Página 1 dos resultados de 6754 itens digitais encontrados em 0.054 segundos

A invenção cotidiana do aluno: relações de poder, experiências escolares e possibilidades de existência; The everyday invention of students: power relations, educational experiences and possibilities of existence.

Engelberg, Marcel Francis D'Angio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
108.00474%
O aluno é uma invenção. Nem sempre existiu na história essa categoria que entendemos por aluno. A partir apenas do final do século XIX é que se pode falar em sua emergência. Assim, é também a partir daí que se inicia o processo de produção de uma nova subjetividade das crianças e dos jovens. A escola, instituição responsável por acolhê-los, é o principal agente dessa produção. Fabricar alunos torna-se sua especialização. O presente trabalho procurou discutir, ao mesmo tempo, dois aspectos dessa questão: a) a invenção do aluno como algo não acabado e definitivo, sendo produzida diariamente no cotidiano escolar; b) a associação da invenção do aluno não ao poder possuído pela escola, mas às relações de poder exercidas no seu interior. Para isso, foi desenvolvida uma pesquisa de campo no intuito de observar práticas e discursos escolares que tomavam o aluno como questão. Uma escola pública estadual de ensino médio foi escolhida e o trabalho de campo realizado no decorrer dos anos de 2008 e 2009. Conversas com os alunos foram registradas no final de cada um dos anos e completaram o material de pesquisa. Inspirada na concepção de relações de poder do pensador francês Michel Foucault (1926-1984)...

Relações de poder no processo de ensino e aprendizagem de matemática; Power relations in the process of teaching and learning of mathematics

Attie, João Paulo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
118.08323%
A sala de aula de matemática é um contexto no qual são tecidas as relações de poder entre professor e aluno, ainda que esse possa não ser um fenômeno consciente para os sujeitos diretamente envolvidos. Consideramos que a ocorrência dessas relações não é, por si, um acontecimento que mereça um julgamento moral. O objetivo deste trabalho é investigar as Relações de Poder estabelecidas entre professor e aluno na aula de matemática e discutir suas implicações para o ensino e a aprendizagem dessa disciplina. Para esse objetivo ser alcançado, nos aprofundamos nos conceitos de poder e de relações de poder e em algumas características das relações de poder, que fundamentamos principalmente nos escritos de Foucault e Bourdieu. Detivemo-nos também no processo histórico de institucionalização da matemática na sociedade. Foi realizado um trabalho de campo, que desenvolvemos com a aplicação de entrevistas, semiestruturadas, no caso de professores e pais de alunos, separadamente, e utilizando as técnicas de Grupo Focal, com alunos, em duas escolas com algumas características distintas. No trabalho de campo, obtivemos de cada grupo elementos que ampararam nossa análise. Dos alunos, alcançamos elementos que nos permitiram perceber como são descritas por eles as modalidades instrumentais...

Identidade e relações de poder no discurso político presidencial; Identity and power relations in presidential political discourse

Pontes, Vivian de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
117.71658%
Este estudo tem por objetivo analisar o discurso político presidencial, a fim de identificar a construção da identidade que se faz da mulher brasileira do século XXI, observando a configuração de relações de poder entre a constituição desta identidade e o lugar de poder que Dilma Rousseff ocupa como Presidenta do país. O corpus da pesquisa constitui-se de transcrições das entrevistas veiculadas pelo programa radiofônico Café com a Presidenta, no período de 2011 e início de 2012. O embasamento teórico corresponde aos estudos de CHARAUDEAU (2006) para explorar a relação entre linguagem e discurso político. Para tratar das relações de poder estabelecida no e pelo discurso, selecionamos as pesquisas de van DIJK (1997, 2008) e de STOPPINO (1998). Em relação às questões sociais e identitárias sobre a mulher, valemo-nos dos estudos organizados por DEL PRIORE (2002) e PERROT (2010). Por fim, para tratar das questões identitárias e estereotípicas, embasamo-nos nos trabalhos desenvolvidos por WOODWARD (2003) e EMÍDIO E HASHIMOTO (2008).; This study aims to analyze the presidential political discourse, in order to identify the construction of the Brazilian women's identity on the 21st century, observing the configuration of power relations between the constitution of such identity and the place of power that Dilma Rousseff holds as President of the Brazil. The research corpus consists on transcripts of interviews aired by the radio program "Café com a Presidenta" (Coffee with the President)...

As relações de poder como determinantes do comportamento de cidadania organizacional: um estudo nos setores de Gestão de Pessoas e SSMA da Embraco em Joinville/SC.

Verchai, Jeferson Kachan
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 111 f.
Português
Relevância na Pesquisa
107.86967%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Administração.; Os estudos sobre comportamento organizacional tomaram-se um elemento de importância crescente na formação de administradores. Dentre os comportamentos mais estudados encontra-se o comportamento de cidadania organizacional (OCB). O OCB engloba os comportamentos extra-papel (extra-função) que beneficiam a empresa coma um todo. Diversos pesquisadores do comportamento de cidadania organizacional o relacionaram a variáveis como justiça organizacional, rotatividade, avaliação de desempenho, supervisão, clima organizacional, etc. Porém, não ha pesquisas que relacionem diretamente esse comportamento as relações de poder. Para estabelecer esta relação, o presente trabalho realiza uma pesquisa qualitativa, através de análise do discurso, e quantitativa, através de análise estatística na Embraco, em Joinville/SC. A pesquisa descobriu quais as relações de poder que determinam os comportamentos de cidadania organizacional dos funcionários dos setores de Gestão de Pessoas e SSMA (Saúde, Segurança e Meio Ambiente) da empresa. Foram coletados dados primários com o auxilio de questionário e realizada a análise de dados secundários a partir de pesquisa documental e bibliográfica. Verificou-se que a concepção de comportamento organizacional divulgada pela Embraco se aproxima dos ensinamentos da escola de Relações Humanas e da teoria Y de McGregor (1973) e afasta-se da concepção de homem parentético de Ramos (1984). 0 poder organizacional se sobressai como determinante do comportamento de cidadania organizacional dos funcionários dos setores de Gestão de Pessoas e SSMA da Embraco.

Handebol e gênero: as relações de poder na dinâmica dos treinos aos jogos no Estado do Pará

Reis, Ivan Gonçalves
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
107.94683%
Tese de Doutoramento em Ciências do Desporto; O presente trabalho tem como objetivo estudar as relações das práticas do esporte Handebol e Gênero na perspectiva das Relações de Poder. A pesquisa fundamenta-se na dinâmica dos treinos aos jogos e procura compreendê-la na definição dos sentidos, significados e lugares onde circulam. Diante desta prática busca-se refletir como os atores sociais assimilam a circularidade do poder e seus mecanismos, na fase dos treinamentos e nos jogos de competições. Para consolidar os conhecimentos, utiliza-se da pesquisa qualitativa – quantitativa, referendada pelas análises metodológicas do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC), para entender e compreender como na prática estas relações de poder entre atletas, técnicos/comissão técnica nos clubes são traçadas e compreendidas sob a ótica das relações de gênero. Para tanto, definiu-se uma amostra significativa de 76 atletas num universo de 550 cadastrados na Federação de Handebol do Estado do Pará (FHEP), sendo deste total, 42 masculinos e 34 femininos, que correspondem a 20% da somatória de cada sexo das 08 equipes selecionadas de um total de 15 clubes que disputaram os campeonatos no período 2007/2010 contendo os dois gêneros. A dinâmica metodológica compreende a associação dos métodos - qualitativo e quantitativo - e as técnicas de entrevistas que construíram a Análise do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC) que apontam como resultados os elos sociais – teias...

Reforma psiquiátrica: uma analítica das relações de poder nos serviços de atenção à Saúde Mental

Arejano,Ceres Braga; Padilha,Maria Itayra Coelho de Souza; Albuquerque,Gelson Luiz de
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2003 Português
Relevância na Pesquisa
117.791875%
O presente estudo aborda a temática da Reforma Psiquiátrica no País e em especial no Estado do Rio Grande do Sul, bem como o papel que é desempenhado na sociedade moderna pelo poder disciplinar. Acreditamos que apesar de implantada a Reforma Psiquiátrica e dos crescentes avanços da legislação de proteção ao sofredor psiquico, este continua sendo, ao mesmo tempo, objeto e instrumento do exercício das relações de poder disciplinar. Este trabalho está sustentado na obra de Michel Foucault, especialmente em sua análise sobre as relações de poder para dar respostas à questão norteadora, dar sustentação à tese formulada e alcançar o objetivo proposto: refletir sobre o descompasso percebido entre a vitória no campo jurídico e o novo discurso da Reforma Psiquiátrica e uma prática e um fazer que parecem negar a emancipação do sofredor psíquico, isto é, sua condição de cidadão.

A liberdade como condição das relações de poder em Michel Foucault

Sampaio,Simone Sobral
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
107.84844%
O presente artigo tem como objetivo apresentar a reflexão sobre a liberdade, a partir das relações de poder em Michel Foucault. Tem como material de análise documentos apresentados no formato de entrevistas, artigos, ou organizados em livros, a exemplo dos cursos do Collège de France, proferidos por Foucault. É nesse disperso material que se encontram as ofertas analíticas sobre a liberdade, neste autor que tanto priorizou as pesquisas sobre as relações de poder. A compreensão da liberdade, na cartografia foucaultiana, mostra-se como possibilidade estratégica de enfrentamento às relações de poder, as quais operam com dispositivos entranhados e móveis em todos os espaços da vida social na sociedade capitalista.

Uma análise da dinâmica do poder e das relações de gênero no espaço organizacional

Cappelle,Mônica Carvalho Alves; Melo,Marlene Catarina de Oliveira Lopes; Brito,Maria José Menezes; Brito,Mozar José de
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
108.035625%
A elaboração do presente artigo objetivou promover uma discussão de cunho teórico acerca das relações de poder e gênero nas organizações. Para tanto, procurou-se extrapolar as limitações das abordagens que defendem a centralidade e a soberania do poder, mediante a adoção das concepções de poder relacional e de circuitos de poder que permitem reconhecer seus efeitos nas relações e interações entre indivíduos e nas práticas e discursos organizacionais que promovem e reforçam as assimetrias de gênero. A perspectiva adotada admite a existência de pontos de adesão e resistência ao poder, capazes de legitimar ou negar sua ação, entendendo as organizações como espaços em que homens e mulheres articulam suas relações por meio de movimentos de negociação, contestação e de luta de acordo com interesses em jogo. Neste trabalho, portanto, as relações de gênero são percebidas como mecanismos e práticas sociais que são instituídos e instituem ações e comportamentos.

Mulheres policiais, relações de poder e de gênero na polícia militar de Minas Gerais

Cappelle,Mônica Carvalho Alves; Melo,Marlene Catarina de Oliveira Lopes
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
107.9053%
Com esta pesquisa, objetivou-se compreender o trabalho operacional feminino na 8ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), um universo originalmente masculino, à luz das relações de poder e de gênero. Partiu-se do pressuposto que, apesar de a presença de mulheres na Polícia, muitas vezes, ainda reproduzir os padrões de gênero vigentes na sociedade, sua inclusão deve ser compreendida de maneira mais dinâmica, com base nas estratégias adotadas por homens e mulheres para conviverem e se posicionarem na organização. Isso pode se concretizar dependendo das relações de poder estabelecidas pelos e pelas policiais em seu cotidiano de trabalho. A metodologia utilizada foi um estudo de caso qualitativo na 8ª Região da PMMG, realizado por meio de entrevistas com dez professores que são pesquisadores especialistas sobre a Polícia Militar, 33 mulheres policiais do policiamento operacional e 18 membros de suas equipes de trabalho; pesquisa documental e observação não participante. Os dados foram examinados por análise de conteúdo e permitiram evidenciar que o trabalho das policiais do operacional da PMMG está marcado pelas relações de poder e de gênero em seu cotidiano, seus relacionamentos, na sua vida pessoal ou nas dificuldades que enfrentam no exercício de sua função.

Estudo observacional das relações de poder no filme O Óleo de Lorenzo

Matos,Fátima Regina Ney; Lima,Afonso Carneiro; Giesbrecht,Cláudia Maria
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
107.85812%
A proposta deste artigo é analisar as relações de poder presentes no filme O óleo de Lorenzo, que se baseia numa história real, mais ainda em construção. O trabalho toma como base argumentativa o estudo de Bourdieu (1993) sobre o campo científico, enfatizando a luta pelo monopólio da competência científica. A escolha do tema deveu-se ao recente reconhecimento, pela comunidade científica, da eficácia do medicamento conhecido como "óleo de Lorenzo", desenvolvido a partir de pesquisas feitas por Augusto e Michaela Odone, pais de Lorenzo e protagonistas da história. Aqui, foi realizado um estudo observacional, tipo de observação de "segunda mão", indireta e não participante. Na revisão bibliográfica tentou-se contextualizar, de maneira sucinta, o método científico e a origem das abordagens quantitativa e qualitativa, identificando, com base no filme, as relações de poder que permeiam o campo científico. É possível concluir que o discurso de autoridade científica é questionável e que a ruptura do monopólio da competência científica pode contribuir para ampliar o conhecimento, sem que necessariamente sejam alteradas as relações de poder.

As relações de poder nas instituições escolares da cidade de Juazeiro/Bahia

Novais Santos, Sandra; Marcos de Medeiros Gomes de Matos, Aécio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
117.90762%
Analisar o contexto educacional e os problemas vivenciados em escolas é um constante na prática de alunos, pais, professores, coordenadores e diretores. Essas reflexões e percepções do cotidiano escolar são construídas em um processo de integração entre teoria e prática, que demonstram não ser possível pensar a escola e o seu funcionamento sem abrir espaço para discussões acerca das relações que se concretizam na prática diária dos agentes pedagógicos. Relações estas que influenciam no vínculo social entre as pessoas, no clima organizacional e, conseqüentemente, nas ações e atividades desenvolvidas na instituição. Por isto, esta dissertação se propõe a realizar a análise das relações sociais desenvolvidas em instituições escolares do município de Juazeiro/ Bahia e, mais especificamente, das relações de poder entre diretor, coordenador pedagógico e professores.O esforço, aqui empreendido, direciona-se no sentido de procurar conhecer e compreender estas relações, partindo dos seus próprios sujeitos, buscando perceber as contradições e formas que se desenvolvem nas organizações analisadas, por meio das ações dos atores pedagógicos. É, portanto no campo das relações sociais que toda a discussão do trabalho se norteará...

Gestão escolar democrática: relações de poder como mediação na prevenção e enfrentamento das violências na escola

Silva, Karla Crístian da; Botler, Alice Miriam Happ (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
107.96465%
Esta pesquisa teve por objetivo analisar as ações desenvolvidas pela gestão escolar numa perspectiva democrática, visando o combate e prevenção das violências na escola. Parte do pressuposto fundamental de que a regulamentação nacional estabelece marcos macropolíticos, mas é no âmbito micropolítico e microssocial que ela se efetiva. Para analisar a questão das violências na escola e as ações de combate ali empreendidas, compreendemos que violência é uma construção social, que pode ser caracterizada por uma perda de legitimidade do poder ou como um mecanismo de insurgência ou de reivindicação. Neste sentido, as relações de poder determinam a capacidade de ação dos atores para a superação de problemas por intermédio da cooperação, o que coloca a participação como aspecto central a ser tratado. A metodologia qualitativa de tipo etnográfica nos levou a empreender um estudo de caso numa escola da rede estadual de educação de Pernambuco, pautada nos pressupostos da análise de conteúdo (Bardin) em que fizemos uma incursão via observações intensivas, entrevistas e análise documental. Dentre os resultados, percebemos que há dificuldades de delimitação das fronteiras entre as violências e as indisciplinas na escola...

GÊNERO E RELAÇÕES DE PODER NO PENTECOSTALISMO: ESTUDO COMPARATIVO ENTRE A IGREJA DE CRISTO NO BRASIL E A COMUNIDADE EVANGÉLICA SARA NOSSA TERRA

Fonseca, Jean-claude Rodrigues da
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social; Antropologia Social
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
117.654375%
Based on the empirical comparative study between two churches from Pentecostal guidance - both located in Parnamirim/RN - and supported on a dialogic interaction between my interlocutors and theoretical references, I proposed me to reflect about how this protestant segment represents and articulates questions such as gender and power relationships, and the daily impact of that in their followers life. In other words, this dissertation aims to understand the reason of the asymmetry attributed to male and female, especially in what concerns the distribution of ecclesiastic works and the authority given to male, as well as the implication of this reality in the reconfiguration of morality and religious praxis in daily life of individuals and involved groups. From this perspective, this work was divided in three chapters, in which I investigate the tension/relationship between faith and secularism, for from this question on concessions and/or prohibitions related to the limits and involvement of the followers with the world and with the very Pentecostal ethos arise. I also analyze here aspects concerning to both ecclesiastic hierarchy and power, with the objective of elucidating how it occurs, what kind of criteria and implications they consider as well as about the nature of the religious labor division between men and women and...

As relações de poder na gestão da Escola Estadual Presidente Kennedy em Natal/RN: as ações decisórias dos órgãos colegiados - o conselho de escola e o caixa escolar

Morais, Pauleany Simões de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Educação; Educação
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
118.04744%
The present study examined the relations of power in the management of the Escola Estadual Presidente Kennedy, including the deliberate decisions on the School Council and School Fund, which guided the organization of the school. We sought to understand the management models that influenced the school organization, promoting contradictions in the decision making process. The school management is intensely marked by management models from the business logics as in the case of managerialism of bureaucracy. The formulation of educational policies based on managerialism has proposed a school-centered management with intense accountability of the school community in planning and monitoring the public services. The influences of these models subsidize hierarchical power relations that undermine the actions of decision-making of the collegiate bodies for the democratization of school management. To develop a research on the power, the investigation was based on studies of Bourdieu and Foucault. These authors understand the power in a relational system in a double sense, both in terms of discipline and the possibility of resistance. A theoreticalmethodological matrix was developed focusing on literature review, document analysis, structured interviews with twelve representatives of the segments belonging to the School Council and School Fund...

A constituição de identidades de mulheres : práticas discursivas e relações de poder

Serafim, Cássio Eduardo Rodrigues
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem; Linguística Aplicada; Literatura Comparada
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
118.10286%
This research investigates the discursive constitution of identities; in spe-cial, it aim to problematize women identities constitution, pointing discursive prac-tices and power relations which involve them. The interviewed subjects had been adult women who had resumed their school trajectory, after certain period without frequenting educational establishments. Aware of that those identities can be per-ceived through the observations of the discursive practices, we question: which discursive practices and power relations involve and constitute those women? Which identity positionings they take through the discursive practices and power relations that include them and that are identified in their stories? Which linguistic marks characterize, in the speech of those women, forms of resistance in the con-stitution of identities? We intend to investigate the constitution of woman identities in the contemporanity; pointing discursive practices and power relations which in-volve women that converge to their identity constitution; exploring in the linguistic materiality effects of senses that emanate of the discursive practices and power relations which involve the collaborators in the identity constitution in private and public spaces. Research corpus is composed by stories of life granted by three women...

Relações de poder e exercício de controle mediados pela tecnologia da informação

Silva, Maria Conceição Melo; Matos, Fátima Regina Ney; Kovacs, Erica Piros; Fell, André Felipe de Albuquerque
Fonte: Universidade Federal de Sergipe Publicador: Universidade Federal de Sergipe
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
117.80409%
O objetivo deste artigo é verificar a percepção dos gestores sobre os impactos causados pela tecnologia da informação em relação à implantação dos sistemas integrados de gestão e sua influência sobre as relações de poder e o exercício de controle na organização. A tecnologia da informação e, especificamente, os sistemas de gestão integrados têm desempenhado um papel importante nas empresas, pois a sua implantação introduz mudanças nas formas de controle, alterando as relações de poder. O arcabouço teórico utilizado para fundamentar este estudo baseia-se em uma análise da tecnologia da informação, dos sistemas integrados de gestão e do impacto que a sua implantação provoca nas organizações. Foi realizado um estudo de caso em uma grande empresa de construção de empreendimentos imobiliários. Os dados foram obtidos por meio de entrevista, análise documental e observação direta. Pode-se concluir, após a implantação de um sistema integrado de gestão, que ocorre uma maior centralização e que o poder desloca-se para quem detém a informação e faz uso da mesma para a tomada de decisão. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT: The objective of this article is to verify the perception of the managers on the impacts the impacts caused for the technology of the information in relation to the implantation of the systems integrated of management and its influence on the relations of power and the exercise of control in the organization. The technology of the information and...

O sentido político de comunidade: relações de poder e disputas territoriais em comunidades camponesas de Catalão (GO); El sentido de comunidad politica: las relaciones de poder y las disputas territoriales en las comunidades campesinas de Catalão (GO)

Rodrigues , Gisele Silva
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (RC); Regional de Catalão (RC)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
118.07209%
Las características de una comunidad campesina son relaciones de vecindad, la solidaridad, pertenencia y vínculos familiares. Estas comunidades se enfrentan, sin embargo, los conflictos internos y externos en el proceso de apropiación del espacio y la producción de sus territorios y siguen enfrentando. En Brasil, en estos territorios situados en las zonas rurales, se hizo una división político-administrativa de la zonificación por la Iglesia Católica. El Estado buscaba imponer el modelo de desarrollo capitalista y por eso les dio el nombre de las comunidades rurales. En este sentido, el objetivo de esta investigación es comprender las relaciones de poder, los conflictos y las disputas territoriales en las Comunidades Campesinas de Catalão (GO), en especial, a partir del análisis de la Comunidad Campesina Cisterna, reconociendo el sentido político que hay en una comunidad, ya que se trata de la producción territorial, desde las relaciones de poder. En contraste con las llamadas comunidades rurales, en esta investigación utilizamos las Comunidades Campesinas expresión que muestran el tipo de relaciones sociales de trabajo y la producción de estas personas a lo largo de la historia. Hay en las relaciones internas y externas de estas comunidades un importante componente político que se deriva del tipo de relaciones sociales de trabajo y producción que merece ser mejor entendida. En el desarrollo de la investigación...

Estudo observacional das relações de poder no filme O Óleo de Lorenzo; Observational study of the power relationships in the movie Lorenzo's Oil

MATOS, Fátima Regina Ney; LIMA, Afonso Carneiro; GIESBRECHT, Cláudia Maria
Fonte: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getúlio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
117.85945%
A proposta deste artigo é analisar as relações de poder presentes no filme O óleo de Lorenzo, que se baseia numa história real, mais ainda em construção. O trabalho toma como base argumentativa o estudo de Bourdieu (1993) sobre o campo científico, enfatizando a luta pelo monopólio da competência científica. A escolha do tema deveu-se ao recente reconhecimento, pela comunidade científica, da eficácia do medicamento conhecido como "óleo de Lorenzo", desenvolvido a partir de pesquisas feitas por Augusto e Michaela Odone, pais de Lorenzo e protagonistas da história. Aqui, foi realizado um estudo observacional, tipo de observação de "segunda mão", indireta e não participante. Na revisão bibliográfica tentou-se contextualizar, de maneira sucinta, o método científico e a origem das abordagens quantitativa e qualitativa, identificando, com base no filme, as relações de poder que permeiam o campo científico. É possível concluir que o discurso de autoridade científica é questionável e que a ruptura do monopólio da competência científica pode contribuir para ampliar o conhecimento, sem que necessariamente sejam alteradas as relações de poder.; The purpose of this paper is to present a careful examination of the relations of power shown in the movie "Lorenzo's Oil"...

Relações de poder entre estado, mercado e sociedade no contexto do capitalismo desregulamentado : estudo de caso sobre a indústria de cimento no Distrito Federal

Otoni, Priscilla
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
118.04525%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Pós-Graduação em Desenvolvimento Sociedade e Cooperação Internacional, 2013.; Esta dissertação de mestrado identifica e analisa as implicações da expansão do capitalismo globalizado para as relações de poder entre Estado, Mercado e Sociedade. Para compreender essa dinâmica, realiza-se um estudo de caso sobre a indústria de cimento no Distrito Federal (DF), localizada na Região Administrativa (RA) Fercal, cujo campo de atuação envolve a interação permanente entre três atores principais. São eles: o poder público, as fábricas, Tocantins e CIPLAN, e as comunidades residentes nas proximidades dos parques industriais. A realidade estudada envolve um contexto de conflito no território, de relações assimétricas de poder e de injustiça e transgressão sócio-ambiental. Os atores considerados, em nível local, representam, por similaridade, o Estado, o Mercado e a Sociedade em âmbito global. Portanto, tendo como pano de fundo das interveniências sistêmicas sob estudo a influência do global no local, considerada a associação da dinâmica da RA Fercal (local) à dinâmica do capitalismo desregulamentado (global)...

Poder e relações de parceria no terceiro setor; POWER AND PARTNERSHIP IN THE THIRD SECTOR

Monte, Tavia Correia; Faculdade Marista Recife; Carvalho, Cristina Amélia; UFPE - Universidade Federal de Pernambuco
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
108.00202%
Este artigo analisa as relações de parceria entre as Organizações Não Governamentais e as empresas sob a ótica do poder. Evidencia que as relações de parceria estudadas envolvem relações de poder e, por essa razão, a ação das organizações envolvidas são transformadas. A atualidade deste estudo está no processo, atualmente generalizado, de diversificação da captação de recursos pelo qual lutam as ONGs na busca de mais recursos. A análise foge ao usual caráter prescritivo caro a este campo de estudo ao usar como arcabouço conceitual a abordagem sociológica do poder e suas mais tradicionais contribuições. A investigação teórico-empírica ocorreu em parcerias existentes na cidade de Recife, em 2003. Usando o método de estudo multi-casos, foram estudadas três Organizações Não Governamentais e quatro empresas parceiras na cidade. Constatou-se que o fluxo de poder ocorre, predominantemente, da empresa para a ONG, sendo a competência técnica e a posse dos meios de sanção e recompensas as principais fontes e bases de poder usadas por aquelas. As principais alterações percebidas dizem respeito à mudança de lógica de ação das ONGs que assumem progressivamente a lógica instrumental que caracteriza suas parceiras.; This article analyzes the partnership relations between the Non Governmental Organizations and the companies under the point of view of the authority. It also shows that the studied relations of partnership involve power...