Página 1 dos resultados de 97 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Gestão de riscos associados a cultivos agroenergéticos por meio da modelagem espaço-temporal de parâmetros agrometeorológicos e do monitoramento da vegetação com imagens de sensoriamento remoto - Estudo de caso em lavouras de milho safrinha

Meira, Maurício Braga
Fonte: Fundação Getúlio Vargas Publicador: Fundação Getúlio Vargas
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
37.832517%
A agricultura é a atividade econômica mais dependente das condições climáticas. Os eventos climáticos afetam não só os processos metabólicos das plantas, diretamente relacionados à produção vegetal, como também as mais diversas atividades no campo. De acordo com Petr (1990) e Fageria (1992), citados por Hoogenboom (2000), ao redor de 80% da variabilidade da produção agrícola no mundo se deve à variabilidade das condições climáticas durante o ciclo de cultivo, especialmente para as culturas de sequeiro, já que os agricultores não podem exercer nenhum controle sobre esses fenômenos naturais. Além de influenciar o crescimento, o desenvolvimento e a produtividade das culturas, o clima afeta também a relação das plantas com microorganismos, insetos, fungos e bactérias, favore-cendo ou não a ocorrência de pragas e doenças, o que demanda as medidas de controle ade-quadas. Muitas das práticas agrícolas de campo, como o preparo do solo, a semeadura, a adu-bação, a irrigação, as pulverizações, a colheita, entre outras, também dependem de condições de tempo e de umidade no solo específicas para que possam ser realizadas de forma eficiente (PEREIRA et al., 2002). Dada a grande importância do clima para a produção agrícola...

Utilização de modelo agrometeorologico na estimativa de produtividade da cultura da soja, nos estados de GO, MT, PR, RS e SP; Agrometeorological model for soybean productivity estimation in GO, MT, PR, RS and SP states, Brazil

Gustavo Coral
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.743127%
A agricultura é a atividade econômica mais afetada pelo clima. Os fenômenos meteorológicos como a temperatura, precipitação, umidade relativa, velocidade do vento, influenciam tanto na produtividade e qualidade dos produtos agrícolas, quanto nos custos de produção. Uma das ferramentas mais utilizadas para quantificar os efeitos causados pelos fenômenos meteorológicos na produtividade agrícola são os modelos agrometeorológicos. No presente trabalho foi utilizado um modelo agrometeorológico multiplicativo, que se baseia na penalização da produtividade agrícola, em decorrência de fenômenos meteorológicos desfavoráveis ao desenvolvimento da cultura, para a estimativa de safra da soja. O estudo abrangeu um total de 66 municípios nos estados de Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo. Foram relacionados os municípios que possuíam área plantada de soja superior à 2000 ha, com os municípios que possuíam estações pluviométricas operando entre os anos de 1994à 2000. Utilizou-se mapas pedológicos para diferenciação dos tipos de solos predominantes em cada município, com a finalidade de se obterem informações sobre a capacidade de água disponível no solo (CAD), bem como a média histórica da evapotranspiração potencial (ETP) para o cálculo do balanço hídrico decendial e da evapotranpiração real (ETR). As épocas de semeadura selecionadas foram baseadas no Zoneamento Agroclimático da cultura da soja...

Integração de dados espectrais e indicadores meteorologicos por meio de redes neurais para a estimativa de produtividade de cana-de-açucar; Integration of spectral and meteorologgical data through neural networks for surgarcane yield estimate

Liane de Souza Weber
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.568604%
O presente trabalho descreve um estudo sobre estimativa de safras cujo principal objetivo foi criar uma metodologia de integração de dados de produção, dados espectrais e indicadores meteorológicos por meio de redes neurais artificiais, estabelecendo correlações entre índices de vegetação e de produtividade, com o propósito de estimar a produtividade de cana-de-açúcar. O estudo foi dividido em duas etapas: a primeira correspondeu à obtenção e organização dos dados em um banco de dados com padrões de entrada/saída; a segunda, à implementação e ajuste das redes neurais, por meio de ensembles. O estudo foi realizado em unidades amostrais de produção de uma usina sucroalcooleira no município de Araras-SP. A primeira etapa consistiu na obtenção dos coeficientes de produtividade (kp), por meio da inversão do modelo agrometeorológico de Doorenbos e Kassam (1979), a partir da determinação do balanço hídrico. O resultado deste procedimento mostrou a sensibilidade do coeficiente à variabilidade da produtividade nos talhões. Os dados espectrais das imagens Landsat 7 ? ETM+ foram obtidos de correlações descritas na literatura estabelecidas entre o Índice de Vegetação Greenness (GVI), a banda do infravermelho próximo (B4) e a produtividade da cana-de-açúcar. A estratégia para treinamento dos ensembles foi baseada no aprendizado supervisionado aplicado a uma arquitetura Multilayer Perceptron (MLP)...

Previsão agricola : uma nova abordagem : uso de scanner aerotransportavel e redes neurais

Braga, Hugo Jose
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 197,[5]f.| il. + anexo
Português
Relevância na Pesquisa
47.672646%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnologico; O objetivo principal deste trabalho foi de avançar no entendimento de modelos de previsão de fenofases de cultura perene (maçã), rendimentos e safras. Foram desenvolvidos, testados e comparados modelos de previsão polinomiais contra redes neurais artificiais. A combinação destes modelos foi testada, via programação linear, buscando minimizar erros relativos das previsões. Paralelamente, desenvolveu-se metodologia de análise espacial para caracterização de propriedade agrícola com o intuito de discriminação de áreas cultivadas, em nível de espécie e cultivares. Para tanto, foram utilizadas imagens digitais obtidas por scanner aerotransportável (CASI) e de aerofotos de vôo fotogramétrico. A área de estudo compreendeu 920ha, Fraiburgo/SC. Sistemas de informações geográficas - GIS foi empregado para integração e manipulação de dados. Os modelos polinomiais e neurais tiveram desempenho previsivo semelhante. As imagens CASI permitiram a discriminação de 4 cultivares de maçã, em plantios comerciais com menos de 1.000 plantas/ha, sistema de condução consorciados e pequenas áreas (< 3ha).

Caracterização do regime de evapotanspiração real, em escala decendial, no estado de São Paulo

Blain,Gabriel Constantino; Brunini,Orivaldo
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.399536%
A seca agrícola está diretamente relacionada ao déficit entre o valor de evapotranspiração real (ETR) estimado em um certo período e o valor climatologicamente esperado desse parâmetro no mesmo período. Conseqüentemente, tais valores esperados de ETR são dependentes das características climáticas de cada região. Assim, esse estudo objetivou verificar, por meio do teste Kolmogorov-Smirnov, o ajuste de séries de ETR decendias no estado de São Paulo às distribuições gama, normal, log-normal e beta. O cálculo dos balanços hídricos climáticos teve como base dados diários de temperatura do ar e precipitação pluvial de 13 localidades do estado. O uso da função densidade probabilidade beta é recomendado para a caracterização da variabilidade temporal do regime de ETR e, portanto, para o desenvolvimento de um índice de seca padronizado que permita monitorar a evolução desse fenômeno em escala temporal e espacial.

Considerações estatísticas relativas à oito séries de precipitação pluvial da Secretaria de Agricultura e abastecimento do Estado de São Paulo

Blain,Gabriel Constantino
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.399536%
O correto entendimento das diversas sucessões dos tipos de tempo, que podem ser observadas em uma região, é uma das etapas fundamentais na redução do risco climático associado ao setor agrícola. O objetivo do trabalho foi analisar a variabilidade temporal dos dados mensais de precipitação pluvial de oito localidades do Estado de São Paulo. Investigações sobre possíveis tendências climáticas também foram realizadas. Por meio da análise de ondeletas, do teste da razão da máxima verossimilhança e do teste de Mann-Kendall, observa-se elevada variabilidade temporal dos valores de precipitação pluvial mensal nas oito regiões analisadas. O tratamento de tais séries como sendo estritamente estacionárias, ou a condução de análises apenas no domínio da freqüência acarretará em perda de informações sobre as forçantes moduladoras desse processo estocástico. Apesar dessa característica, não houve detecção de marcantes tendências de ordem climática no regime de precipitação pluvial. Sob o ponto de vista agrometeorológico, essa elevada variabilidade imprime, em um zoneamento, considerável grau de incerteza na determinação do potencial de atendimento hídrico às culturas. Tal incerteza deve ser considerada na determinação de áreas aptas...

Avaliação da relação seca/produtividade agrícola em cenário de mudanças climáticas

Santos,Roziane Sobreira dos; Costa,Luiz Cláudio; Sediyama,Gilberto Chohaku; Leal,Brauliro Gonçalves; Oliveira,Robson Alves de; Justino,Flávio Barbosa
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
47.568604%
As mudanças climáticas alertam para um possível aumento de eventos meteorológicos extremos em todo o mundo, sendo crescente a preocupação de como o clima pode mudar o ambiente e afetar a produção das culturas agrícolas. Este estudo investiga a relação entre a produtividade agrícola e a seca em algumas mesorregiões do estado de Minas Gerais, em cenários de mudanças climáticas. Foram utilizados dados meteorológicos diários projetados pelo modelo ECHAM5/MPI-OM, para o período de 2008 a 2020 para o cenário A1B. Utilizou-se a metodologia da zona agroecológica (AEZ) para estimar a produtividade futura do milho. Empregou-se o índice de seca Z de Palmer em um modelo de regressão linear com a produtividade do milho estimada pela metodologia da AEZ. O desempenho dos modelos foi verificado por meio das estatísticas: coeficiente de determinação (r²), raiz do erro quadrático médio (RMSE), erro absoluto médio (MAE) e índice de concordância de Willmott (d). Os resultados do índice de concordância de Willmott variaram entre 0,48 e 0,90, e os valores de r² foram pouco expressivos. Contudo, a produtividade estimada pela metodologia AEZ projetou maiores perdas na produtividade do milho devido a limitações por água para os anos agrícolas de 2008/2009...

PRECIPITAÇÃO PLUVIAL DE DIAMANTINO-MT EM ANOS DE OCORRÊNCIA DE EL NIÑO, LA NIÑA E NEUTROS

Ramos,Henrique da Cruz; Dallacort,Rivanildo; Santi,Adalberto; Junior,Santino Seabra; Queiroz,Tadeu de Miranda
Fonte: Sociedade Brasileira de Meteorologia Publicador: Sociedade Brasileira de Meteorologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.53279%
O objetivo deste trabalho foi caracterizar a variação da precipitação pluvial anual, mensal e decendial, em anos normais e com a ocorrência do fenômeno ENOS no município de Diamantino-MT. Foram utilizados os dados do período de 1968 a 2003, cedidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia. A determinação da precipitação provável anual foi através da distribuição gama e para aferir se os dados se adequavam ao modelo utilizado, o teste de aderência de Kolmogorov-Smirnov foi aplicado. De modo geral as médias mensais dos anos caracterizaram duas fases distintas no comportamento da pluviosidade da região, uma chuvosa (outubro a abril) e outra seca (maio a setembro). A ocorrência do ENOS causa uma redução na média anual precipitada. A fase La Niña do ENOS é que mais altera a distribuição temporal das chuvas em relação aos anos neutros, apresentando os maiores valores precipitados do quarto ao sétimo decêndio do ano. Os anos de El Niño apresentaram as maiores intensidades de precipitação no período compreendido entre os meses de janeiro a março. Os anos neutros apresentaram as maiores precipitações (1.862...

Irregularidade pluviométrica e riscos de perdas para o feijão: dois estudos de caso no Semi-Árido brasileiro.

PORTO, E.R.; GARAGORRY, F.L.; MOITA, A.W.; SILVA, A. de S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 11., 2000, Rio de Janeiro. A meteorologia brasileira além do ano 2000: [anais]. Rio de Janeiro: SBMET, 2000. 1 CD-ROM. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 11., 2000, Rio de Janeiro. A meteorologia brasileira além do ano 2000: [anais]. Rio de Janeiro: SBMET, 2000. 1 CD-ROM.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.855557%
A precipitacao pluviometrica e a capacidade de retencao de umidade dos solos influenciam a produtividade do feijao. A irregularidade na quantidade e na distribuicao das precipitacoes, no tropico Semi-Arido brasileiro, e uma das principais responsaveis pela flutuacao da produtividade desta cultura. A maior parte do Nordeste recebe uma precipitacao media anual de 600 mm, distribuida num periodo de 3 a 5 meses. Apesar desta precipitacao quantitativamente ser suficiente para atender ao requerimento de agua do feijao e comum a frustacao de safras devido a ocorrencia de deficits hidricos durante o periodo critico da cultura. Tambem o coeficiente de variacao das medias de precipitacao variam de mes para mes durante o periodo chuvoso. Porem, e possivel desenvolver um zoneamento agricola, atraves de um balanco hidrico, o qual surgirao areas e datas de plantios com chances de sucesso. Com esse objetivo, um modelo matematico foi desenvolvido, considerando evapotranspiracao, sistema radicular, capacidade de retencao de umidade do solo e precipitacao pluviometrica.; 2000

Regionalização da precipitação no estado da bahia por meio de técnicas de mineração de dados.

DOURADO, C. da S.; ÁVILA, A. M. H. de; OLIVEIRA, S. R. de M.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
37.918655%
RESUMO: O objetivo deste trabalho foi identificar e analisar zonas pluviométricas homogêneas no Estado da Bahia, por meio de técnicas de mineração de dados. Foram utilizados dados mensais de precipitação de 97 estações meteorológicas em um período de 30 anos (1981 a 2010). Aplicando o algoritmo k-means, para segmentação dos dados em escala mensal, foram identificadas quatro zonas homogêneas no Estado. Posteriormente, os dados foram convertidos em totais anuais e classificados conforme o desvio padrão em: extremamente seco, muito seco, seco, normal, chuvoso, muito chuvoso e extremante chuvoso. Os resultados demonstraram uma predominância dos anos classificados como ?normais? nas quatro zonas. No entanto, um quadro de anomalias climáticas de déficit e excessos de chuvas ocorre em todos os grupos, com destaque para a superioridade dos anos ?secos? em relação aos anos ?chuvosos? e a correlação destes anos com a queda na produção agrícola baiana.; 2012

Variação da produtividade do arroz de terras altas influenciados pela seca meteorológica em Goiás.

FERNANDES, K. L.; FERNANDES, D. S.; HEINEMANN, A. B.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO MERCOSUL E ASSOCIADOS, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.918655%
A seca é um fenômeno meteorológico caracterizado pela falta de precipitação pluvial, que pode causar grandes prejuízos à produção agrícola. O presente trabalho tem como objetivo caracterizar a ocorrência de seca, utilizando o Índice Padronizado de Precipitação (SPI) em cinco microrregiões do estado de Goiás e sua influencia na produtividade de arroz de terras altas. As cinco microrregiões estudadas foram: Anápolis, Ceres, Iporá, Anicuns e Goiânia. A série de dados históricos de precipitação foi disponibilizada pela Agência Nacional de Águas (ANA), coletados em um município pertencente à microrregião analisada. O período de estudo foi de 1975 a 2005. Os dados de produtividade, para o mesmo período foi disponibilizado pela AGROTEC. Os valores do SPI foram caracterizados pela a ocorrência dos eventos de seca, frequência relativa, comparação com os dados de produtividade do arroz de terras altas e o percentual de acerto do índice. Foi possível observar que o SPI não acompanhou totalmente a variação da produtividade do arroz de terras altas. O SPI apresentou percentuais de acerto baixos, em todas as microrregiões, ficando próximo a 51%.; 2012

Soma térmica de fases de desenvolvimento de cultivares de arroz irrigado em função da época de semeadura.

DE CARLI, C.; ROSA, H. T.; STRECK, N. A.; SEGATTO, P. R.; BECKER, C. C.; MARCHESAN, E.; STEINMETZ, S.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17., 2012, Gramado. Anais... Gramado: SBMET, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17., 2012, Gramado. Anais... Gramado: SBMET, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
37.53279%
O desenvolvimento da planta de arroz é afetado pela temperatura do ar e assim, a influência da temperatura nos processos de desenvolvimento vegetal pode ser expressa pela soma térmica, com unidade graus dia (ºC dia). O objetivo deste trabalho foi determinar a soma térmica de fases de desenvolvimento de quatro cultivares de arroz em três épocas de cultivo. Foi conduzido um experimento na área de várzea do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Santa Maria com três datas de semeadura (17/10/2011, 18/11/2011 e 19/12/2011) e quatro cultivares de ciclos distintos: IRGA 421 (ciclo superprecoce), BRS Querência (ciclo precoce), IRGA 424 (ciclo médio) e SCSBRS Tio Taka (ciclo tardio). A duração (º C dia) da fase de emergência - diferenciação de panícula aumentou com o atraso da data de semeadura, enquanto a duração da fase antese ? início da maturação dos grãos foi similar entre as cultivares semeadas no período recomendado pelo zoneamento agrícola.; 2012

Redes agrometeorológicas: histórico e estudos de casos em agrometeorologia.

BAMBINI, M. D.; ÁVILA, A. M. H. de.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO Mercosul e Associados, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 17.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA DOS PAÍSES DO Mercosul e Associados, 1.; ENCONTRO SUL AMERICANO DE APLICAÇÕES DO SISTEMA EUMETCast PARA O MONITORAMENTO METEOROLÓGICO E AMBIENTAL, 4.; ENCONTRO DE METEOROLOGIA OPERACIONAL, 2., 2012, Gramado. Anais: programa. Gramado: UFRGS, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE) Formato: 1 CD-ROM.
Português
Relevância na Pesquisa
38.341%
RESUMO: Este trabalho objetiva identificar as origens de ações em rede na meteorologia, relatada a partir do século XIX, considerando os aspectos tecnológicos e institucionais que contribuíram para viabilizar sua formação. O artigo contempla também a análise de duas experiências envolvendo redes no campo da Meteorologia Agrícola que visam contribuir para a redução de riscos agrícolas associados às condições do tempo e clima em território brasileiro. Os casos analisados foram: a implementação do Zoneamento Agrícola de Riscos Climáticos e o desenvolvimento do sistema Agritempo.; 2012

Informações agroclimáticas do município de Paragominas para o planejamento agrícola.

BASTOS, T. X.; SILVA, G. de F. G. da; PACHECO, N. A.; FIGUEIREDO, R. de O.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 14., 2006, Florianópolis. Anais... Florianópolis: SBMET, 2006. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE METEOROLOGIA, 14., 2006, Florianópolis. Anais... Florianópolis: SBMET, 2006.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
47.672646%
Este trabalho apresenta os principais aspectos do clima de interesse para a agricultura entre 1973 e 2004 no município de Paragominas, importante área agrícola do Estado do Pará, localizado aproximadamente entre 02º e 04º S e 46º e 49º W. O principal objetivo é subsidiar o planejamento agrícola local. Os mais importantes aspectos metodológicos incluíram: 1- levantamento de dados meteorológicos de estações localizadas dentro e próximo da área estudada. 2- Seleção de estações baseado na disponibilidade de dados para permitir comparações. 3- Análises do ambiente climático relacionado com a temperatura do ar, umidade relativa e chuva. 4- Análise do regime das chuvas levando em consideração a evapotranspiração de referência, resultados de balanços hídricos relacionados a excedentes e deficiências de água para o desenvolvimento das plantas. Os principais resultados mostraram os seguintes aspectos: a) A média anual da temperatura máxima é de 33º C apresentando flutuação mensal entre 30 e 34º C e a mínima anual é 22º C com flutuação mensal entre 21 e 23º C. A umidade relativa apresenta média anual em torno de 81% e é também elevada durante o ano, com médias mensais variando entre 76 e 85%. A média anual das chuvas é abaixo de 2.000 mm...

Espacialização da temperatura mensal e anual do ar no estado de Alagoas baseado em modelo determinístico global; Monthly and annual air temperature spatialization in Alagoas based on a deterministic models

Santos, Paulo José dos
Fonte: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL Publicador: Universidade Federal de Alagoas; BR; Processos de superfície terrestre; Programa de Pós-Graduação em Meteorologia; UFAL
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.918655%
The space-temporal estimative of air temperature provide information on several key areas, such as weather element influences in several metabolic and physiological processes in living organisms. This also includes their direct effects on the climate, that for her time, it intervenes in the agriculture as for the agroclimatic zoning, definition of sowing times, projects and handling of the irrigation, determination of potential productivity, zoning of climatic risk, credit and safe agricultural. Because of the small number of meteorological stations and of the scarce readiness of data, the need of the application appears every time larger of Geoestatistic in mathematical models and regression equations that allow to esteem the temperature. Therefore, this work interferes in this context, approaching the estimate of the air temperature as for his space and temporary distribution, where important sazonality patterns are revealed. The averages of the air temperature were calculated for the series in every month and station, in order to expose the distinction among the monthly and annual sazonalities. This itinerary is in agreement with the climatology of NEB and of the Alagoas State. The series were obtained in the database of the National Institute of Meteorology (INMET)...

A questão do valor do clima: reflexões em torno de um valor conceitual para a precipitação pluviométrica na produção agrícola

Oliveira, Aristeu Geovani de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.672646%
O clima, no conjunto de seus parâmetros como temperatura, umidade, radiação, e precipitação, exerce fundamental importância nos sistemas produtivos agrícolas nas regiões tropicais, considerando-se que é através do sistema climático que ocorre a entrada e saída de energia no ambiente produtivo, proporcionando a capacidade de produção. As características climáticas apresentadas numa determinada localidade, além de tornarem-se fatores de diferenciação espacial que imprimem qualidades ao meio, podem constituir-se em elementos facilitadores da produção, e são incorporadas ao processo produtivo sob a forma de insumos agrícolas, gerando valores no aumento da produtividade. Assim, o objetivo deste estudo é abordar a importância da precipitação pluviométrica, como elemento representativo do clima em uma discussão na perspectiva da Geografia do Clima, suscitando-se o debate que envolve a elaboração de um valor conceitual para este, a partir da participação do mesmo no processo produtivo frente aos diferentes grupos sociais. A pesquisa sustentou-se em uma revisão teórico-bibliográfica sobre a influência do clima na agricultura, e na análise e comparação dos dados da precipitação pluviométrica e da produção e produtividade de arroz de sequeiro no município de Jataí no Sudoeste Goiano entre os anos de 1978 e 2006. Sustentou-se também nas hipóteses de que o clima possui valor que pode ser quantificado e qualificado através da variável precipitação...

Avaliação do modelo de reanálise GLDAS/NOAH e obtenção de fluxos de energia a partir do SEBS, em Minas Gerais

Souza, João Gabriel Notel de
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola; UFLA; brasil; Departamento de Engenharia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola; UFLA; brasil; Departamento de Engenharia
Tipo: Dissertação
Publicado em 24/08/2015 Português
Relevância na Pesquisa
38.094426%
In this study, we analyzed a model that estimates energy flows on soil surfaces and current daily evapotranspiration in the state of Minas Gerais, Brasil, in 2010. The flow of sensible heat, solar radiation and current daily evapotranspiration were estimated by means of the Surface Energy Balance System (SEBS), based on the energy balance equation, using image data from the Moderate Resolution Imaging Spectroradiometer (MODIS) sensor, Global Land Data Assimilation System (GLDAS), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) and Integrated Land and Water Information System (ILWIS) freeware. We also evaluated other SEBS input data variables: near surface specific humidity, near surface wind speed, near surface air temperature and surface pressure, originated of the GLDAS/Noah product. To do this, we created a batch file that allowed the extraction of information from 11,680 images and the calculation of the daily and monthly mean of each variable. The results obtained were compared to the data of 46 INMET meteorological stations using correlation coefficient, mean bias error and root mean square error. The presence of clouds over the study area allowed for the use of SEBS on only ten days, generating current daily evapotranspiration, solar radiation and sensible heat flow maps for days 02/23...

Título de posgrado

SALONIA [Ministro]
Fonte: Ministério da Educação da Argentina Publicador: Ministério da Educação da Argentina
Tipo: legislation
Português
Relevância na Pesquisa
47.855557%
Fijar el grado académico de Magister en Meteorología Agrícola para ser otorgado por la Universidad de Buenos Aires a quiénes cumplimenten los requisitos establecidos a tal efecto por el Consejo Superior de la citada Universidad

Relação dos principais padrões de oscilação do vento na baixa atmosfera e a temperatura mínima mensal no Rio Grande do Sul; Relação dos principais padrões de oscilação do vento na baixa atmosfera e a temperatura mínima mensal no Rio Grande do Sul

PEDRA, George Ulguim
Fonte: Universidade Federal de Pelotas; Meteorologia; Programa de Pós-graduação em Meteorologia; UFPel; BR Publicador: Universidade Federal de Pelotas; Meteorologia; Programa de Pós-graduação em Meteorologia; UFPel; BR
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.77166%
Rio Grande do Sul (RS) has a large annual temperature range is characterized by hot summers and cold winters, being strongly influenced by weather systems in middle and high latitudes. Many studies suggest climate change on Earth, particularly to the anomalous increase in temperature in recent decades. The large thermal variations interfere directly in agricultural production, trade and tourism, affecting the region's economy. The main objective of this research was to identify the main patterns of wind speed at 850hPa layer. This layer is slightly above the surface outside of each boundary, and thus with little influence of urban effects. Knowing the correlation of patterns of wind speed with variations of monthly minimum temperatures throughout the year in RS, identify and compare the adjustment functions of temporal trends linear and nonlinear, and list the possible influence of large swings over the Pacific Ocean these variations regional, especially during extreme. To study the atmospheric oscillations were used in data grid point wind speed at 850hPa over South America, which were applied the technique of spectral decomposition defined principal components. We used monthly minimum temperature data from 24 stations well distributed spatially in RS. The results showed that the patterns of oscillations Main circulation in the lower atmosphere over South America are strongly associated with variations of wind speed in regions of the Polar Jet...

Sistema de medición meteorológica inalámbrica

Flórez Cerón, Víctor Hugo; Osorio Vargas, Diego Alberto
Fonte: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Tecnologías Publicador: Universidad Tecnológica de Pereira; Facultad de Tecnologías
Tipo: Tese de Doutorado Formato: PDF
Português
Relevância na Pesquisa
48.36754%
En las últimas décadas, el sector agrario se ha visto envuelto en un desarrollo constante debido al uso e impacto de tecnologías de medición, control, comunicación, etc. en sus procesos de producción y desarrollo agrícola. Esto ha traído como consecuencia, que el país vea un mayor desarrollo y crecimiento en su actividad económica, sostenibilidad alimenticia, reducción de la pobreza, mejoramiento de la nutrición y en general una mejor calidad de vida para sus habitantes. Las tecnologías han brindado confiabilidad en los procesos de cultivo, mantenimiento y cosecha, tanto así, que el producir un alimento con estándares nacionales e internacionales permite competir en el mercado fácilmente, y de esta forma se brinda un producto de calidad con características de nutrición elevadas. La meteorología agrícola, es el proceso en el cual se estudian las variables ambientales de forma constante, con el fin de caracterizar un terreno dependiendo de sus condiciones climatológicas y de antemano saber cómo afecta los fenómenos atmosféricos en los cultivos. Los parámetros fundamentales asociados a la meteorología agrícola son: La temperatura del aire, humedad relativa, presión atmosférica, velocidad y dirección del viento; las cuales son las variables primarias a evaluar en un ambiente con el fin de identificar un terreno potencialmente destinado a la agricultura.