Página 1 dos resultados de 1967 itens digitais encontrados em 0.066 segundos

Efeitos de estímulos conseqüentes específicos sobre a emergência de leitura recombinativa; Effects of specific consequences upon the emergence of recombinative reading

Faggiani, Robson Brino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
78.139053%
Leitura recombinativa é a habilidade de ler sob controle de unidades verbais menores. Esse fenômeno é estudado por meio do treino, em MTS, entre palavras orais e impressas; e testes de leitura com novas palavras. Os resultados dos experimentos têm sido variáveis na literatura. Os procedimentos mais eficazes são os que treinam as unidades menores direta ou indiretamente. Experimentos sobre Equivalência demonstraram que reforçadores específicos produzem relações entre reforçadores, estímulos modelo e de escolha. Para investigar o efeito de conseqüências específicas sobre a leitura recombinativa, foi realizado um experimento com três grupos de quatro participantes, com idades entre 20 e 30 anos. Os objetivos foram verificar se sílabas, de palavras dissílabas, seriam relacionadas aos componentes das conseqüências e se estes componentes teriam efeitos sobre a leitura recombinativa. Treinou-se palavras orais dissílabas como modelo e impressas como estímulos de escolha. Foram apresentadas conseqüências específicas compostas por dois estímulos para os Grupos 1 e cada componente do estímulo da conseqüência correspondia a uma sílaba, podendo se constituir em um treino indireto de unidades menores. As conseqüências foram duas cores apresentadas no local dos estímulos de escolha para o Grupo 1 e duas figuras apresentadas no centro da tela para o Grupo 2. Os três grupos passaram por testes de leitura receptivo-auditiva e de comportamento textual. Os Grupos 1 e 2 também passaram por testes entre sílabas e cores...

Rodas de leitura na escola: construindo leitores críticos; Reading circles at school: building critical readers.

Jacobik, Fabiana Andréa Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
77.94019%
Esta pesquisa tem o objetivo de investigar o percurso de construção de competências relativas à leitura de um grupo de estudantes de primeiro ano do ensino fundamental, em uma escola pública do município de São Paulo. O conceito em que se baseia não considera a leitura como uma aprendizagem linear, que vai da decodificação da escrita (estabelecimento da relação letra-som) para a compreensão, mas sugere que as duas aprendizagens ocorrem simultaneamente, a depender das experiências de leitura de cada sujeito, mediadas pela ação de leitores mais experientes. A compreensão leitora, num contexto que considera a linguagem como um processo de interação entre sujeitos, é entendida como o diálogo estabelecido pelo leitor, em diferentes níveis e dimensões, refletindo acerca do texto e de suas relações com outros textos e com suas experiências. Desta forma, a leitura é instrumento de formação num sentido amplo, não apenas nas capacidades de decodificação de palavras ou frases, e nem de aquisição de conhecimentos escolares. A leitura crítica implica num diálogo que busca atingir o discurso que se veicula pelo texto. Para tanto, estabeleceu-se como metodologia a pesquisa-ação, na qual foram realizadas Rodas de leitura buscando proporcionar às crianças momentos de efetivo ler...

Verificação da eficácia do CD-ROM Alfabetização Fônica Computadorizada no desenvolvimento de habilidades de consciência fonológica e de leitura; Verification of the effectiveness of the CD-ROM Alfabetização Fônica Computadorizada in the development of phonological awareness and reading

Manzoli, Priscila Maria de Lima Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
77.978994%
Já é conhecida a relação de reciprocidade entre consciência fonológica e habilidades de leitura. Diversas pesquisas demonstraram o efeito direto do treino em habilidades de consciência fonológica sobre a aquisição da leitura e como o treino sistemático da leitura auxilia no desenvolvimento de níveis mais complexos de consciência fonológica. Dentro deste contexto, o objetivo da pesquisa foi verificar a eficácia do CD-ROM Alfabetização Fônica Computadorizada no desenvolvimento de habilidades de consciência fonológica e de leitura em crianças do segundo ano do ensino fundamental. Participaram do estudo 81 crianças, com idades entre seis e oito anos, de ambos os sexos, matriculadas no segundo ano de uma escola municipal da periferia de um município com 30.000 habitantes. Para avaliar a consciência fonológica foi aplicada a Prova de Consciência Fonológica. Para avaliar as habilidades de leitura utilizou-se uma versão da Provinha Brasil e uma prova de leitura oral de palavras. Foi adotado um delineamento de comparação de grupos com três momentos de avaliação. No primeiro momento, todas as crianças foram avaliadas. Depois da primeira avaliação, foi conduzida a intervenção somente com as crianças do Grupo 1. Na intervenção...

Práticas de leitura no teatro de grupo: aproximações com a escola; Reading practices in the theater group: approaches to school

Soares, Mei Hua
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
88.08839%
Visando estabelecer pontos de contato entre leitura, teatro e educação, a presente pesquisa tem por objetivo investigar práticas de leitura envolvidas nos processos criativos de grupos de teatro, especificamente a Cia. Paidéia de Teatro (Cia. Jovem Paidéia) e a Cia. Antropofágica (PY). Essas duas companhias integram o atual teatro de grupo paulistano e foram contempladas pelo Programa Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo ao longo de algumas edições. Na primeira etapa da pesquisa, foram realizadas observações e entrevistas junto aos grupos teatrais em questão (pesquisa de campo). Ainda nessa etapa foi feito um levantamento no Acervo do Fomento ao Teatro da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo. A leitura dos projetos dos demais grupos de teatro contemplados pela lei forneceu maior compreensão das ações culturais decorrentes do programa, bem como do panorama teatral delineado por essa política pública. A busca pelo entendimento do funcionamento do programa e dos grupos fomentados, aliada aos estudos sobre leitura nos grupos de teatro (in locu), forneceu subsídios que sustentam uma de nossas hipóteses de pesquisa: a configuração de práticas culturais dentre elas, a relacionada à leitura advinda do Programa de Fomento ao Teatro. A partir da coleta de dados e do referencial teórico adotado...

Habilidades e dificuldades de leitura e escrita em crianças de 2ª série : abordagem neuropsicológica cognitiva

Salles, Jerusa Fumagalli de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
78.20988%
A leitura e a escrita são atividades mentais extremamente complexas, compostas por múltiplos processos interdependentes e que envolvem outras funções neuropsicológicas. Esta pesquisa é composta por quatro estudos, visando traçar o perfil de leitura e escrita de palavras e de texto de 110 crianças de 2ª série de escolas públicas (Estudo 1); relacionar o julgamento do professor e as habilidades de leitura e escrita dos alunos (Estudo 2); comparar o perfil de leitura e escrita e de funções neuropsicológicas de crianças de 2ª série com dificuldades de leitura e escrita e de crianças leitoras e escritoras competentes, de mesma idade e de mesmo desempenho em leitura e escrita (Estudo 3); e analisar a variabilidade intra-grupos nas habilidades de leitura e escrita e nas funções neuropsicológicas, na busca de dissociações entre as rotas de leitura e de escrita e entre funções neuropsicológicas (Estudo 4). O primeiro estudo mostrou que, na 2ª série, houve indícios de uso de ambas as rotas de leitura e escrita, mas maior tendência à estratégia fonológica. Foram encontradas correlações significativas entre as habilidades de processamento de palavras e de texto. No segundo estudo foram encontradas correlações moderadas entre o desempenho dos alunos em leitura e escrita e a percepção do professor sobre estas habilidades. O terceiro estudo mostrou que o grupo de 2ª série com dificuldades de leitura e escrita usava de forma imprecisa ambas as rotas de leitura e escrita. Este grupo apresentou escores estatisticamente inferiores aos do grupo de 2ª série competente em leitura e escrita em consciência fonológica...

Funções neuropsicológicas em crianças com dificuldades de leitura e escrita

Salles,Jerusa Fumagalli de; Parente,Maria Alice de Mattos Pimenta
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
87.99413%
Nos estudos sobre a relação entre dificuldades de leitura e escrita e fatores neuropsicológicos associados, controvérsias giram em torno de hipóteses de um possível desvio ou atraso de desenvolvimento. Para examinar esta polêmica, o presente estudo comparou o desempenho em tarefas neuropsicológicas de crianças de 2ª série com dificuldades de leitura e escrita (n=14) com o de dois grupos: um contrastando competência de leitura e escrita, mas não idade (n=15) e outro contrastando idade, mas não competência de leitura e escrita (1ª série; n=9). Os resultados revelaram que o grupo de 2ª série, com dificuldade de leitura e escrita, apresentou escores estatisticamente inferiores aos do grupo de 2ª série competente em leitura e escrita em consciência fonológica, linguagem oral e memória fonológica, não diferindo significativamente do grupo de 1ª série. Tais achados favorecem a hipótese de atraso de desenvolvimento destas funções neuropsicológicas em crianças com dificuldades de leitura e escrita.

Fluência e compreensão leitora em escolares com dificuldades de leitura

Nascimento,Tânia Augusto; Carvalho,Carolina Alves Ferreira de; Kida,Adriana de Souza Batista; Ávila,Clara Regina Brandão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
77.955566%
OBJETIVO: Caracterizar o desempenho de escolares com dificuldade de leitura, em tarefas de decodificação e compreensão leitora e buscar correlações entre ambas. MÉTODOS: Foram avaliados 60 escolares (29 meninas) que cursavam do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental na rede pública do município de São Paulo. Trinta escolares (Grupo Pesquisa - GP), dez de cada ano, foram indicados por seus professores por apresentarem queixas ou indícios de dificuldades de leitura. Outros trinta, indicados como bons leitores, pareados por gênero, idade e escolaridade ao GP, compuseram o Grupo de Comparação (GC). Todos os escolares foram avaliados quanto aos parâmetros de fluência de leitura de itens isolados (palavras e pseudopalavras) e texto, e de compreensão leitora de texto narrativo (nível de leitura, número e tipo de ideias identificadas, acertos às questões de múltipla escolha). RESULTADOS: O GP apresentou valores de fluência e compreensão leitoras mais baixos que o GC. Diferentes padrões de correlações positivas e negativas, de fracas a ótimas, entre os parâmetros de decodificação e compreensão foram encontradas nos dois grupos. No GP foram observados baixos valores de taxa e acurácia de leitura correlacionados a baixos valores de compreensão e melhora da decodificação...

Influência do transtorno fonológico sobre os transtornos de leitura e da escrita

Silva,Monique Cantelli da; Ávila,Clara Regina Brandão de
Fonte: Academia Brasileira de Audiologia Publicador: Academia Brasileira de Audiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
78.026436%
OBJETIVO: Investigar a influência do transtorno fonológico sobre o desempenho em tarefas de leitura e de escrita e as relações entre essas variáveis. MÉTODOS: Foram avaliados 28 escolares matriculados no 4° e 5° anos do Ensino Fundamental, divididos em Grupo Pesquisa 1, Grupo Pesquisa 2 e Grupo Controle. Foram avaliadas as seguintes competências: leitura, escrita, processamento fonológico e auditivo. Os dados foram analisados estatisticamente. RESULTADOS: O Grupo Controle mostrou melhores resultados em leitura, escrita e processamentos. Os Grupos Pesquisa mostraram-se semelhantes quanto à consciência fonológica e memória fonológica de curto prazo. O Grupo Pesquisa 1 mostrou valores médios de desempenho mais baixos na maioria das tarefas, quando comparado ao Grupo Pesquisa 2, embora sem diferença estatística. O processamento auditivo mostrou-se semelhante entre os três grupos, com exceção da prova de Memória Sequencial Verbal. Os três grupos apresentaram diferentes padrões de correlações entre as variáveis. CONCLUSÃO: O transtorno fonológico mostrou-se associado aos piores desempenhos em leitura, escrita e processamento fonológico. Os grupos apresentaram padrões diferentes de correlação entre as variáveis de leitura...

Estratégias metacognitivas de leitura e consolidação da memória de longo prazo

Fonseca, Gilda Maria Rodrigues
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
78.04392%
Esta pesquisa verificou as relações entre o processamento e a consolidação de informações de textos teórico-científicos por meio de estratégias metacognitivas envolvidas na leitura. Investigamos se acadêmicos, ao re-elaborarem as informações de um texto por meio destas estratégias, seriam auxiliados na compreensão do que leram e na consolidação da informação na memória de longo prazo. Analisamos, em primeiro momento, a proficiência em leitura do grupo de intervenção e controle, bem como a sua consciência metacognitiva de estratégia de leitura. Em seguida, os participantes receberam intervenções, envolvendo explícito treinamento em estratégias (grupo de intervenção) ou um conjunto similar de instruções, mas sem treinamento explícito (grupo de controle). Após a avaliação, o grupo de intervenção revelou ganhos significativamente superiores ao grupo de controle. Segundo este resultado, confirmamos a hipótese inicial de que as estratégias metacognitivas puderam promover o controle consciente do processo de aprendizagem, permitindo ao grupo de intervenção compreender e guardar mais informações do texto estudado. Esses resultados demonstram que é possível desenvolver atividades instrucionais que implementem estratégias mnemônicas significativas em sala de aula...

O papel dos esquemas para a compreensão de leitura em espanhol

Oliveira, Maria Laura de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
88.15084%
A presente pesquisa faz algumas observações sobre a leitura em espanhol como língua estrangeira na escola regular. Nesta investigação, consideramos a leitura como um processo cognitivo no qual o leitor constrói uma representação do significado a partir de seu conhecimento e das informações que se encontram no texto. De modo específico, pretendemos analisar o papel do esquema como forma de representação do conhecimento durante o processo de leitura. Analisamos também, a importância do conhecimento sobre os fatores culturais de uma língua para a construção do esquema na compreensão de leitura. Com o intuito de verificar as hipóteses propostas, foi desenvolvida uma pesquisa de natureza empírica com um grupo de controle e um grupo experimental. A pesquisa foi realizada com alunos da rede oficial de ensino que se encontram em um curso preparatório para vestibular, tendo o espanhol como opção para a língua estrangeira. Os instrumento para a coleta de dados se constituíram de um questionário informativo, da utilização de um pré-teste e da aplicação de um teste de compreensão de leitura em espanhol para ambos os grupos. Com a finalidade de obter o embasamento teórico, procuramos esclarecer algumas concepções das teorias da leitura...

A relação da memória de trabalho e da memória de longo prazo no processamento de itens referenciais na leitura de textos escritos

Rocha, Patrícia de Brito
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
78.191924%
Esta pesquisa teve como enfoque buscar a relação existente entre o processamento dos mecanismos de referenciação, memória de trabalho e memória de longo prazo na leitura de textos escritos. Assim, a investigação recaiu sobre os fatos de, em um primeiro momento, alunos concluintes do Ensino Fundamental serem ou não capazes de proceder ao processamento dos mecanismos de referenciação pessoal e demonstrativa quando da leitura de textos escritos; e, em um segundo momento, se esses mesmos alunos, quando expostos a re-ocorrência do texto, apresentavam um melhor desempenho, demonstrando aí a relação entre memória de trabalho e memória de longo prazo. Para isso, optou-se por uma pesquisa experimental de cunho intervencionista, isto é, os dados obtidos são frutos do processo de intervenção. Para obtenção dos dados, etapas distintas foram cumpridas, a saber: na primeira, buscou conjugar a proficiência em leitura dos alunos com o questionário informativo, visando a separá-los em dois grupos distintos: grupo de intervenção e grupo de controle; logo em seguida, os alunos do primeiro grupo passaram por um processo de intervenção no qual foram explicitadas as noções de referência e sua importância para a produção e compreensão do texto...

Roda de leitura e produção de aprendizagem inventiva: um estudo em escola municipal de Ribeirão Preto com alunos de 8ª série; Reading Circles and Inventive Learning Production: A Study in a Municipal School of Ribeirão Preto with 8th grade students

Ferreira, Antonio Sergio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
78.032334%
O ato da leitura apresenta uma de suas maiores complexidades na escola contemporânea: a interpretação. Interpretar o que foi lido não é apenas o simples ato de decodificar palavras e recodificá-las novamente para apreender um significado, está muito mais ligado à desconstrução e à reconstrução textuais bem como localizar pistas interpretativas deixadas pelo autor. O texto, portanto, assume um caráter amplo, propiciando uma abertura e multiplicidade de interpretações. Além disso, a interpretação pressupõe uma descoberta de si e do mundo, um mergulho na tessitura textual, uma produção de aprendizagem inventiva e o uso de Rodas de Leitura proporciona um momento de interação do grupo com os participantes e com o texto, um acoplamento do sentido despertado pelo texto e o universo do aluno. A proposta da Roda de Leitura não é apenas solucionar problemas, mas sim, criá-los a fim de provocar desterritorializações que propiciem a passagem para uma cognição inventiva. O presente trabalho objetivou, pois, investigar tal eficácia da prática de rodas de leitura com alunos do Ensino Fundamental e a produção de aprendizagem inventiva decorrente delas. A pesquisa aconteceu com alunos de oitava série de uma escola da rede municipal de Ribeirão Preto durante o período de sete meses em sessões semanais de setenta e cinco minutos. Nas sessões foram lidos e discutidos textos diversos a fim de se verificar a interação dos participantes com os mesmos e a produção de aprendizagem inventiva. A amostra foi composta por um grupo de 12 alunos de 13/14 anos de idade de oitava série do Ensino Fundamental. Para verificar a eficácia das oficinas em relação ao aprendizado da leitura e interpretação de textos foram aplicados questionários antes e depois do período das oficinas. Uma entrevista individual com cada participante também aconteceu nesses dois momentos a fim de estabelecer parâmetros de avaliação da eficácia dos encontros e colher informações sobre a vivência dos participantes quanto à leitura...

PRÁTICAS SOCIAIS DE LEITURA EM UMA SALA DE AULA DE JOVENS E ADULTOS: CONTRASTES EM FOCO

Dias,Maíra Tomayno de Melo; Gomes,Maria de Fátima Cardoso
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2015 Português
Relevância na Pesquisa
87.56935%
Este artigo visa analisar contrastivamente práticas de leitura construídas por alunos e professoras em uma sala de aula de Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Belo Horizonte. Para isso, analisamos as interações discursivas em que essas práticas foram construídas, destacando o que contou como leitura naquela sala de aula e os sentidos e os significados produzidos nos eventos de letramento. Essa investigação possibilitou conhecer o que e como leem, para quem leem, quando e onde leem e as semelhanças e diferenças encontradas nas práticas de leitura vivenciadas por estudantes e professoras daquele grupo. Nosso estudo mostrou que diferentes concepções de letramento resultam em práticas sociais de leitura variadas e em oportunidades de aprendizagem diversas. Pretendemos contribuir para que o processo de ensino-aprendizagem da leitura se torne mais significativo, pautado pelo reconhecimento das características próprias e das necessidades dos estudantes de EJA, que se formam em contextos de aprendizagem compartilhados.

Projeto Concelhio de Leitura: Ler+adoç@ a vida

Chaves, Maria Margarida Aleixo; Escola Secundária Fernão Mendes Pinto - Rede de Bibliotecas Escolares; Cidades, Olga; Biblioteca de Palmela
Fonte: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas Publicador: Actas do Congresso Nacional de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; article Formato: application/pdf
Publicado em 16/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
87.13977%
A Câmara Municipal de Palmela promoveu o ano de 2015: ANO da FOGAÇA de Palmela e desafiou as escolas a trabalharem o tema.Em resposta, o Grupo de trabalho das Bibliotecas Escolares de Palmela, composto pelos professores bibliotecários e pelo Serviço SABE da Biblioteca Municipal, estruturou um projeto que integrasse o Tema nas aprendizagens curriculares feitas nas bibliotecas.Respeitando as prioridades dos diferentes projetos educativos das escolas e agrupamentos do concelho, que apontam recorrentemente para a necessidade de trabalhar a competência leitora, elaborou-se um projeto que trabalhasse o tema numa perspetiva transversal ao currículo. Formar comunidades leitoras é nuclear para se ter cidadãos responsáveis e proativos.            Este tipo de trabalho é importante para reforçar o trabalho colaborativo entre parceiros da comunidade educativa. Assim, sensibilizam-se todos para a solução conjunta de problemas de aprendizagem. Potencia-se a participação e envolvimento das famílias e da comunidade local, nas atividades desenvolvidas pelas bibliotecas e pelas instituições culturais.Neste contexto, as bibliotecas, elo de ligação, desempenham um papel nuclear, porque oferecem uma proposta de percurso pedagógico e educativo que percorre vários públicos leitores...

Aquisição de leitura sob o paradigma da equivalência de estímulos e o comportamento precorrente auxiliar : efeitos do treino de habilidades fonológicas

Carvalho, Gustavo Paiva de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
88.224%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2009.; Respostas precorrentes auxiliares apresentam tendência à diminuição de sua duração com o acúmulo de treino. No Estudo 1, o comportamento precorrente auxiliar e suas medidas adjacentes (tempos de resposta, tempo de latência e número de erros) foram investigados em uma situação de ensino de leitura. Doze crianças que não sabiam ler, metade no primeiro ano de alfabetização e metade com histórico de fracasso escolar, divididas em dois grupos, receberam treinos de discriminações condicionais entre palavra falada (A) e palavra impressa (C), entre figura (B) e palavra impressa e vice-versa (Treinos AC, BC e CB, respectivamente), além de realizarem treino de composição de palavras (F) com figuras ou palavras impressas como modelo (Treino CF/BF). Tais treinos foram realizados através do software MemoLab_LEITURA 2.0. Além do ensino de leitura, cada grupo recebeu, na primeira etapa do Estudo 1, um tipo de treino específico de habilidades fonológicas (Grupo HF) ou de relações grafofonêmicas (Grupo RG). O comportamento textual (D) dos participantes diante de palavras impressas treinadas (C) e não-treinadas (C') foi averiguado (Teste CD/C'D). Observou-se a emergência de leitura recombinativa em quatro dos seis participantes do Grupo HF e em dois dos participantes do Grupo RG. Além disso...

Leitura e repertório recombinativo : efeito da tarefa de resposta construída com atraso e da possibilidade de consulta e dicas

Lacerda, Flávia de Azevedo
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
78.04898%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Processos Psicológicos Básicos, Programa de Pós-Graduação em Análise de Comportamento, 2013.; O presente estudo teve por objetivo avaliar o efeito do treino de resposta construída com modelo atrasado, com possibilidade de consulta a dicas, no desenvolvimento de leitura com compreensão e leitura recombinativa. Doze crianças pré-escolares, com idades entre 5 e 7 anos foram organizadas em dois grupos experimentais e um Grupo Controle. Os grupos experimentais foram expostos a seis ciclos, sendo que a cada ciclo eram realizados: treinos de pareamento de palavra ditada-figura e nomeação de figura (AB/BD) e de palavra ditada-palavra impressa e nomeação de palavras (AC/CD); e testes, com palavras de treino e de recombinação, de equivalência entre palavra impressa e figura (BC/CB e B'C'/C'B'), e testes de recombinação de pareamento palavra ditada-palavra impressa (A'C') e de nomeação (C'D). Para o Grupo I, foi inserido no Treino AC/CD a tarefa de resposta construída com modelo atrasado (CE), uma tela de acesso à dica e o teste de ditado com resposta construída (A'E), e para o Grupo II houve a omissão desse treino adicional. O Grupo Controle foi exposto apenas aos Treinos AB/BD e aos testes. Os resultados demonstraram emergência de leitura receptiva...

Avaliação da competência de leitura silenciosa para palavras escritas, em escolares com e sem Transtorno de Déficit de Atenção/Hiperatividade - TDA/H

Lobo, Priscila d'Albergaria de Souza
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Tese
Português
Relevância na Pesquisa
87.83627%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.; Avaliou-se a competência de leitura silenciosa de palavras isoladas, segundo critérios pré-estabelecidos, em um grupo de 60 crianças, sendo que 20 delas eram portadoras de Transtornos de Déficit de Atenção/Hiperatividade (TDA/H) e 40 não eram, selecionadas entre 295 estudantes alfabetizados de escolas do ensino fundamental da cidade de Brasília - DF, com idades que variavam de 07 a 14 anos. O propósito deste trabalho era determinar se existiriam diferenças qualitativas e/ou quantitativas na leitura dos participantes e identificar quais aspectos justificariam e/ou explicariam as diferenças evidenciadas, caracterizando as alterações da leitura silenciosa de palavras isoladas, que pudessem ser específicas das crianças portadoras de TDA/H. Esta pesquisa seguiu um desenho exploratório-descritivo, com uma abordagem quanti-quali, comparando as respostas apresentadas em um teste aplicado em grupo, nas salas de aula. Informações sobre as crianças foram coletadas em questionários respondidos por seus pais e professores. Os resultados obtidos indicaram que os participantes com TDA/H apresentaram um desempenho para a leitura silenciosa de palavras...

Dorit Rabinyan: Comentários e Reflexões - Encontros de Literatura Hebraica (Grupo de Leitura)

Langer, Eliana; Forner, Naamá Silverman; Krengel, Sara
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 21/12/2015 Português
Relevância na Pesquisa
107.81037%
Iniciamos este artigo com comentários gerais sobre a atividade de grupos de leitura e sua possível contribuição para a análise e pesquisa literárias. Em seguida, trazemos reflexões de um grupo de leitura que se encontra mensalmente para falar em hebraico sobre obras da literatura hebraica. Dois encontros foram dedicados aos romances O beco das amendoeiras em Omaridjan (1995) e Nossos Casamentos (1999), cuja autora é Dorit Rabinyan. As ideias, abordagens e análises do grupo foram reunidas, editadas e formuladas no texto abaixo. Para finalizar, acrescentamos alguns comentários acerca do último romance da autora, Cerca viva, publicado recentemente (2014).

Grupo de leitura e produção de textos: uma intervenção da terapia ocupacional; Reading and text production group: an occupational therapy intervention

Nascimento, Valéria Pacheco do; Lino, Marina Esselin de Sousa; Campos, Gisele Viana; Andrade, Ellen; Mancini, Marisa Cotta; Tirado, Marcella Guimarães Assis
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
97.77083%
O Grupo de Leitura e Produção de Textos foi realizado com idosos que vivem em uma instituição de longa permanência. Os objetivos do grupo foram estimular as funções cognitivas, a criatividade e a iniciativa e promover a interação entre os idosos. Após 21 sessões foi possível observar que a atividade possibilitou a ampliação da rede de contato social dos participantes, aumentou a iniciativa e favoreceu a obtenção de satisfação pessoal. Os idosos apresentaram também ganhos qualitativos de funções cognitivas como a atenção e a memória explícita. Portanto, o grupo apresentou resultados terapêuticos positivos, ilustrando um processo sistematizado de prática terapêutica ocupacional com idosos que vivem em instituições de longa permanência.; Group activity focusing on reading and text production was conducted with elderly living in a long stay institution. The group objectives were to stimulate cognitive functions, creativity and initiative, besides promoting the interaction among the elderly. After 21 sessions, it was possible to observe that the activities allowed a broadening of the participants' social interaction network, improved the initiative and favored the attainment of personal satisfaction. The elderly also showed qualitative gains in cognitive functions such as attention and explicit memory. In conclusion...

Relato de experiência do Grupo de Estudos Michel Foucault

Prado Filho, Kleber; Universidade Federal de Santa Catarina; Martins, Simone; Universidade Federal de Santa Catarina; Soler, Rodrigo Diaz de Vivar y; Universidade Federal de Santa Catarina
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
87.33898%
http://dx.doi.org/10.5007/2178-4582.2011v45n2p331O artigo relata as experiências do Grupo de Estudos Michel Foucault entre os anos de 2005 e 2009, em termos do desenvolvimento de programas de leitura e discussão de textos. O Grupo é uma atividade de extensão do Departamento de Psicologia da UFSC, sob coordenação de um professor da referida unidade. Seus objetivos mais gerais ligam-se à divulgação do pensamento foucaultiano, servindo de suporte a atividades de pesquisas acadêmicas de mestrado e doutorado, buscando não apenas a aplicação, como o desenvolvimento e atualização das problematizações do autor. Ao longo do período relatado foram desenvolvidos oito programas de estudos, organizados por temáticas levantadas pelo Grupo, além da conclusão e defesa de dez dissertações de mestrado e três teses de doutorado. Nesse intervalo, integrantes do Grupo produziram em parceria diversos artigos e capítulos de livros, além de palestras, mesas redondas e apresentações de trabalhos em congressos.