Página 1 dos resultados de 15 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Avaliação da influência da expansão da cana-de-açúcar no regime hidrossedimentológico na microbacia do córrego Cana do Reino, Votuporanga – SP; Evaluation the expansion influence of the sugarcane on hydrosedimentological regime in the watershed stream Cana do Reino, Votuporanga – SP

Villela, João Marcos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
A expansão do cultivo de cana-de-açúcar motivada pelo aumento na demanda por etanol após lançamento da tecnologia fex fuel, resultou em grandes transformações na paisagem. O estado de São Paulo absorveu boa parte das áreas de expansão, que se instalaram em novas regiões do estado. A expansão ocorrida gera reflexões sobre os impactos ambientais negativos associados à cultura canavieira, sobretudo quanto às alterações no regime hidrossedimentológico das bacias hidrográficas. Neste contexto o presente estudo buscou avaliar a influência da expansão do cultivo da cana de açúcar sobre os aspectos hidrossedimentológicos (taxa de escorrimento superficial e produção de sedimento) em uma região onde houve um aumento significativo desta cultura. O local de estudo é a microbacia do córrego Cana do Reino, localizada no município de Votuporanga – SP. A avaliação se deu por meio de um comparativo entre as taxas de escorrimento e da produção de sedimentos para os cenários antes do período de expansão do cultivo desta cultura (2005) e após a expansão (2014), utilizando o Modelo SWAT. As simulações das vazões médias mensais apresentaram resultados satisfatórios após a calibração. Nesta etapa obtiveram-se valores para os coeficientes de eficiência de Nash-Sutcliffe (NSE)...

Geração de sulcos em meio coesivo e caracterização hidrossedimentométrica de sua evolução; A Hydrosedimentometric description of rill formation in a cohesive soil

Barcelos, Amauri Antunes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Na pesquisa em erosão, nas últimas décadas, está se formando um consenso de que é importante entender os processos básicos que regem o fenômeno. Uma alternativas para tentar compreender melhor as etapas do processo erosivo é separá-lo na fase de sulco (fluxo concentrado) e de entressulco. Dentro desse enfoque foi construído no Laboratório de Processos Erosivos e Deposicionais (LaPED) do IPH/UFRGS um canal de declividade para estudar o processo de incisão e o desenvolvimento dos sulcos de erosão. A estrutura experimental projetada e construída permite que seja controlada a vazão através de um medidor eletromagnético e que seja alterada a declividade do canal através de um sistema hidráulico associado a um nível digital. O solo colocado no canal foi um Latossolo Vermelho distrófico típico, as declividades de trabalho foram 3,0; 6,0 e 9,0% e a seqüência de vazões aplicadas foi 10,0; 18,5; 25,5; 38,5 e 51,0L.min-1. A estrutura experimental montada se mostrou de fácil operação e eficiente para permitir o avanço no entendimento dos processos de desagregação e de transporte de partículas sólidas pela ação do escoamento superficial, além de possibilitar a geração de sulco(s) de erosão na superfície do solo. O escoamento passou da condição de difuso para concentrado a partir do momento em que a velocidade superficial do fluxo alcançou 0...

Utilização de técnicas hidrossedimentométricas combinadas com a identificação de fontes de sedimentos para avaliar o efeito do uso e do manejo do solo nos recursos hídricos de uma bacia hidrográfica rural no Rio Grande do Sul; Combined use of hydrosedimentometric techniques andsediment source identification to evaluateeffect of land use and management on water resources of a watershed on Rio grande do sul state

Minella, Jean Paolo Gomes
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Programas de conservação do solo e da água que utilizam a bacia hidrográfica como unidade de planejamento têm sido amplamente empregados nos estados do sul do Brasil, com bons resultados. Um componente importante de seguimento desses programas se refere à implantação de projetos de monitoramento hidrossedimentométrico e de qualidade de água para avaliar o impacto nos recursos hídricos das práticas introduzidas. De uma maneira geral, os resultados obtidos pelos projetos de monitoramento têm sido pouco conclusivos. Isso devese, principalmente, a limitações dos procedimentos experimentais adotados. Este estudo propõe uma metodologia de avaliação que combina técnicas tradicionais de monitoramento com técnicas de identificação de fontes de sedimentos. O trabalho foi realizado numa pequena bacia rural (1,19 km2) localizada no sul do Brasil, a qual foi monitorada antes e depois da implementação de práticas conservacionistas através do Programa de Combate à Pobreza Rural (RS-RURAL). Foram utilizados, neste trabalho, cinqüenta eventos de precipitação que ocorreram entre maio de 2002 e março 2006. As práticas conservacionistas implantadas pelo programa, como a adubação verde de inverno e o cultivo mínimo do fumo...

Geomorfologia e hidrossedimentologia da planície do Rio Paraguai, da Lagoa Vermelha à confluência do Rio Miranda, Pantanal Mato-Grossense

Macedo, Hudson de Azevedo
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f. : il., fots., gráfs., mapas
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Pós-graduação em Geociências e Meio Ambiente - IGCE; A planície do rio Paraguai ao norte da cidade de Corumbá-MS é um sistema deposicional que vem sendo construído pelo rio Paraguai desde tempos pleistocênicos. Com base em dados de sensores remotos e verificação de campo, mapeamento geomorfológico foi realizado na planície do rio Paraguai, da lagoa Vermelha à confluência do rio Miranda. Feições fluviais deposicionais foram reconhecidas na área estudada, que é composta por cinturões de meandros e rede de paleocanais na planície de inundação. Paleocinturões de meandros foram reconhecidos na planície do rio Paraguai e apresentam padrão anabranching, tendo sido reconhecidos e mapeados três paleocinturões. Os paleocinturões exibem paleoformas deposicionais que indicam condições hidrossedimentares diferentes das atuais. O cinturão de meandros atual do rio Paraguai foi subdivido em cinco trechos de acordo com a direção e a largura, e também com sinuosidade do canal que diminui de norte para sul. Com base no mapeamento e interpretação das associações de formas deposicionais reconhecidas na área, foi proposto esquema evolutivo da geomorfologia da planície. Rede de drenagem abandonada, parcialmente preservada na planície de inundação e composta por formas elevadas de canal-diques evidenciam período mais seco...

Comparação de modelos matemáticos para o traçado de curvas granulométricas

Silva,Euzebio Medrado da; Lima,Jorge Enoch Furquim Werneck; Rodrigues,Lineu Neiva; Azevedo,Juscelino Antônio de
Fonte: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira Publicador: Embrapa Informação Tecnológica; Pesquisa Agropecuária Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
A distribuição granulométrica de partículas sólidas é essencial para as áreas de material de construção, mecânica dos solos, física dos solos, hidrossedimentologia, entre outras. As técnicas utilizadas na avaliação da distribuição granulométrica de amostras resultam em valores pontuais, dependendo de posterior interpolação para o traçado da curva granulométrica e a obtenção de diâmetros característicos específicos. A transformação de valores pontuais em funções contínuas pode ser realizada por meio de modelos matemáticos. Entretanto, há poucos estudos com a finalidade de determinar o melhor modelo para o ajuste de curvas granulométricas. O objetivo deste trabalho foi testar e comparar 14 diferentes modelos passíveis de utilização no traçado da curva granulométrica de partículas sólidas com base em quatro pontos medidos. O parâmetro de comparação entre os modelos foi a soma de quadrado dos erros entre os valores medidos e calculados. Os modelos mais recomendados no traçado da curva granulométrica, a partir de quatro pontos, são os de Skaggs et al. 3P, Lima & Silva 3P, Weibull 3P e Morgan et al. 3P, todos com três parâmetros de ajuste.

Análise qualitativa e quantitativa da histerese entre vazão e concentração de sedimentos durante eventos hidrológicos

Minella,Jean P. G.; Merten,Gustavo H.; Magnago,Priscila F.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
A relação entre a vazão - Q e a concentração de sedimentos em suspensão - CSS, apresenta padrões temporais complexos durante eventos de chuva governados pela geomorfologia, uso e manejo do solo e precipitação. Este fato tem implicações relevantes no entendimento e na descrição dos processos erosivos e de produção de sedimentos em bacias, padrões que podem ser avaliados pelas características da histerese entre a CSS e a Q. Neste estudo foi analisado o efeito histerese de 19 eventos de chuva-vazão em uma bacia agrícola, no sul do Brasil; os eventos foram separados em duas fases distintas em relação ao manejo do solo, com e sem a utilização de práticas de conservação de solos. O conjunto de eventos foi classificado segundo o tipo de histerese e calculado o valor de um índice de histerese (IH) para avaliar a magnitude desta defasagem. Os resultados mostram que o padrão de histerese foi de laço no sentido horário para os dois momentos, representando uma rápida mobilização e transferência de sedimentos na bacia. Em relação ao IH verificou-se que, apesar de não diferir estatisticamente entre os dois momentos, existem evidências de que as práticas de conservação de solos influenciaram sua variabilidade.

Análise da dinâmica hidrossedimentológica em uma bacia hidrográfica no sul do Brasil

Vestena,Leandro Redin
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
O presente trabalho tem por objetivo analisar a dinâmica hidrossedimentológica em uma bacia hidrográfica no sul do Brasil, por meio da descarga líquida (Q) e da concentração de sedimento em suspensão (C SS), monitorados automaticamente por sensores. A Q e a C SS foram comparadas em 25 eventos pluviométricos, na bacia hidrográfica do Caeté, Alfredo Wagner/SC, entre setembro de 2006 e março de 2008, por meio das análises de regressão, correlação e do comportamento das variáveis ao longo do tempo (histerese). A C SS máxima não apresentou bons índices de correlação com a pluviosidade total e com a descarga líquida máxima, mas sim com a pluviosidade máxima (intensidade). Os índices de correlação entre vazão e C SS apresentaram coeficiente de Pearson (R) superior a 0,70 em 56% dos eventos. Contudo, verificou-se que, na ascensão do hidrograma, os índices de correlação são baixos, enquanto na recessão altos. A relação entre descarga líquida e concentração de sedimento em suspensão apresentou comportamento do tipo figura oito, com pico de concentração de sedimento em suspensão que antecede o da vazão, com a presença de mais de um pico por evento, representada por uma curva no sentido horário, seguida por outra curva no sentido anti-horário. Por fim...

Comparação de modelos matemáticos para o traçado de curvas granulométricas.

SILVA, E.M. da; LIMA, J.E.F.W.; RODRIGUES, L.L.; AZEVEDO, J.A. de
Fonte: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 39, n. 4, p. 363-370, abr. 2004. Publicador: Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, DF, v. 39, n. 4, p. 363-370, abr. 2004.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
A distribuição granulométrica de partículas sólidas é essencial para as áreas de material de construção, mecânica dos solos, física dos solos, hidrossedimentologia, entre outras. As técnicas utilizadas na avaliação da distribuição granulométrica de amostras resultam em valores pontuais, dependendo de posterior interpolação para o traçado da curva granulométrica e a obtenção de diâmetros característicos específicos. A transformação de valores pontuais em funções contínuas pode ser realizada por meio de modelos matemáticos. Entretanto, há poucos estudos com a finalidade de determinar o melhor modelo para o ajuste de curvas granulométricas. O objetivo deste trabalho foi testar e comparar 14 diferentes modelos passíveis de utilização no traçado da curva granulométrica de partículas sólidas com base em quatro pontos medidos. O parâmetro de comparação entre os modelos foi a soma de quadrado dos erros entre os valores medidos e calculados. Os modelos mais recomendados no traçado da curva granulométrica, a partir de quatro pontos, são os de Skaggs et al. 3P, Lima & Silva 3P, Weibull 3P e Morgan et al. 3P, todos com três parâmetros de ajuste.; 2004

Estudo hidrossedimentológico na Bacia do Alto Paraguai, Pantanal

Barbedo, Armando Garcia Arnal
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
17.593256%
O comportamento hidrossedimentológico da Bacia do Alto Paraguai - BAP tem um grande impacto na dinâmica ambiental e na convivência entre a população da região e nos sistemas aquáticos naturais. Determinou-se, neste trabalho, as descargas líquidas e sólidas em pontos estratégicos dos rios da BAP, levantando dados históricos de hidrossedimentologia, para avaliação da evolução da produção de sedimentos ao longo das últimas décadas. Diversos equipamentos de hidrossedimentologia, tais como amostradores de sedimentos em suspensão e do leito e molinetes fluviométricos, foram utilizados, determinando-se, com erros aceitáveis, a quantidade de sedimentos transportada pelos rios da BAP, bem como a evolução histórica, dando suporte à definição de medidas mitigadoras aos problemas que ocorrem na região relacionadas ao assunto. A maioria dos valores observados nas campanhas de medição realizadas neste trabalho, encontra-se na ordem de grandeza dos obtidos por outros estudos. As taxas de transporte de sedimentos vêm aumentando com o tempo e a maior parte deste volume fica depositada no Pantanal (aproximadamente 58%). Registrou-se, também, o aumento da descarga líquida nos últimos anos, em decorrência da variabilidade climática ocorrida. A rede hidrossedimentométrica da Bacia do Alto Paraguai é deficiente...

Desenvolvimento do índice de perturbação hidrossedimentológica: aplicação nas bacias hidrográficas dos rios Paraopeba e Sapucaí, MG

Fonte: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DEG - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS; DEG - Programa de Pós-graduação; UFLA; BRASIL
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos em Sistemas Agrícolas, para a obtenção do título de Doutor.; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

Estudo da concentração de sedimentos em suspensão no reservatório de Mogi-Guaçu (SP); Study of suspended sediment concentration in Mogi-Guaçu (SP) reservoir

Santos, Bruno Bernardo dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/07/2015 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Os processos hidrossedimentológicos são complexos e dependem de diversos fatores. Entendê-los requer alto grau de especialização de mão de obra, além da utilização de equipamentos e técnicas ainda incipientes no país. O monitoramento hidrossedimentológico com dados confiáveis de concentração de sedimentos em suspensão pode ser problemático quando são empregados métodos convencionais, pois geralmente os mesmos apresentam medições com quantidade de postos e frequências inferiores aos desejáveis, limitando estudos e a gestão de recursos hídricos quando se trata de reservatórios. Nesse contexto, esta dissertação apresenta um estudo realizado no reservatório da Pequena Central Hidrelétrica Mogi-Guaçu (SP) na qual realizou-se a correlação dos dados de concentração de sedimentos em suspensão mensuradas com dispositivo automático (LISST-100X) e por amostragem convencional (Garrafa Van Dorn). Por meio de regressões lineares e testes estatísticos avaliou-se a eficiência da técnica de difração à laser, e se estimaram as concentrações de sedimentos em suspensão para as duas campanhas realizadas. Analisando os resultados obtidos, confirmou-se estatisticamente que dentre todos os cenários de regressões lineares adotados...

Seleção de modelos para o traçado de curvas granulométricas de sedimentos em suspensão em rios

Lima,Jorge E. F. W.; Silva,Euzebio M. da
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
O conhecimento da distribuição granulométrica dos sedimentos em suspensão em cursos d'água é fundamental para a realização de estudos hidrossedimentológicos. As técnicas geralmente utilizadas para a avaliação da distribuição granulométrica de amostras de sedimentos resultam em valores pontuais, dependendo de posterior interpolação para o traçado da curva granulométrica e para a obtenção de diâmetros característicos específicos. A transformação de valores pontuais em funções contínuas pode ser realizada por meio de modelos matemáticos; entretanto, são poucos os estudos desenvolvidos com a finalidade de determinar o melhor modelo para o ajuste de curvas granulométricas. Neste trabalho, objetivou-se a seleção de modelos para o traçado de curvas granulométricas de sedimentos em suspensão em rios; utilizando-se 30 amostras contendo de 8 a 10 pontos medidos, testaram-se 14 diferentes modelos. A comparação entre os modelos foi baseada na diferença da soma do quadrado dos erros entre os valores observados e os ajustados, cujos resultados indicaram que os modelos Haverkamp & Parlange (1986) e Skaggs et al. (2001), ambos com 3 parâmetros de ajuste, são os melhores para o traçado das curvas granulométricas de amostras de sedimentos em suspensão em rios.

Estudo dos processos de hidrossedimentologia do córrego cabeça de veado, tributário do lago Paranoá, Brasília - DF

Aguiar, Marcelo Ribeiro Ferreira
Fonte: Universidade Católica de Brasília Publicador: Universidade Católica de Brasília
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: Texto
Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Devido ao grande crescimento populacional, o uso e ocupação desordenada do solo, vários problemas ambientais começam a ser detectados, como o assoreamento. Este estudo busca quantificar a produção de sedimentos no Córrego Cabeça de Veado. Com a determinação da descarga sólida e juntamente com dados de precipitação, a comparação com o estudo na bacia do Córrego Riacho Fundo, foi verificado um alto índice de antropização, com o objetivo de identificar possíveis alterações no ciclo hidrossedimentológico. Com este estudo conclui-se que a causa da produção de sedimentos é devido à erosão hídrica, pois, a relação de produção de sedimento do Córrego Riacho Fundo foi de cento e sessenta vezes maior que a do Córrego Cabeça de Veado, e observou-se que nos maiores anos de cheia houve os maiores índices de produção de sedimentos, sendo que é diretamente proporcional, pois o Córrego Cabeça de Veado situa-se dentro de uma Área de Preservação Ambiental e dentro da Estação Ecológica Jardim Botânico.; Engenharia Ambiental

TOLERÂNCIA DE PERDAS DE SOLO NA BACIA DO RIO ITIQUIRA, MATO GROSSO, BRASIL

Oka-Fiori, Chisato; Fiori, Alberto Pio; Hasui, Yociteru
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 07/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
Com a finalidade de avaliar a dinâmica ambiental no ecossistema da bacia de Itiquira e identificar área com problemas especiais, notadamente no que diz respeito à inadequada utilização do solo, realizou-se a análise da erosão laminar na bacia do rio Itiquira, na porção que se estende dos afluentes da sua cabeceira, no leste da chapada Correntes / Itiquira, até a escarpa da serra de São Jerônimo, num total de 5.361 km2. A erosão laminar foi avaliada pelo emprego da Equação Universal de Perdas de Solo (EUPS) para os anos de 1966, 1985 e 1996. Como conseqüência do rápido processo de ocupação antrópica, acelerou-se o processo de erosão do solo. Em 1966 havia uma perda média de 0,37 t/ha.ano, valor que passa a 3,28 t/ha.ano em 1985 e para 3,10 t/ha.ano em 1996. No período de 1985 a 1996 houve pequena desaceleração do processo erosivo em correspondência a um aumento nas áreas de pastagem. Escassos dados de hidrossedimentologia mostram a produção de sedimentos do rio Itiquira entre 1,39 a 2,04 t/ha.ano para o ano de 1988, em boa concordância com os resultados da EUPS. Visando identificar as áreas de risco potencial de erosão foi elaborado o mapa de limite de tolerância às perdas de solo. Em 1966, áreas com perdas de solo acima do tolerável ocupavam 0...

AVALIAÇÃO ESPACIAL E TEMPORAL DE PERDAS DE SOLO USANDO O SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS (SIG)

Silva, Richarde Marques; Santos, Celso A. G.; Silva, Leonardo Pereira e; Silva, Jorge Flávio C. B. da Costa
Fonte: OKARA: Geografia em debate Publicador: OKARA: Geografia em debate
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 23/11/2007 Português
Relevância na Pesquisa
16.886003%
A Bacia Experimental do Rio Guaraíra está localizada nos municípios de Alhandra e Pedras de Fogo, entre as coordenadas 9.190.000 mN, 9.195.000 mN, 274.000 mE e 277.000 mE, numa área de 5,74 km². Esse trabalho estuda as modificações da ocupação do solo nesta bacia e sua influência na espacialização das perdas de solo, e tem por objetivo também comparar as perdas de solo na bacia nos anos de 1974 e 2006, usando a Equação Universal de Perda de Solo Revisada (RUSLE) e o Sistema de Informações Geográficas (SIG). Os fatores da RUSLE foram determinados a partir do levantamento de dados pluviométricos da bacia, mapas dos tipos de solos, mapas topográficos, mapas do uso e ocupação do solo, e imagens de satélite. Os resultados mostram que as perdas de solo são consideradas média nos meses de maio a junho com valores entre 1 e 2 t/ha/mês, e que o período entre outubro a dezembro apresenta perdas de solo muito baixa, menos de 1 t/ha/mês.