Página 1 dos resultados de 2 itens digitais encontrados em 0.027 segundos

Ich kann mein Name mit letra junta und letra solta Schreiben : bilinguismo e letramento em uma escola rural localizada em zona de imigração alemã no Sul do Brasil; Ich kann mein Name mit letra junta und letra solta Schreiben : bilingualism and literacy in a rural primary school located in a German immigration region in the South of Brazil

Maristela Pereira Fritzen
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
60.07366%
O presente estudo descreve o cenário sociolingüístico de uma escola rural multisseriada localizada em zona de imigração alemã, no Sul do Brasil, e analisa as práticas sociais de leitura e de escrita construídas em sala de aula. Em consonância com a metodologia da pesquisa etnográfica e interpretativista, os registros foram gerados por meio de observação participante continuada durante um semestre na escola alvo da pesquisa, anotações de campo reelaboradas em diários, conversas informais, entrevistas, gravações de áudio e vídeo de aulas típicas, coleta de documentos, bem como participação em diversos eventos promovidos pela escola ou por outras instituições sociais da comunidade. A análise proposta neste estudo ampara-se teoricamente (i) no bilingüismo como fenômeno social e no campo da educação bilíngüe para minorias, ao focalizar o cenário sociolingüisticamente complexo; (ii) na Sociolingüística Interacional e na Etnografia Educacional, ao abordar a relação de contato/conflito entre as línguas no contexto pesquisado e na sala de aula; (iii) nos Estudos Culturais e na Sociologia, ao discutir questões de língua e identidade; (iv) nos Novos Estudos do Letramento, ao tratar dos eventos de letramento que têm lugar na escola...

Educação do corpo e vida associativa : as sociedades ginásticas alemãs em São Paulo (fins do século XIX, primeiras décadas do século XX); Body education and associative life : the german gymnastics societies in São Paulo (end of the 19th century, first decades of the 20th century)

Evelise Amgarten Quitzau
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
49.658335%
A ginástica que se desenvolve ao longo do século XIX na Alemanha pode ser considerada como uma das formas de educação do corpo de sua população. Esta prática, presente nas diferentes expressões da vida associativa de instituições constituídas por indivíduos livres e fortemente enraizada em sua cultura, contribuiu para configurar uma das primeiras sistematizações que originaram a Educação Física moderna. Carregada de ideais políticos, patrióticos e sociais, foi utilizada para educar o corpo da população alemã, preservando forças físicas com a finalidade de manter a saúde, assim como a disciplina necessária ao trabalho diário e a defesa da pátria. Com as ondas migratórias ocorridas a partir de meados do século XIX, a ginástica acompanha seus imigrantes, faz parte daquilo que desejam preservar quando chegam e se estabelecem no Brasil, particularmente nas regiões sul e sudeste. Na cidade de São Paulo, entre as inúmeras associações fundadas pelos imigrantes alemães ao longo do século XIX, encontramos várias sociedades voltadas para as práticas corporais, dentre as quais podemos destacar a Deutscher Turnverein (1888) e a Turnerschaft von 1890 in São Paulo (1890), ambas fundadas para a prática do Turnen. Este estudo buscou compreender e analisar a prática da ginástica como forma específica de educação do corpo e como elemento cultural a ser preservado nestas associações - especialmente no Turnerschaft von 1890 in São Paulo - no período que compreende desde a segunda metade do século XIX até a Segunda Grande Guerra; During the 19th century occurred in Germany the development of gymnastics...