RARβ; MS-PCR); expressão da enzima DNA metilstransferase 1 (DNMT1) (Western Blotting). Comparado ao grupo controle de células não tratadas (GC)...

Efeito do ácido docosahexaenoico (DHA) sobre eventos epigenéticos em diferentes linhagens de câncer de mama; Effect of docosahexaenoic acid (DHA) on epigenetic events in diferente breast cancer cell lines

Castro, Rita de Cássia Borges de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
80.373945%
Alterações epigenéticas, como metilação do DNA e modificações pós traducionais em histonas, tem importante papel na carcinogênese mamária. A modulação de eventos epigenéticos constitui relevante alvo terapêutico, devido ao seu caráter reversível. Experimentalmente, o ácido docosahexaenoico (DHA), um membro da família dos ácidos graxos ômega-3, é capaz de diminuir proliferação, induzir morte celular e diminuir o potencial invasivo de células tumorais de mama. No entanto, os mecanismos antitumorais do DHA e sua capacidade de modular eventos epigenéticos ainda não estão totalmente elucidados. Nosso objetivo foi verificar, in vitro, a ação do DHA em eventos epigenéticos em diferentes linhagens de carcinoma mamário humano. Três linhagens celulares de câncer de mama (MDA-MB-231, SKBR-3 e MCF-7) foram tratadas durante 72 horas com 100 ?M de DHA ou etanol (controle). As modificações pós traducionais em histonas, acetilação no resíduo de lisina 9 da histona 3 (H3K9ac) e no resíduo 16 da histona 4 (H4K16ac), bem como trimetilação no resíduo de lisina 9 da histona 3 (H3K9me3) e no resíduo de lisina 27 da histona 3 (H3K27me3) foram avaliadas pela técnica de western blot. A análise da expressão do genes RASSF1A...

Atividade antineoplásica in vitro e in vivo da chalcona n9 e seu possível mecanismo de ação

Neckel, Gecioni Loch
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 145 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
70.41798%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Farmacologia, Florianópolis, 2011; As chalconas (1,3-diaril-2-propen-1-onas), formam o núcleo de uma ampla variedade de compostos biológicos obtidos de vegetais, que têm espontado como potenciais agentes antitumorais. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo principal avaliar os efeitos antineoplásicos in vitro e in vivo do composto Chalcona N9, obtido sinteticamente. A Chalcona N9 demonstrou ser citotóxica nas linhagens celulares de carcinoma de pulmão humano A549, melanoma de camundongos B16-F10, glioma de rato C6, carcinoma de próstata humano DU 145, carcinoma de mama humano MCF-7 e glioblastoma humano U-87 MG e com citotoxicidade menor sobre a linhagem imortalizada de fibroblastos L929. Nos ensaios de citometria de fluxo para avaliação do ciclo celular foi demonstrado que a Chalcona N9 induziu o acúmulo de células U-87 MG na transição das fases G1-S. Ensaios por Western blotting demonstraram que a Chalcona N9 foi capaz de interferir na expressão de proteínas que participam do ciclo celular, reduzindo a expressão das ciclinas A, D1 e E, e quinases dependentes de ciclina CDK 2 e 6 nas células de glioma humano U-87 MG. Os ensaios de incorporação de Anexina V-FITC demonstraram que as duas concentrações utilizadas da Chalcona N9 induziram a morte por apoptose nas células U-87 MG ao final de 24 horas...

Dano ao DNA, citotoxicidade, efeito antiproliferativo e antitumoral de 1,4-naftoquinonas substituídas

Farias, Mirelle Sifroni
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 159 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
69.31845%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, Florianópolis, 2014.; As quinonas são uma classe de substâncias químicas de interesse na terapêutica do câncer, visto que algumas delas apresentam potencial antitumoral. Pesquisas sugerem que o efeito antitumoral destes compostos pode ser potenciado por substituições estratégicas dos substituintes ligados ao núcleo quinóide. Desta forma, este trabalho teve como objetivo caracterizar o potencial citotóxico, antiproliferativo e antitumoral bem como o mecanismo molecular de ação de 1,4-naftoquinonas substituídas. Dentre os compostos avaliados, os que apresentaram maior atividade citotóxica para linhagem tumoral MCF7 (câncer de mama humano), avaliada pelo método do MTT, foram DPB1, DPB2, DPB4 e DPB5 (CI50 < 25 µM). Sugerindo-se que o efeito citotóxico é influenciado principalmente por seus substituintes onde grupos doadores e aceptores de elétrons modulam as propriedades eletrônicas do átomo de nitrogênio presente nas moléculas, facilitando ou dificultando a ocorrência do ciclo redox. Além disso, estes mesmos quatro compostos inibiram a formação de colônias celulares, promovendo um efeito citostático. Através do ensaio de fragmentação do DNA plasmidial e ensaio cometa constatou-se que as 1...

Citotoxicidade e atividade antitumoral de sais do galato de dodecila

Centa, Ariana
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 122 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
70.708203%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Farmácia, Florianópolis, 2014.; O câncer é considerado um problema de saúde pública mundial, sendo caracterizado pelo crescimento descontrolado das células. A incidência de tumores como leucemias, melanoma e câncer de mama vem aumentando a cada ano e a capacidade metastática das células tumorais é a principal causa de mortalidade por câncer. O início da formação de metástases é caracterizado pelo aumento da motilidade das células neoplásicas e por sua capacidade de invadir tecidos e órgãos adjacentes ao tumor primário. As metaloproteinases (MMPs) são enzimas que degradam vários componentes da MEC, desempenhando um papel importante em vários processos fisiológicos e patológicos, incluindo o desenvolvimento metastático. Alterações no ciclo celular e nas vias de apoptose ou nos respectivos mecanismos regulatórios também estão envolvidas nas malignidades humanas. Nesse contexto, novos medicamentos antitumorais e antimetastáticos devem ser desenvolvidos levando em consideração os princípios básicos da carcinogênese. O ácido gálico (AG) e seus derivados ésteres vêm apresentando diversas atividades biológicas. O galato de dodecila (G12) é bastante estudado como potencial agente antitumoral...

Efeito de um extracto do cogumelo Maitake sobre a viabilidade celular e apoptose de células de cancro da mama : Trabalho de Investigação : Effect of Maitake mushroom extract in breast cancercells viability ande apoptosis

Meireles, Ana Manuela Onofre
Fonte: Porto : edição de autor Publicador: Porto : edição de autor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2 vols.(tese + relatório); 30 cm
Português
Relevância na Pesquisa
69.58904%
Resumo da tese: Os cogumelos têm sido usados empiricamente, na medicina tradicional para o tratamento de várias enfermidades, desde há muitos anos. Das mais de 50 espécies de cogumelos com compostos bioactivos, destaca-se o cogumelo Maitake pelo seu poder imunomodulador e antitumoral. Este cogumelo edível, tem proporcionado o isolamento de vários compostos da sua composição, e que têm sido alvo de vários estudos. Um desses compostos, a fracção-D, mostrou já ser capaz de diminuir a proliferação celular em tumores, quer pela estimulação do sistema imunitário como pela sensibilização a agentes imunoterapêuticos. Com este estudo pretendeu-se analisar o efeito da fracção-D, isolada, directamente sobre células de carcinoma mamário humano, MCF7, verificando o seu efeito sobre a viabilidade e apoptose. Pretendeu-se ainda relacionar esse efeito nas células tumorais com a expressão de uma proteína pró-apoptótica Bak. As células MCF7 foram tratadas com concentrações crescentes de extracto de Maitake (fracção D) : 0 mg/ mL; 18 μg/mL; 36 μg /mL; 91 μg /mL; 183 μg / mL; 367 μg/mL durante 24 horas. Foi realizado o ensaio de MTS para determinar a viabilidade e o ensaio de TUNEL para avaliar a apoptose. A expressão proteica de Bak foi analisada por Western Blotting. Verificou-se que o extracto de Maitake é capaz de diminuir a viabilidade celular...

Targeting phosphodiesterase-4 in cancer

Varela, Ana Maria de Sousa
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
69.81533%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Humana e Ambiente). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013; Adenosina monofosfato cíclico (cAMP) é um mensageiro secundário que se tem conservado ao longo da evolução, desempenhando papéis fundamentais na sinalização celular e transcrição de genes. O cAMP é gerado a partir de ATP através da acção de adenilil ciclases, que se localizam na superfície citosólica da membrana plasmática e respondem a estímulos de receptores transmembranares acoplados a proteínas G. Após formado, cAMP interage com proteínas efetoras desencadeando respostas celulares a diversos níveis, tais como metabolismo, expressão génica e proliferação e ciclo celulares. Dada a sua grande importância para a célula, os seus níveis são altamente controlados de modo a manter um equilíbrio entre a sua produção e degradação. Actualmente sabe-se que as concentrações de cAMP são compartimentalizadas e extremamente variáveis, podendo oscilar desde alguns minutos a várias horas. A criação destes gradientes de cAMP mostra o quão complexos e fundamentais são estes sinais na regulação celular. A estrutura dos gradientes é em parte dependente da restrita localização e actividade das proteínas G e adenilil ciclases. A activação específica de certas adenilil ciclases permite a formação de “nuvens” de cAMP que vão variando em concentração ao longo da membrana plasmática. Também a acção de determinadas proteínas organizadas em sub-populações dentro da célula contribui para o efeito de compartimentalização. Outro factor muito importante é a acção de fosfodiesterases (PDEs)...

Rol de la ciclooxigenasa-2 en la progresión de tumores de pulmón y mama; Role of cyclooxygenase-2 in the progression of tumors of the lung and the mammary gland

Peluffo, Guillermo D.
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
60.62784%
Diversos tipos de tumores poseen elevados niveles de expresión de la ciclooxigenasa-2 y de producción de prostaglandinas. El uso de los antiinflamatorios no esteroides resultó beneficioso en el tratamiento de distintos modelos tumorales, a veces independientemente de la expresión de las ciclooxigenasas, sus blancos primarios. Nuestro objetivo en este trabajo de tesis fue estudiar el papel de la COX-2 en la progresión de distintos modelos tumorales. Utilizamos el adenocarcinoma de pulmón murino LP07 y hallamos que la COX-2 es un componente importante del comportamiento maligno de estas células. En este modelo, la inhibición de la COX-2 redujo el crecimiento del tumor primario y el desarrollo metastásico así como también los síndromes paraneoplásicos provocados por el tumor. La COX-2 y la PGE2 tienen un papel clave en la modulación de la supervivencia de las células LP07, que ejerce modulando las actividades de las quinasas Akt y p38, así como también la actividad del factor de transcripción NF-κB. En los adenocarcinomas de mama murinos LM3 y LMM3 la importancia de la COX-2 es menos relevante, ya que si bien el uso de un inhibidor selectivo de esta enzima, el celecoxib, produjo esencialmente los mismos resultados que en las células LP07...

Modulación de oncogenes en cancer mamario humano; Modulation of oncogenes in human breast cancer

Mladovan, Alejandro G.
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //1996 Português
Relevância na Pesquisa
61.01459%
El cáncer de mama es el tumor más frecuente en el sexo femenino afectando en la actualidad a una de cada diez mujeres. La complejidad de esta patología y el escaso conocimiento acerca de su etiología y desarrollo dificultan el entendimiento fisiopatológico de dicho desorden y, por consiguiente, la prevención y el tratamiento. Los estudios diferenciales sobre la proliferación y los mecanismos moleculares involucrados en los procesos de duplicación celular en células normales y neoplásicas aportan nuevas ideas para la comprensión del desarrollo de esta enfermedad. En tal sentido, los trabajos realizados en la presente Tesis tuvieron como principal objetivo estudiar diversos par metros involucrados en la proliferación de células mamarias humanas bajo la acción de hormonas peptídicas y de agentes que actúan como promotores tumorales. De la amplia gama de señales moleculares se analizaron especialmente aquellas relacionadas con la expresión de proto-oncogenes nucleares y la activación de ciertas kinasas que participan en la vía de señales que regulan la expresión de dichos genes. Estos estudios se realizaron utilizando como modelo de trabajo diversas líneas celulares, principalmente la línea no tumorigénica establecida a partir de tejido mamario humano normal...

Cross-talks entre las vías de señalización del transductor de la señal y activador de la transcripción 3 (Stat3) y el receptor de progesterona en células de cáncer de mama; Cross-talks between signal transducer and activator of transcription 3 (Stat3) and progesterone receptor signaling pathways in breast cancer cells

Proietti, Cecilia Jazmín
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: info:eu-repo/semantics/doctoralThesis; tesis doctoral; info:eu-repo/semantics/publishedVersion Formato: application/pdf
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
80.061943%
Se han descripto interacciones entre las vías de los receptores de hormonas esteroideas y de las proteínas transductoras de señales y activadoras de la transcripción (Stats). En este trabajo, se exploró la capacidad de los progestágenos de modular la activación transcripcional de Stat3 en un modelo experimental de carcinogénesis hormonal en donde el progestágeno sintético acetato de medroxiprogesterona (MPA) indujo adenocarcinomas mamarios en ratones hembras de la cepa BALB/c y en la línea celular de cáncer de mama humano, T47D. Se encontró que las células epiteliales C4HD, del modelo tumoral C4HD inducido por MPA, expresan Stat3 y que el tratamiento de las células C4HD con MPA aumenta la expresión de la proteína Stat3. Además, el MPA induce un efecto no genómico, rápido de fosforilación en tirosina de Stat3, Jak1 y Jak2 en las células C4HD y en las T47D. El tratamiento con MPA de las células C4HD también resultó en una rápida fosforilación en tirosina de c-Src. Estos efectos fueron completamente inhibidos por el antagonista de progestágenos RU486. El bloqueo de las actividades de Jak1 y Jak2 mediante la transfección transiente de las células C4HD con vectores dominantes negativos (DN) para Jak1 o Jak2...

Modulación de oncogenes en cancer mamario humano; Modulation of oncogenes in human breast cancer

Mladovan, Alejandro G.
Fonte: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires Publicador: Facultad de Ciencias Exactas y Naturales. Universidad de Buenos Aires
Tipo: Tesis Doctoral Formato: text; pdf
Publicado em //1996 Português
Relevância na Pesquisa
60.673066%
El cáncer de mama es el tumor más frecuente en el sexo femenino afectando en la actualidad a una de cada diez mujeres. La complejidad de esta patología y el escaso conocimiento acerca de su etiología y desarrollo dificultan el entendimiento fisiopatológico de dicho desorden y, por consiguiente, la prevención y el tratamiento. Los estudios diferenciales sobre la proliferación y los mecanismos moleculares involucrados en los procesos de duplicación celular en células normales y neoplásicas aportan nuevas ideas para la comprensión del desarrollo de esta enfermedad. En tal sentido, los trabajos realizados en la presente Tesis tuvieron como principal objetivo estudiar diversos par metros involucrados en la proliferación de células mamarias humanas bajo la acción de hormonas peptídicas y de agentes que actúan como promotores tumorales. De la amplia gama de señales moleculares se analizaron especialmente aquellas relacionadas con la expresión de proto-oncogenes nucleares y la activación de ciertas kinasas que participan en la vía de señales que regulan la expresión de dichos genes. Estos estudios se realizaron utilizando como modelo de trabajo diversas líneas celulares, principalmente la línea no tumorigénica establecida a partir de tejido mamario humano normal...

Caracterização 'in vitro' e 'in vivo' de marcadores imunofenotípicos para células-tronco neoplásicas em linhagens celulares derivadas de carcinoma mamário humano; Influence 'in vitro' and 'in vivo' contexts on the expression of cancer stem cell markers in breast cancer - derived cell lines

Valéria Barbosa de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
69.54931%
As células-tronco (CT) caracterizam-se pela capacidade de autorrenovação e diferenciação multilinhagem, participando em inúmeros processos fisiológicos e patológicos. Recentemente, foi descrito um novo modelo de carcinogênese, no qual as CTs seriam responsáveis pela origem, heterogeneidade morfológica e autorrenovação das neoplasias malignas. Apoiando essa teoria, observam-se, na maioria das neoplasias sólidas, células com características biológicas e fenotípicas de CT, as quais são designadas CT neoplásicas (CTNs). As CTNs constituem um importante alvo de estudos fisiopatológicos e farmacológicos, e estão associadas à resistência terapêutica e recidivas tumorais a longo prazo. Como limitantes ao seu estudo, destacam-se: as dificuldades quanto ao método de detecção e a escassez de modelos que permitam sua avaliação in vivo. Esse estudo se propõe a investigar e validar um amplo painel de imunomarcadores de CTNs nas linhagens derivadas de carcinoma mamário humano MCF-7, MGSO-3 e MACL-1, avaliando questões como a sensibilidade desses marcadores, segundo a técnica de imunofenotipagem (imunocito-/histoquímica e citometria de fluxo), as diferenças entre as linhagens e a abordagem experimental (in vitro vs. in vivo). Os resultados mostram que a expressão da maioria dos marcadores CTN é maior no contexto in vitro do que no contexto in vivo...

Potencial antitumoral do composto 7-epi-clusianona em linhagens celulares de câncer de mama humano cultivadas como monocamadas e esferoides.; Antitumoral potential of 7-epi-clusianone in human breast cancer cell lines cultured in monolayer and as spheroids.

Sales, Bianca Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/09/2015 Português
Relevância na Pesquisa
80.691123%
A biodiversidade de plantas brasileiras é uma fonte muito rica de moléculas bioativas, dentro da proposta da busca por novas drogas antitumorais, avaliamos neste estudo o potencial antiproliferativo do composto 7-epi-clusianona. Foram utilizadas duas linhagens celulares derivadas de tumor de mama humana, Hs 578T e MCF-7, cultivadas em monocamada e como esferoides. O IC50 após 48 horas de tratamento das células é de 20 μM para Hs 578T e 6 μM para MCF-7. A análise do ciclo celular mostrou que o composto é capaz de reter as células em fase G1/G0 em ambas as linhagens em 2D, mas não em 3D. O composto é capaz de induzir as células a senescência celular, como mostrado pelo ensaio de detecção de β-galactosidase. Esses dados indicam que o composto 7-epi-clusianona é uma molécula promissora, que demonstrou potencial antitumoral em células de tumor de mama. A cultura tridimensional se mostrou mais resistente ao tratamento com 7-epi-clusianona, portanto estudos mais abrangentes são necessários para melhor entendimento dos efeitos do composto sobre esse tipo de cultura.; Brazilian flora is considered one of the most diverse in the world and natural products are some of the important sources of new antitumoral compounds. The aim of this study was to evaluate the antiproliferative potential of 7-epi-clusianone. Two cell lines derived from human breast tumor were used...

Identificación de genes implicados en la adquisición del fenotipo metastásico en modelos experimentales de cáncer de mama

Alía Ramos, Pedro
Fonte: Bellaterra: Universitat Autònoma de Barcelona, Publicador: Bellaterra: Universitat Autònoma de Barcelona,
Tipo: Tesis i dissertacions electròniques; info:eu-repo/semantics/doctoralThesis Formato: application/pdf
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
70.014243%
Consultable des del TDX; Títol obtingut de la portada digitalitzada; El cáncer de mama es una de las enfermedades más frecuentes entre las mujeres de los países desarrollados. La metástasis de los tumores es la principal causa de la muerte de un paciente con cáncer. Una de las maneras de abordar el estudio molecular y celular del proceso de desarrollo de las metástasis es la identificación de genes asociados al fenotipo metastásico. El método RAP-PCR (RNA arbitrarily primed PCR) consiste en dos reacciones consecutivas: una transcripción inversa del mRNA utilizando un cebador aleatorio y una reacción en cadena de la polimerasa (PCR) en que se emplea el mismo cebador más otro cualquiera. Con este método se pueden comparar simultáneamente fragmentos de DNA obtenidos aleatoriamente a partir del RNA de muchas variantes celulares con diferente capacidad metastásica. Si estos fragmentos, usados como sondas en análisis Northern, hibridan con RNA y se observan en cantidades relativas muy diferentes entre las distintas variantes celulares, se asume que los genes cuya expresión representan se expresan de manera muy diferente y pueden ser, por tanto, candidatos a influir en la aparición del fenotipo metastásico. En el presente trabajo...

Estudo da marcação com Indio-111 e Gálio-68 de derivados da bombesina e avaliação das propriedades biológicas para aplicação em SPECT e PET; Study of labelling of bombesin derivatives with 111-indium and 68-galium and evaluation of biological properties for application in SPECT and PET

Oliveira, Ricardo de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 10/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
69.248555%
Receptores para o peptídeo liberador de gastrina (GRPr) são super expressos em vários tipos de células cancerígenas, incluindo câncer de mama e próstata. A Bombesina é um análogo do peptídeo GRP de mamíferos que se liga com alta especificidade e afinidade aos receptores do peptídeo liberador de gastrina (GRPr). Significantes pesquisas têm sido realizadas para desenvolver e radiomarcar um análogo da bombesina para diagnóstico de tumores de próstata e mama, utilizando-se técnicas de SPECT e PET, com radionuclídeos como 111In e 68Ga. O objetivo deste trabalho foi estudar a marcação com 111In de uma série inédita de peptídeos derivados de bombesina e determinar o potencial de aplicação no diagnóstico de tumores de próstata em modelos animais. Vários estudos foram realizados para padronizar o procedimento de marcação, variando-se temperatura, tempo de marcação, massa do peptídeo e atividade do radionuclídeo. Os resultados demonstraram que os análogos da bombesina estudados podem ser marcados com índio-111 com alto rendimento de marcação e alta atividade específica. Os estudos de biodistribuição em animais normais demonstraram que o derivado de BBN com espaçador aminoacídico Gly5 apresentou captação pancreática e intestinal expressiva...