Página 1 dos resultados de 293 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Doenças alimentares de origem bacteriana

Alves, Ana Regina de Freitas
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.573328%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Ciências Farmacêuticas; As doenças de origem alimentar têm-se revelado um enorme problema para o ser Humano, acarretando significativa morbilidade, mortalidade e custos económicos para a sociedade. Os fungos, os parasitas e as bactérias são os contaminantes biológicos com maior relevo em doenças alimentares. Bactérias como a Salmonella sp., Campylobacter, Escherichia coli, Listeria monocytogenes, Clostridium botulinum são, no panorama atual, algumas das bactérias com maior relevo e importância, sendo a causa de muitas das ocorrências de doenças alimentares (infeções/intoxicações alimentares), como o botulismo, a salmonelose, a listeriose que, dependendo da gravidade da doença, podem causar graves danos ao nível da saúde e da qualidade de vida dos indivíduos. Isto ocorre devido não só a falhas de segurança e qualidade do alimento ao longo do ciclo de vida do mesmo (cultivo, distribuição, preparação), como também devido a práticas incorretas, nomeadamente no uso inadequado de antibacterianos em humanos e animais. A qualidade e segurança alimentar contempla normas simples que podem garantir a qualidade final dos alimentos e deste modo prevenir e diminuir o número de ocorrências e surtos bacterianos associados ao consumo de alimentos contaminados. The foodborne diseases are a huge problem for the human being...

A influência da biodiversidade florestal na ocorrência de insetos-praga e doenças em cultivos de tomate no município de Apiaí-SP; The influence of forest biodiversity in the occurrence of insect pests and diseases in tomato crops in the municipality of Apiaí-SP

Tomas, Fabio Leonardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.61976%
A Mata Atlântica (MA) é um dos ambientes naturais mais ameaçados do Brasil, tendo sua área original atualmente bastante reduzida pelas ações antrópicas. As atividades agrícolas estão incluídas entre os fatores de impacto a este Bioma; e inserida na área de domínio da MA está a região de Apiaí - SP, produtora de tomate (Solanum lycopersicum L.) de mesa, uma cultura caracterizada pela sua importância alimentar, e responsável por significativos impactos socioambientais devido ao uso de agroquímicos, desmatamentos e más condições de trabalho. Devido à infestação por insetos-praga e às ocorrências de doenças agrícolas, esta cultura é considerada uma das mais exigentes em tratos culturais necessitando pulverizações constantes e uso geral de agroquímicos. Este trabalho busca ampliar o conhecimento sobre as funções que a biodiversidade florestal pode ter como um instrumento para auxiliar o manejo agrícola de insetos fitófagos e doenças em cultivos de tomate de mesa. No município de Apiai - SP, entre 2008 e 2010, foram instalados 5 módulos experimentais de cultivo de tomate em manejo agroecológico no modelo de Ilhas de Alta Produtividade (IAPs), em locais onde a biodiversidade florestal é um elemento presente no entorno. Em cada módulo de cultivo...

Utilização de técnicas espectroscópicas no estudo e caracterização de doenças em citros: HLB (greening) e cancro cítrico; Employing spectroscopic techniques in the study and characterization of citrus diseases: HLB (greening) and citrus canker

Ranulfi, Anielle Coelho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.509038%
Com clima diversificado e terras férteis, o Brasil tem vocação natural para o desenvolvimento agropecuário e todas as suas vertentes. Assim, o agronegócio é hoje a principal locomotiva da economia brasileira, representando cerca de um terço do nosso Produto Interno Bruto (PIB). Nesse contexto, o Brasil é o terceiro maior produtor de frutas do planeta, com destaque para a produção de laranjas. Particularmente, o país lidera a produção mundial de suco de laranja e conta com uma participação de 85% nas exportações deste produto. Porém, um dos principais fatores atuais que restringem os lucros e a expansão da citricultura é o controle fitossanitário. Atualmente, dentre as principais doenças podemos destacar o HLB e o cancro cítrico. Ambas, doenças bacterianas que não têm cura comprometem a produção e desenvolvimento da fruta e levam à morte da árvore. Dessa maneira, o monitoramento destas é fundamental para evitar danos aos frutos e a necessidade da erradicação de plantações inteiras. O presente trabalho avaliou o emprego das técnicas de Espectroscopia de Fluorescência Induzida por Laser (LIFS) e Espectroscopia de Emissão Óptica com Plasma Induzido por Laser (LIBS) como forma de diagnóstico destas doenças...

Relação entre otites bacterianas e infecção pelo circovírus tipo 2 (PCV2) em suínos.; Relationship between bacterial otitis and porcine circovirus type 2 (PCV2) infection in pigs

Asanome, William
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.782686%
A Síndrome Multissistêmica do Definhamento do Suíno (SMDS) é uma doença emergente e mundialmente distribuída, que tem trazido sérios prejuízos econômicos para a indústria suinícola. O Circovírus Suíno tipo 2 (PCV2), agente causal da doença, provoca lesões principalmente nos tecidos linfóides, e sugere-se que produza imunossupressão, predispondo o hospedeiro a infecções virais, bacterianas e fúngicas secundárias. Neste trabalho, é descrito um estudo da prevalência e bacteriologia das otites purulentas em suínos apresentando a SMDS, bem como em animais de baixo desenvolvimento e de crescimento normal. No total, foram examinados 385 suínos com idades entre 60 e 130 dias. De 242 animais com a SMDS, 57 (23,5%) apresentaram lesões purulentas no ouvido médio. Dentre 119 animais de baixo desenvolvimento, apenas 1 (0,7%) apresentou a lesão. Não foram detectadas lesões macroscópicas no ouvido médio dos 24 animais com crescimento normal (controles). Os agentes isolados com maior freqüência das lesões foram Arcanobacterium pyogenes, Streptococcus α– hemolíticos e Pasteurella multocida, encontrados em, respectivamente, 37 (43%), 32 (37,2%) e 24 (27,9%) dos 86 ouvidos submetidos à bacteriologia. A alta prevalência de lesões purulentas no ouvido médio de animais com a SMDS sugere que a infecção pelo PCV2 pode tornar o suíno mais suscetível às otites bacterianas. Por outro lado...

Doenças bacterianas em bagres sul americanos: isolamento, caracterização e patogenia

Pádua, Santiago Benites de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: x, 65 p. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
47.414136%
Pós-graduação em Aquicultura - FCAV; Neste trabalho foi registrada a primeira ocorrência de infecção por Citrobacter freundii, Lactococcus lactis subsp. lactis e Enterococcus faecalis associadas a surtos de doenças em bagres Sul Americanos. Além do isolamento das bactérias, também foi realizada a caracterização bioquímica e o perfil de susceptibilidade a antimicrobianos dos isolados. Para o isolamento, foram utilizados bagres provenientes de surtos em diferentes fazendas-berçário no Estado do Mato Grosso do Sul e também de criações em laboratório. Os peixes com sinais clínicos de bacteriose foram submetidos à necropsia e biópsia de rim e encéfalo para isolamento bacteriano em meios de cultura apropriados. Os isolados obtidos foram submetidos à coloração de Gram, teste da oxidase, catalase, produção de hemólise e identificação presuntiva através de kits comerciais API 20E ou API 20 Strep. A análise de susceptibilidade a 15 antimicrobianos foi realizada pelo método da difusão em disco com o Agar Muller Hinton. Foram obtidos dois isolados de C. freundii proveniente de cachara, que apresentaram multiresistência a 66,7 % dos antimicrobianos testados. Nos ensaios de infecção experimental, a doença foi reproduzida com sucesso...

Resistência antimicrobiana em cepas bacterianas isoladas de celulite aviária

Santos, Milena Mendonça dos
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.87934%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2012.; A celulite aviária é considerada uma das principais causas de condenação de carcaças de frangos de corte no Brasil e em outros países. O objetivo deste trabalho foi identificar as lesões de celulite de acordo com o Serviço de Inspeção Federal responsável pelo abatedouro frigorífico localizado no Estado de Goiás, realizar o isolamento microbiológico das lesões de celulite aviária, verificar o perfil de resistência antimicrobiana através da realização de antibiograma e promover uma pesquisa de genes de resistência antimicrobiana através da reação em cadeia da polimerase. Foram analisadas 25 amostras de lesões de celulite aviária, das quais foram isoladas 30 cepas bacterianas, sendo 11 (37%) cepas de Escherichia coli, 9 (30%) cepas de Staphylococcus epidermidis, 7 (23%) cepas de Proteus mirabillis e 3 (10%) cepas de Manheimia haemolytica. O teste de susceptibilidade antimicrobiana demonstrou que todas as cepas bacterianas isoladas apresentaram resistência a pelo menos um antimicrobiano, das quais todas (100%) as cepas de E.coli e Proteus mirabillis foram resistentes à penicilina, eritromicina e espiramicina...

A imunomodulação do pigmento malárico (hemozoína) aumenta a susceptibilidade para infecções bacterianas disseminadas?

Boura, Márcia Carlos Rocha
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.702559%
Tese de mestrado, Doenças Infecciosas Emergentes, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa - 2012; Introdução: A infecção por Plasmodium falciparum é referida em diversos trabalhos, como um factor de risco para sépsis bacteriana, mais especificamente, por Salmonella não-typhi. Os fagócitos, monócitos e granulócitos, constituem a primeira linha de defesa do organismo contra patogéneos externos. Desta forma, caso este mecanismo se encontre comprometido pode levar à disseminação da infecção bacteriana, contribuindo para o aumento da morbilidade e mortalidade. O pigmento malárico (hemozoína), um sub-produto do metabolismo do parasita, é libertado na corrente sanguínea após a lise eritrocítica e é ingerido pelos fagócitos, onde persiste por longos períodos. Objectivo: Determinar se a hemozoína, ingerida por monócitos e granulócitos, tem alguma influência na função destas células, em particular na subsequente fagocitose e capacidade de eliminar bactérias (Salmonella enterica serótipo Typhimuirium). Métodos: Pré-incubaram-se monócitos e granulócitos, com diferentes concentrações de hemozoína. Após esta pré-incubação, acedeu-se à capacidade fagocítica, através da incubação com bio-partículas de Escherichia coli...

Conhecimento e práticas sobre doenças infecciosas e parasitárias de origem alimentar dos consumidores do concelho de Mirandela

Carbas, Bruna Filipa Camilo
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
37.654866%
Dissertação de Mestrado em Segurança Alimentar; As doenças de origem alimentar representam um problema de Saúde Pública amplamente difundido, a nível mundial. No entanto, este problema tem mais impacto na saúde e economia em países em vias de desenvolvimento do que em países desenvolvidos. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a incidência global das doenças de origem alimentar é difícil de calcular, mas sabe-se que só no ano de 2005, 1,8 milhões de pessoas morreram devido a problemas desta natureza. Uma grande proporção destes casos pode ser atribuída à contaminação dos alimentos e da água potável. No presente estudo, pretendeu-se investigar o conhecimento, atitudes e práticas sobre doenças infecciosas e parasitárias de origem alimentar de consumidores do concelho de Mirandela. Procedeu-se à realização de um estudo observacional descritivo e transversal entre os meses de Outubro e Dezembro de 2009, recorrendo-se uma amostra de conveniência de 400 indivíduos e aplicando um questionário para a colheita de dados. Utilizou-se à análise estatística uni e bivariada, sendo o nível de significância para os testes estatísticas fixado em 0,05. Verificou-se que a maioria dos inquiridos apresentou um conhecimento suficiente sobre o controlo da temperatura nos alimentos. Relativamente às medidas de higiene...

Doenças Infecciosas: o desafio da clínica

Meliço-Silvestre, A; Saraiva da Cunha, JG
Fonte: Departamento de Doenças Infecciosas do Hospital da Universidade de Coimbra Publicador: Departamento de Doenças Infecciosas do Hospital da Universidade de Coimbra
Tipo: Livro
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.509038%

Características e frequência das doenças de suínos na Região Central do Rio Grande do Sul

Brum,Juliana S.; Konradt,Guilherme; Bazzi,Talissa; Fighera,Rafael A.; Kommers,Glaucia D.; Irigoyen,Luiz F.; Barros,Claudio S.L.
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
47.70443%
Visando-se determinar as características e frequência das doenças na população suína na região de abrangência do Laboratório de Patologia Veterinária (LPV) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), foi realizado um estudo retrospectivo de todos os diagnósticos de necropsias realizadas nesta espécie no período de 1964 a 2011. Foram separados 564 casos com diagnósticos conclusivos. A criação suína na região de abrangência do estudo é predominantemente familiar e as doenças diagnosticadas, refletem esta realidade. As doenças infecciosas e parasitárias foram as mais prevalentes [380(68,1%)], seguidas, em ordem decrescente, das doenças metabólicas e nutricionais [64(11,5%)], intoxicações e toxi-infecções [33(5,9%)], e distúrbios do desenvolvimento [15(2,7%)]. Outras alterações de diversas etiologias, sobretudo de trauma, foram causa de morte em pouco mais de 11% dos protocolos examinados. Doenças bacterianas foram responsáveis por mais da metade das causas de morte ou razão para eutanásia dos suínos estudados, revelando a influência de fatores de manejo, ambientais e nutricionais regional de criação de suínos. A principal doença diagnosticada em suínos na região de abrangência do estudo foi a doença do edema e juntamente com outras formas de infecção por Escherichia coli é responsável por 23% das mortes. Doenças de etiologia viral e neoplasia não são importantes causas de morte em suínos na região estudada. Hepatose nutricional e aflatoxicose são importantes doenças da região e se devem...

Doenças de equinos na região Sul do Rio Grande do Sul

Marcolongo-Pereira,Clairton; Estima-Silva,Pablo; Soares,Mauro P.; Sallis,Eliza Simone V.; Grecco,Fabiane B.; Raffi,Margarida B.; Fernandes,Cristina Gevehr; Schild,Ana Lucia
Fonte: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Publicador: Colégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
47.722573%
Foi realizado um estudo retrospectivo dos diagnósticos de causas de morte e de lesões em equinos na região Sul do Rio Grande do Sul entre 1978 e 2012. Foram revisados os protocolos de necropsia e materiais desta espécie encaminhados ao Laboratório Regional de Diagnóstico da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas no período. Foram recebidos 514 cadáveres de equinos e 1500 materiais (biopsias, órgãos, suabes, fezes, sangue e raspado de pele), totalizando 2026 materiais de equinos recebidos no período. Dos 2026 casos 467 (23,05%) corresponderam a neoplasmas e lesões tumorifores, 168 (8,29%) a doenças parasitárias; 135 (6,66%) a doenças bacterianas, 31 (1,53%) a doenças virais, 86 (4,24%) a doenças causadas por fungos e oomicetos, 50 (2,47%) a intoxicações e micotoxicoses, nove (0,44%) a doenças metabólicas, 60 (2,96%) a outras doenças e 75 (3,70%) a doenças não transmissíveis do trato digestivo. Trezentos e vinte (15,79%) foram classificados como doenças de etiologia indeterminada. Outros diagnósticos representaram 489/2026 (24,14%) casos. Em 44/514 (8,56%) das necropsias e em 91/961 (9,47%) de biopsias e órgãos remetidos ao laboratório o diagnóstico foi inconclusivo, perfazendo um total de 135/1475 (9...

Impactos das mudanças climáticas sobre doenças de importantes culturas no Brasil.

GHINI, R.; HAMADA, E.; BETTIOL, W.
Fonte: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011. Publicador: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011.
Tipo: Livros científicos (ALICE) Formato: il; 356 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.805024%
Capítulo 1 - Impacto das mudanças climáticas sobre as doenças de plantas; Capítulo 2 - Projeções de mudanças climáticas para o Brasil no final do século XXI; Capítulo 3 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre epidemias de doenças de plantas; Capítulo 4 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças bacterianas no Brasil; Capítulo 5 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do abacaxi no Brasil; Capítulo 6 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil; Capítulo 7 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da alface no Brasil; Capítulo 8 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças das brássicas no Brasil; Capítulo 9 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do cajueiro no Brasil; Capítulo 10 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da cebola no Brasil; Capítulo 11 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do coqueiro no Brasil; Capítulo 12 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre doenças na eucaliptocultura no Brasil; Capítulo 13 - Impacto das mudanças climáticas sobre as doenças de fruteiras de caroço no Brasil; Capítulo 14 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do mamoeiro no Brasil; Capítulo 15 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da mandioca no Brasil; Capítulo 16 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da mangueira no Brasil; Capítulo 17 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do morangueiro no Brasil; Capítulo 18 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do pínus no Brasil; Capítulo 19 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do sorgo no Brasil; Capítulo 20 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da videira no Brasil; 2011

Impactos das mudanças climáticas sobre doenças de importantes culturas no Brasil.

GHINI, R.; HAMADA, E.; BETTIOL, W. (Ed.).
Fonte: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011. Publicador: Jaguariúna: Embrapa Meio Ambiente, 2011.
Tipo: Livros científicos (ALICE) Formato: il; 356 p.
Português
Relevância na Pesquisa
37.805024%
Capítulo 1 - Impacto das mudanças climáticas sobre as doenças de plantas; Capítulo 2 - Projeções de mudanças climáticas para o Brasil no final do século XXI; Capítulo 3 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre epidemias de doenças de plantas; Capítulo 4 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças bacterianas no Brasil; Capítulo 5 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do abacaxi no Brasil; Capítulo 6 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil; Capítulo 7 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da alface no Brasil; Capítulo 8 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças das brássicas no Brasil; Capítulo 9 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do cajueiro no Brasil; Capítulo 10 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da cebola no Brasil; Capítulo 11 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do coqueiro no Brasil; Capítulo 12 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre doenças na eucaliptocultura no Brasil; Capítulo 13 - Impacto das mudanças climáticas sobre as doenças de fruteiras de caroço no Brasil; Capítulo 14 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do mamoeiro no Brasil; Capítulo 15 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da mandioca no Brasil; Capítulo 16 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da mangueira no Brasil; Capítulo 17 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do morangueiro no Brasil; Capítulo 18 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do pínus no Brasil; Capítulo 19 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças do sorgo no Brasil; Capítulo 20 - Impacto potencial das mudanças climáticas sobre as doenças da videira no Brasil; 2011

Vigilância epidemiológica

Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Publicado em // Português
Relevância na Pesquisa
37.61976%
As doenças sexualmente transmissíveis (DST), também conhecidas popularmente por doenças venéreas, são transmitidas, principalmente, por contato sexual sem o uso de preservativo (masculino ou feminino) com uma pessoa que esteja infectada. Vários tipos de agentes infecciosos (vírus, fungos, bactérias e parasitas) estão envolvidos na contaminação por DST, gerando diferentes manifestações, como feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas. O número de pessoas contaminadas por DSTs está aumentando a cada dia e, consequentemente, compromete a saúde física, emocional e a qualidade de vida de homens e mulheres, sendo os adolescentes e adultos jovens, os mais acometidos. Estas doenças devem ser tratadas de forma rápida e correta, pois o desenvolvimento delas no corpo humano podem acarretar sérios problemas de saúde como infertilidade, doenças neonatais, comprometimento do aparelho reprodutor e até mesmo a morte. É de suma importância que todos saibam as formas de contágio, o risco de infecção e a necessidade de atendimento em uma unidade de saúde

Perfil epidemiológico e clínico das meningites infecciosas em idosos, no Hospital de Doenças Tropicais – HDT/AA Goiânia, Goiás, Brasil, 2000 - 2006; Epidemiological and clinical profile of the infectious meningitis in the elderly: a study of cases series in a reference hospital

Alvarenga, José Alberto
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Medicina Tropical e Saúde Publica (IPTSP); Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.722573%
It is estimated that until the year 2020, in Brazil, 13 % of the population will be constituted by the elderly (population who are above 60 years old), counting 30 million people. The frequency and the gravity of the infectious diseases spread with age. Among these days, infectious diseases are the third cause of death after the sixty’s. The physical changes and the lack of immunological response in the elderly worsen day after day, favoring the infections’ gravity. Moreover, chronic diseases treated with immunosuppressor drugs and other, repeated hospitalizations and nutritional deficiency are addictive factors which explain this kind of diseases to grow worse in this specific population. This dissertation is about a retrospective essay with a descriptive analysis raising medical documents from patients with infectious meningitis in the Hospital de Doenças Tropicais (HDT), State of Goiás, Brazil, and aimed to evaluate the epidemiologic and clinical profile of the infectious meningitis in the elderly, the level of clinical suspicion and confirmation in health services in our State. About 110 cases of meningitis in elderly were notified between the years 2000 and 2006. From all cases, 64 (58,71%) were confirmed, 64...

Vigilância epidemiológica

Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS
Fonte: Universidade Aberta do SUS Publicador: Universidade Aberta do SUS
Formato: Recurso textual contendo imagens coloridas, utilizado na unidade 03 do módulo 14 (Doenças transmissíveis), direcionado para o Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab)
Português
Relevância na Pesquisa
37.654866%
As doenças sexualmente transmissíveis (DST), também conhecidas popularmente por doenças venéreas, são transmitidas, principalmente, por contato sexual sem o uso de preservativo (masculino ou feminino) com uma pessoa que esteja infectada. Vários tipos de agentes infecciosos (vírus, fungos, bactérias e parasitas) estão envolvidos na contaminação por DST, gerando diferentes manifestações, como feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas. O número de pessoas contaminadas por DSTs está aumentando a cada dia e, consequentemente, compromete a saúde física, emocional e a qualidade de vida de homens e mulheres, sendo os adolescentes e adultos jovens, os mais acometidos. Estas doenças devem ser tratadas de forma rápida e correta, pois o desenvolvimento delas no corpo humano podem acarretar sérios problemas de saúde como infertilidade, doenças neonatais, comprometimento do aparelho reprodutor e até mesmo a morte. É de suma importância que todos saibam as formas de contágio, o risco de infecção e a necessidade de atendimento em uma unidade de saúde; Universidade Federal do Maranhão - UNA-SUS

Abscessos piogênicos e doenças parasitárias; Pyogenic abscesses and parasitic diseases

LAMBERTUCCI, José Roberto; RAYES, Abdunnabi Ahmed; SERUFO, José Carlos; NOBRE, Vandack
Fonte: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo. Instituto de Medicina Tropical de São Paulo
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2001 Português
Relevância na Pesquisa
38.247832%
As doenças parasitárias que durante a sua evolução no hospedeiro provocam mudança de uma resposta imune Th1 para uma resposta Th2 podem tornar-se prejudiciais ao hospedeiro, contribuindo para a formação de granulomas, eosinofilia, hiper-IgE, e suscetibilidade aumentada a infecções bacterianas e fúngicas. Demonstrou-se recentemente que animais e pacientes com esquistossomose aguda desenvolvem abscessos hepáticos piogênicos na presença de bacteriemia por Staphylococcus aureus. A associação da esquistossomose com bactérias do gênero Salmonella também encontra-se bem documentada. A infecção por Toxocara também parece predispor o hospedeiro a piomiosite tropical (abscesso muscular piogênico) e abscesso piogênico do fígado. Nos países tropicais essa poderia ser uma explicação para a maior morbidade das doenças bacterianas. Se a associação de doenças parasitárias e infecções bacterianas e fúngicas for confirmada sobrarão argumentos favoráveis ao tratamento universal das doenças parasitárias com o objetivo de prevenir ou diminuir a morbidade dessas infecções.; Parasitic diseases which during their course in the host switch the immune system from a T helper 1 to a T helper 2 response may be detrimental to the host...

GERBERA DISEASES IN THE STATE OF PARANÁ, BRAZIL; DOENÇAS EM CULTIVOS DE GÉRBERA NO ESTADO DO PARANÁ

FERRONATO, Marlene de Lurdes; UTFPR; LIMA NETO, Vismar da Costa; UFPR; TOMAZ, Roberto; SEAB
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 22/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.509038%
In surveys carried out in nine regions of Paraná State between the 1st semester of 2004 and the 2nd semester of 2006, comprising 15 properties growing cut and potted gerbera (Gerbera jamesonii), nine plant pathogenic agents were identified: eight of fungal and one of bacterial nature (Erysiphe cichoracearum, Pythium sp., Phytophthora sp., Fusarium oxysporum, Cercospora gerberae, Botrytis cinerea, Albugo tragopogonis, Capnodium sp. and Pseudomonas cichorii). The identification of these pathogens, descriptions of symptoms and period of occurrence provides some basic information for future researches on epidemiology and control of gerbera diseases in the Paraná State, Brazil.; Em inspeções realizadas em 15 propriedades produtoras de gérbera (Gerbera jamesonii H. Bolus ex Hook. f.) de corte e de vaso, no período compreendido entre o 1º semestre de 2004 e 2º semestre de 2006, abrangendo nove regiões do Estado do Paraná, foram identificados nove agentes causais de doenças: oito de natureza fúngica e uma bacteriana: Erysiphe cichoracearum, Pythium sp., Phytophthora sp., Fusarium oxysporum, Cercospora gerberae, Botrytis cinerea, Albugo tragopogonis, Capnodium sp. e Pseudomonas cichorii.  A identificação dos agentes causais das doenças...

LETTUCE DISEASES IN HYDROPONIC CULTIVATION IN THE METROPOLITAN GREEN BELT OF CURITIBA, PARANÁ STATE, BRAZIL; DOENÇAS EM CULTIVOS HIDROPÔNICOS DE ALFACE NA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA/PR

SILVA, Michele Strapasson Caillet da; LIMA NETO, Vismar da Costa; UFPR
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.573328%
During surveys carried out in 2003 and 2004, covering ten lettuce (Lactuca sativa L.) growing properties in five municipalities of the green belt of Curitiba, the following diseases were identified: downy mildew (Bremia lactucae), powdery mildew (Oidium sp.) rhizoctoniosis (Rhizoctonia solani), sclerotiniosis (Sclerotinia sclerotiorum) bacterial soft rot (Pectobacterium carotovorum), and Lettuce mosaic virus. Also, the lettuce big vein-associated and Mirafiori lettuce virus, responsible by the lettuce big vein syndrome. The diseases were found in fields of all five municipalities. Downy mildew, Lettuce mosaic virus, big vein viral complex, rhizoctoniosis and sclerotiniosis were prevalent in colder months, while  powdery mildew and bacterial soft rot prevailed in hotter months.; Em levantamentos realizados entre 2003 e 2004, em dez propriedades produtoras de alface (Lactuca sativa L.) sob cultivo hidropônico, abrangendo cinco municípios da região metropolitana de Curitiba/PR, foram identificadas as seguintes doenças: míldio (Bremia lactucae), oídio (Oidium sp.), queima da saia (Rhizoctonia solani), podridão de esclerotínia (Sclerotinia sclerotiorum), podridão mole (Pectobacterium carotovorum)...

Amplificação de sequências gênicas pela reação em cadeia da polimerase: princípios do método e aplicabilidade em diagnóstico de doenças infecciosas; .

Barardi, Regina Monte Barardi Regina Monte; Departamento de Microbiologia e Parasitologia - CCB/UFSC
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1993 Português
Relevância na Pesquisa
37.702559%
A reação em cadeia da polimerase (PCR) é uma técnica de produção "in vitro" de grandes quantidades de DNA. Há sete anos atrás (desde que a técnica foi descrita) o PCR tem tido um impacto enorme na pesquisa médica e biológica. Desde então, muitos artigos de revisão e livros técnicos descreveram a teoria, os protocolos experimentais e a potencialidade do método no que se refere à sua aplicabilidade. Este artigo comentará o princípio e a metodologia do PCR em laboratório clínico e suas aplicações em diagnóstico de infecções virais, bacterianas, fúngicas e parasitárias. Um dos principais objetivos do presente artigo é o de determinar quais as doenças no qual o PCR oferece vantagens sobre os métodos convencionais de diagnóstico. Por exemplo, o PCR será o método de escolha para a detecção de patógenos que são difíceis, lentos ou impossíveis de cultivar "in vitro".; The Polymerase chain reaction (PCR) is an in vitro technique for producing large amounts of a specific DNA fragment. In the seven years since the method was published, it has had a major impact on medical research. Numerous reviews and technical books describe the theory, experimental protocols, and diverse application of PCR. This article will cover the principle and practice of PCR in the clinical laboratory and applications for diagnosing viral...