Página 1 dos resultados de 206 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

"Determinação do perfil de expressão dos RNAs mensageiros da família das Smads e dos componentes do complexo AP-1 em carcinoma de célula escamosa de cabeça e pescoço" ; Smads and AP-1 messenger RNA expression pattern in Head and Neck Squamous Cell Carcinoma

Mangone, Flavia Regina Rotea
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
47.493506%
A expressão de Smads e de membros da família AP1/ jun-fos podem refletir alterações da via de TGFb, uma via importante para o câncer epidermóide de cabeça e pescoço (HNSCC). Encontramos expressão aumentada dos mRNAs das Smads1-8 em HNSCC em comparação com tecido normal adjacente, por RPA. Além disso, as curvas de sobrevida de Kaplan Meier e a análise multivariada mostraram que a Smad6+ parece ser um fator determinante de bom prognóstico em HNSCC. Quanto a família AP-1, mensurado por Northern blot, somente Fra-1 mostrou-se aumentado no tumor e associado à presença de linfonodos comprometidos. Nossos dados sugerem que a positividade de Smad6 possa ser marcador de bom prognóstico em HNSCC ; Smad and AP1 messenger RNA expression may underlie disruptions affecting TGFb signaling in head and neck squamous cell carcinoma (HNSCC). Analysis of Smads1-8 mRNA expression by RPA has shown Smad expression is globally increased in tumor as compared to adjacent normal tissue. Kaplan Meier survival curves and multivariate analysis revealed that Smad6 positivity in tumor was an independent good prognostic factor in HNSCC. In relation to AP-1, as measured by Northern blot, only Fra-1 was overexpressed in tumor and directly related to the presence of lymph node involvement. Our data suggest that Smad6 may be a marker of good prognosis in HNSCC

Aspectos moleculares de nitrato redutase da macroalga marinha Gracilaria tenuistipitata (RHODOPHYTA): seqüenciamento do gene e estudo da expressão do RNA mensageiro; Molecular characterization of nitrate reductase gene and it expression in the marine red alga Gracilaria tenuistipitata (Rhodophyta)

Falcão, Vanessa dos Reis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/09/2006 Português
Relevância na Pesquisa
48.242134%
No ambiente marinho a maior fonte de nitrogênio encontra-se na forma de nitrato, que é reduzido para incorporação à biomoléculas como aminoácidos e bases nitrogenadas. A enzima nitrato redutase (NR), responsável pela conversão de nitrato a nitrito, é a primeira enzima a participar do processo de assimilação de nitrogênio. Gracilaria tenuistipitata é uma macroalga marinha de grande importância econômica explorada comercialmente para a produção de ágar, um ficocolóide de ampla aplicação industrial e biotecnológica. Esta alga tem seu crescimento limitado principalmente pela assimilação de nitrogênio do meio. Em trabalhos anteriores envolvendo a NR de G. tenuistipitata, foram demonstradas as oscilações diárias de sua atividade e expressão protéica. Esses ritmos permaneceram mesmo em situações de luz constante, sendo assim regulados endogenamente pelo relógio biológico. Neste trabalho procuramos seqüênciar o gene de NR nesta alga e responder se a regulação de NR também ocorria na transcrição, estudando o ritmo diário dos níveis de expressão do RNA mensageiro. Na biblioteca de cDNA de G. tenuistipitata identificamos e seqüenciamos os clones de NR por primer walking. Utilizando os mesmos primers desenhados...

Quantificação do RNAm de tireoglobulina em sangue periférico de pacientes com câncer diferenciado de tireóide: acompanhamento a longo prazo; Immunophenotype characterization of poorly differentiated breast carcinomas

Fernandes, Roberta Possato
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
48.0341%
O carcinoma diferenciado de tireóide (CDT) abrange 95% de todas as doenças malignas da tireóide. Nos EUA, aumentou em 2,4 vezes nos últimos anos (1973-2002). O seu tratamento inclui tireoidectomia total, seguido por terapia com radioiodo e supressão do TSH com L-tiroxina. A doença pode recidivar em ~20% dos casos, sendo necessária avaliação periódica através de exames de imagens e dosagem de tireoglobulina sérica (TGs). Os Anticorpos (Acs) anti-TG podem ser detectados em 15 a 25% dos pacientes, comprometendo, parcialmente, o uso da TGs como marcador de recidiva do câncer. Um método alternativo proposto para monitorar os pacientes é a detecção de células tireoidianas em sangue periférico, através da mensuração do RNA mensageiro de TG (RNAm-TG) pela técnica de RTPCR em tempo real. Esta nova metodologia aumenta a sensibilidade da detecção desta molécula. O objetivo deste estudo é verificar a significância da quantificação do RNAm-TG, como método diagnóstico complementar no acompanhamento a longo prazo de pacientes com CDT. Amostras de sangue de 45 pacientes (25 sem metástase, 14 com metástase ganglionar e 6 com metástase à distância) foram coletadas nos tempos: antes e 24, 48, 72 horas, 7 dias, 1, 3...

Expressão da proteína ERCC1 (Excision Repair Cross Complementing Group 1), do seu RNA mensageiro e de polimorfismos genéticos como fatores prognósticos em pacientes portadores de carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço operados e submetidos à quimiorradioterapia adjuvante; ERCC1 (Excision Repair Cross Complementing Group 1) protein, messenger RNA level and genetic polymorphisms as prognostic markers in patients diagnosed with head and neck squamous cell carcinoma treated with surgery and adjuvant chemoradiation

Castro Junior, Gilberto de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
48.12176%
INTRODUÇÃO: Quimiorradioterapia (QRT) concomitante adjuvante aumenta a sobrevida livre de doença (SLD) em pacientes portadores de carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço (CECCP) de alto risco operados com intenção curativa, porém está associada a toxicidade não desprezível e seu impacto na sobrevida global (SG) é incerto. ERCC1 (Excision Repair Cross Complementing Group 1) é uma proteína com função crítica no reparo de DNA por excisão de nucleotídeos (NER) e está envolvido na resistência à quimio- e radioterapia. Neste trabalho tivemos como objetivos determinar a expressão da proteína ERCC1, a expressão do RNA mensageiro (mRNA) de ERCC1 e a ocorrência do polimorfismo de nucleotídeo único T19007C de ERCC1 em pacientes portadores de CECCP de alto risco, operados e tratados com QRT adjuvante, bem como o valor prognóstico destes marcadores. MÉTODOS: Trata-se de um estudo retrospectivo em pacientes portadores de CEC de cavidade oral, orofaringe, hipofaringe ou laringe, operados com intenção curativa e portadores de doença de risco alto ou intermediário. Pacientes elegíveis haviam sido tratados com QRT adjuvante: 60-70 Gy e cisplatina concomitante (100 mg/m2, dias 1, 22 e 43), não apresentavam metástases a distância e nem sinais de recidiva após cirurgia. A expressão da proteína ERCC1 foi avaliada por imunohistoquímica...

Avaliação da transfecção de células dendríticas com RNA tumoral como estratégia para indução de imunidade específica em pacientes com leucemia linfóide crônica.; Evaluation of dendritic cell transfection with tumor RNA as a strategy to induce specific immunity in chronic lymphoid leukemia patients.

Toniolo, Patrícia Argenta
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
47.608955%
O desenvolvimento da imunoterapia do câncer baseada em células dendríticas (DCs) é alvo de vários estudos. Para tumores sólidos, a abordagem baseada no uso de DCs alogenêicas fundidas com células tumorais tem se mostrado relativamente eficaz. Por outro lado, esta estratégia necessita uma massa tumoral considerável de cada paciente para a geração das células híbridas. Para contornar este problema o uso de DCs transfectadas com mRNA tumoral, o qual pode ser amplificado in vitro a partir de uma pequena amostra inicial do tumor, tem sido investigado. Para isto, uma transfecção eficiente e tradução correta do mRNA tumoral nas DCs são etapas críticas. Sabendo-se que as DCs de pacientes com câncer possuem atividade aloestimuladora defeituosa, DCs derivadas de doadores saudáveis poderiam ser uma alternativa para induzir uma resposta imune mais eficiente. Assim, este trabalho pretendeu aprimorar a metodologia de transfecção de DCs alogenêicas, derivadas de monócitos de doadores saudáveis, com mRNA de antígenos tumorais (survivina e RPSA) super-expressos na leucemia linfóide crônica (LLC) e avaliar sua capacidade em estimular a resposta linfocitária. Ao mesmo tempo, foram estabelecidas as metodologias para amplificação e síntese do RNA destes antígenos tumorais específicos...

Inibição simultânea dos genes antiapoptóticos Bcl-2 e Bcl-XL em células de leucemia  linfoide aguda e células de linfoma do manto mediante RNA de interferência; Simultaneous inhibition of antiapoptóticosBcl-2 and Bcl-XL genes acute lymphocytic leukemia and mantle cell lymphoma by RNA interference

Faustino, Viviane Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.67457%
As estatísticas relacionadas aos cânceres hematológicos indicam que a incidência e mortalidade dessas doenças têm aumentado ao longo dos anos. Embora a maioria dos casos de linfomas e leucemias não possua etiologia definida, sugere-se que fatores genéticos possam estar envolvidos. Nesse contexto, destaca-se a família de proteínas Bcl-2, divididas em anti e pró-apoptóticas. Os genes Bcl-2 e Bcl-XL, membros de uma nova classe de oncogenes, que atuam no mecanismo de morte celular das células cancerígenas, sobretudo apoptose, a qual é controlada por numerosos sinais intra e extracelulares. Uma nova estratégia para o tratamento desta doença inclui a terapia gênica mediada por RNA de interferência, que silencia importantes genes, a exemplo dos genes da família Bcl-2. Visto que o silenciamento isolado de um único gene pode não ter resultados expressivos, o presente trabalho teve por objetivo desenhar um RNA de interferência (RNAi) homólogo a dois tipos distintos de RNA mensageiro (RNAm) e inibir simultaneamente os genes Bcl-2 e Bcl-XL,assim como testar a inibição isolada dos mesmos. Amostras de linhagem tumoral Jurkat e Granta-519 foram avaliadas após transfecção com os seguintes RNA:i Bcl-2,Bcl-XL, Bcl-2/Bcl-XL...

Estudo longitudinal de curto prazo da reprodutibilidade e da resposta quantitativa do RNA mensageiro às manobras imunossupressoras para o tratamento da rejeição aguda de transplantes renais : avaliação por reação em cadeia da polimerase em tempo real em células sangüíneas

Joelsons, Gabriel
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.836865%
O objetivo do presente estudo foi avaliar longitudinalmente a acurácia diagnóstica da análise transcripcional de enxertos renais. Trinta e seis receptores de transplante renal foram avaliados pelo período de três meses pós-transplante. Amostras de sangue periférico para a análise dos genes da Perforina e TIM3 pela reação em cadeia da polimerase em tempo real foram coletadas nos dias 3, 4-6, 9-11, 14-16, 19-21, 24-26, 29-31, 44-46, 59-61 e 89-91 do pós-operatório. Biópsias por indicação e de vigilância foram realizadas para avaliar disfunção aguda do enxerto ou durante períodos de disfunção inicial do enxerto (DGF) respectivamente e foram interpretadas usando a classificação Banff de 2007. Treze pacientes apresentaram 16 episódios de rejeição aguda. Receptores com rejeição demonstraram níveis mais elevados de transcritos de mRNA do gene TIM3 em comparação com pacientes que não foram acometidos por episódios de rejeição (mediana da expressão gênica foi de 153,7% e 40,1% respectivamente, p<0,01). Da mesma maneira, a expressão gênica da Perforina foi elevada em pacientes com rejeição (mediana da expressão gênica foi de 136,6% e 46,5% respectivamente, p<0,01). Curvas ROC (receiver operating characteristic) mostraram uma área sob a curva para o gene do TIM3 de 0...

Análise quantitativa do RNA mensageiro associada aos diferentes esquemas imunossupressores em pacientes transplantados renais : avaliação pela reação em cadeia da polimerase em tempo real em células sanguíneas e do sedimento urinário

Rech, Caroline
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
48.242134%
Introdução: Técnicas que possibilitem o diagnóstico não-invasivo das condições que afetam a sobrevida dos transplantes e os mecanismos associados ao seu desenvolvimento encontram-se em intensa investigação. Este estudo objetiva delinear perfis de expressão de RNA mensageiro de alo-imunidade, tolerância, fibrose e injúria tubular aguda associados aos diferentes imunossupressores utilizados na prática clínica dos transplantes renais. Métodos: Amostras de sangue e urina foram coletadas de 53 pacientes transplantados renais com pelo menos um ano de seguimento pós-transplante e com níveis séricos de creatinina estáveis. Os pacientes foram divididos em 6 grupos, de acordo com seu regime de imunossupressão, todos contendo corticosteróides em baixas doses de manutenção: (1) inibidor da calcineurina (IC) + azatioprina (AZA) (7 pacientes); (2) ácido micofenólico (AMF) (6 pacientes); 3) rapamicina (RAPA) (7 pacientes); 4) IC + AMF (15 pacientes); 5) IC (6 pacientes); 6) belatacept (BLT) + AMF (11 pacientes). A quantificação do RNA mensageiro dos genes FOXP3, TIM-3, KIM-1, TGF-β e CTGF foi realizada através da técnica de reação em cadeia da polimerase em tempo real utilizando o método de quantificação relativa 2-ΔΔCT. Resultados: A expressão de FOXP3 foi maior nos grupos RAPA (P = 0...

Efeito do estresse térmico agudo sobre os níveis da proteína e RNA mensageiro da Hsp70, em fígado e cérebro de pintos de corte de diferentes linhagens

Dionello, Nelson José Laurino; Ferro, Jesus Aparecido; Macari, Marcos; Rutz, Fernando; Furlan, Luiz Roberto; Ferro, Maria Inês Tiraboschi
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1506-1513
Português
Relevância na Pesquisa
68.49153%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Oitenta pintos de corte de duas linhagens, pescoço pelado (Na/na) e Hubbard-Pettersen, entre 2 e 5 dias de idade, foram expostos a estresse térmico agudo (36-37°C), durante cinco horas. Foram avaliados temperatura cloacal e peso corporal individuais ao início e final do período de estresse térmico agudo. Os pintos foram sacrificados ao final e amostras de fígado e cérebro foram coletadas e analisadas por Western Blotting e Northern Blotting, para quantificação da proteína e RNA mensageiro da Hsp70, respectivamente. Os resultados apresentaram maiores níveis protéicos de Hsp70 no tecido cerebral do que no hepático. Antes do estresse térmico, não houve diferenças de linhagens para expressão e síntese de Hsp70, em ambos os tecidos. Após o estresse térmico, as aves estressadas apresentaram maiores níveis protéicos de Hsp70, quando o tecido analisado foi o fígado (para as pescoço pelado nas idades de 4 e 5 dias), e menores níveis, em relação às controles, quando o tecido analisado foi o cérebro (para as Pescoço pelado na idade de 2 dias). O tamanho do transcrito de RNA mensageiro de Hsp70 foi de 2...

eIF5A: Uma proteína essencial para a viabilidade celular cuja função permanece obscura

Frigieri, M. C.; Cano, V. S P; Apponi, L. H.; Dias, C. A O; Gregio, A. P B; João-Luiz, M. V S; Silveira, W. S.; Zanelli, C. F.; Valentini, Sandro Roberto
Fonte: Universidade Estadual Paulista Publicador: Universidade Estadual Paulista
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 189-195
Português
Relevância na Pesquisa
38.085%
The putative translation initiation factor 5A (eIF5A) is a highly abundant and conserved protein in all eukaryotes and archaebacteria. This factor is essential for cell viability and is the only cellular protein known to contain the unusual amino acid residue hypusine. In Saccharomyces cerevisiae eIF5A is expressed in aerobic conditions by the gene TIF51A. Although eIF5A has been known for almost 30 years, the biological role of this protein is still obscure. This article reviews the research on the function of eIF5A, discussing the evidence for its involvement in various steps of mRNA metabolism, including translation initiation, nucleocytoplasmic transport and mRNA decay. Moreover, it indicates other studies that have associated eIF5A with cell proliferation and cell cycle progression. Finally, this review presents recent results obtained in our laboratory that reemphasize the role of eIF5A in the translation scenario. Further experiments will be necessary to define the role played by eIF5A in the translational machinery.; O provável fator de início de tradução 5A (eIF5A) é uma proteína abundante e altamente conservada em todos os organismos eucarióticos observados e também está presente em arquebactérias. eIF5A é essencial para a viabilidade celular e esse fator é a única proteína descrita que contém o resíduo de aminoácido hipusina. Em Saccharomyces cerevisiae...

Analise de expressão do gene Lgi1 durante o desenvolvimento do sistema nervoso central e seu silenciamento utilizando a tecnica de interferencia por RNA; Lgi1 gene expression analysis during the central nervous system development and its silencing using the interference RNA

Patricia Aline Oliveira Ribeiro de Aguiar Araujo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2008 Português
Relevância na Pesquisa
47.608955%
Introdução/Objetivo: Mutações no gene LGI1 foram descritas como causa da Epilepsia Parcial Autossômica Dominante com Sintomas Auditivos em algumas famílias. Alguns estudos apontam para um possível envolvimento do gene LGI1 com migração e/ou proliferação neuronal, porém a função exata desse gene permanece desconhecida. O objetivo deste trabalho foi determinar o perfil de expressão do gene Lgi1 em cérebro de camundongos durante o desenvolvimento do sistema nervoso central (SNC) e na fase adulta e, ainda, silenciar este gene em cérebros de camundongos utilizando a técnica de interferência por RNA (RNAi). Métodos: Acasalamentos programados foram realizados, utilizando camundongos Balb/c, para a obtenção de fetos de diferentes idades. Os cérebros de três animais, nas seguintes idades, foram retirados e os hemisférios direito e esquerdo separados: E15, E17, E18 dias (E:dias embrionários), P1, P7, P14 dias (P: dias pós-natal), 4, 6, 8 e 24 semanas. Também utilizamos cabeças inteiras de animais E13. Além disso, foram utilizados três animais adultos para a análise do gene Lgi1 em neocórtex, hipocampo e cerebelo. O perfil de expressão gênico foi determinado pela PCR em tempo real utilizando o sistema TaqMan® e por western blot. A técnica de RNAi foi realizada utilizando diferentes métodos de introdução de pequenas moléculas interferentes no cérebro de animais neonatos e adultos. Utilizamos também vários parâmetros diferentes no que se refere ao desenho das moléculas interferentes...

Avaliação do RNA mensageiro (RNAm) do Mycobacterium tuberculosis como marcador de cura em pacientes com tuberculose pulmonar

Montenegro, Rosana de Albuquerque
Fonte: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães Publicador: Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
47.836865%
A tuberculose (TB) é um dos grandes problemas de saúde pública mundial devido às suas altas taxas de morbimortalidade e índices de transmissão, apesar de existir tratamento e medidas eficazes de controle da doença. O diagnóstico precoce associado a uma terapêutica adequada é essencial para a eficácia dos programas públicos de controle. As técnicas diagnósticas, baciloscopia e cultura, utilizadas de rotina para a detecção do Mycobacterium tuberculosis em amostras clínicas são falhas em sensibilidade e na demora da obtenção dos resultados, respectivamente. A cultura é considerada o método padrão-ouro para avaliar a viabilidade do bacilo em pacientes com tuberculose em vigência de tratamento específico, porém, por ser laboriosa e necessitar de pelo menos 4 semanas para o crescimento do bacilo, dificulta bastante o monitoramento clínico e a resposta do paciente às drogas tuberculostáticas. Neste contexto, os métodos moleculares vêm sendo desenvolvidos com destaque para a tecnologia da reação em cadeia da polimerase (PCR) destacando a Transcrição Reversa seguida de PCR quantitativa em tempo real (RT-qPCR) utilizando o RNA mensageiro que expressa bem a viabilidade bacilar. Neste trabalho foi analisado o desempenho da RT-qPCR utilizando como alvo o gene 85B do Mycobacterium tuberculosis na detecção e resposta ao tratamento específico da tuberculose pulmonar. Foi realizada uma padronização com diferentes concentrações dos primers e sonda desenhados por Desjardin et al...

MicroRNA regulation by the DNA and RNA binding proteins EWS and FUS

Fernandes, Ana Miguel Guterres Coelho, 1988-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.608955%
Tese de mestrado. Biologia (Biologia Molecular e Genética). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2012; As proteínas EWS (Ewing sarcoma breakpoint region 1), FUS [Fused in sarcoma ou TLS (Translocated in liposarcoma)] e TAF15 (TATA box binding protein-associated factor) fazem parte da família de proteínas denominada FET (FUS, EWS e TAF15). A região amino-terminal destas proteínas é composta por um domínio de activação transcricional enquanto a região C-terminal é constituída pelo domínio de ligação ao RNA, onde existem locais de interacção com os ácidos nucleicos. Desta forma, as proteínas FET são capazes de se ligar a moléculas de RNA e DNA. Interagem também com várias proteínas e factores de transcrição, tendo sido implicadas em diversos processos celulares. As proteínas FET participam na regulação da transcrição, splicing geral e alternativo, reparação de DNA, transporte de RNA mensageiro (mRNA) e transitam entre o núcleo e o citoplasma (nucleo-cytoplasmic shuttling). Adicionalmente, foram identificadas num complexo proteico que inclui a enzima Drosha, designado “Drosha large complex”. A enzima Drosha é um dos principais constituintes do Complexo Microprocessador que é responsável pelo processamento de microRNA (miRNA) primários a miRNA percursores. Porém...

Efeito do estresse térmico agudo sobre os níveis da proteína e RNA mensageiro da Hsp70, em fígado e cérebro de pintos de corte de diferentes linhagens

Dionello,Nelson José Laurino; Ferro,Jesus Aparecido; Macari,Marcos; Rutz,Fernando; Furlan,Luiz Roberto; Ferro,Maria Inês Tiraboschi
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2001 Português
Relevância na Pesquisa
68.49153%
Oitenta pintos de corte de duas linhagens, pescoço pelado (Na/na) e Hubbard-Pettersen, entre 2 e 5 dias de idade, foram expostos a estresse térmico agudo (36-37°C), durante cinco horas. Foram avaliados temperatura cloacal e peso corporal individuais ao início e final do período de estresse térmico agudo. Os pintos foram sacrificados ao final e amostras de fígado e cérebro foram coletadas e analisadas por Western Blotting e Northern Blotting, para quantificação da proteína e RNA mensageiro da Hsp70, respectivamente. Os resultados apresentaram maiores níveis protéicos de Hsp70 no tecido cerebral do que no hepático. Antes do estresse térmico, não houve diferenças de linhagens para expressão e síntese de Hsp70, em ambos os tecidos. Após o estresse térmico, as aves estressadas apresentaram maiores níveis protéicos de Hsp70, quando o tecido analisado foi o fígado (para as pescoço pelado nas idades de 4 e 5 dias), e menores níveis, em relação às controles, quando o tecido analisado foi o cérebro (para as Pescoço pelado na idade de 2 dias). O tamanho do transcrito de RNA mensageiro de Hsp70 foi de 2,7 kb. Os resultados do presente experimento sugerem que, para o tecido cerebral, a indução de Hsp70 ocorreu em níveis transcripcional e traducional e para o tecido hepático foi detectada apenas alteração em nível traducional...

Efeito do treinamento em nata??o sobre a express?o de RNAs mensageiros de prote?nas reguladoras de c?lcio no m?sculo card?aco de ratos com hipertens?o renovascular

Locatelli, Jamille
Fonte: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Biol?gicas. N?cleo de Pesquisas em Ci?ncias Biol?gicas, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto. Publicador: Programa de P?s-Gradua??o em Ci?ncias Biol?gicas. N?cleo de Pesquisas em Ci?ncias Biol?gicas, Pr?-Reitoria de Pesquisa e P?s Gradua??o, Universidade Federal de Ouro Preto.
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.958965%
A hipertens?o arterial leva a altera??es na express?o de prote?nas envolvidas na mobiliza??o de c?lcio (Ca2+ ), durante o acoplamento excita??o-contra??o. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos do exerc?cio f?sico sobre a express?o de RNA mensageiro das prote?nas reguladoras do c?lcio no tecido card?aco. Para isso, ratos Fischer (p=150-200g) foram submetidos ? cirurgia para a indu??o da hipertens?o renovascular 2R1C, e posteriormente, divididos nos grupos 2R1C SED (sedent?rio) e 2R1C EX (exercitado), sendo que os grupos SHAM (cirurgia fict?cia), foram seus respectivos controles (SED e EX). Ap?s, os animais iniciaram um protocolo de nata??o (1h/dia, 5x/semana, durante 6 semanas) e foram avaliadas a press?o arterial m?dia basal, a freq??ncia card?aca, a hipertrofia de cardiomi?citos e a express?o de algumas prote?nas envolvidas na mobiliza??o de Ca2+ . O exerc?cio atenuou da press?o arterial m?dia (PAM) e a freq??ncia card?aca (bpm) basais no grupo 2R1C EX em compara??o aos animais 2R1C SED. A massa do cora??o (g) foi avaliada e os grupos SHAM EX, 2R1C SED e 2R1C EX mostraram um aumento em compara??o com o grupo SHAM SED. Ao analisarmos os resultados do PCR em tempo real, observamos que os n?veis da Ca2+ -ATPase do ret?culo (SERCA2a) aumentaram ap?s o treinamento com nata??o...

Envolvimento da ribonuclease humana Dis3L1 em processos de controlo de qualidade da expressão génica

Cruz, David
Fonte: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge Publicador: Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
48.12176%
Dissertação de mestrado em Biologia (Biologia Humana e Ambiente) apresentada à Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 2011; [PT] A expressão génica nos eucariotas envolve um número de etapas interligadas desde a transcrição do material genético até à tradução em proteína, sendo os RNAs mensageiros (mRNAs) os intermediários chave ao longo deste processo. Embora a complexidade da expressão génica dos eucariotas permita um controlo da produção proteica a vários níveis, também torna este processo vulnerável a erros. As células eucariotas desenvolveram mecanismos elaborados de controlo de qualidade do mRNA que asseguram a fidelidade da expressão génica através da detecção e degradação de transcritos anómalos. Como exemplo destes mecanismos de controlo de qualidade temos: o NMD (Nonsense-mediated mRNA Decay), que reconhece e elimina mRNAs que contenham codões prematuros de terminação da tradução, e o NSD (Nonstop mRNA Decay) que elimina mRNAs que não possuem codões de terminação em fase na grelha de leitura. O exossoma é um complexo proteico evolutivamente conservado que possui actividade ribonucleolítica e que se encontra presente tanto no núcleo como no citoplasma das células eucariotas. Uma das várias funções do exossoma é participar na degradação de mRNAs anómalos portadores de mutações nonsense ou de mutações nonstop. Como consequência da recente identificação de uma nova ribonuclease...

Valor preditivo da avaliação do DNA e da expressão dos genes E6/E7 do papilomavírus humano na evolução da neoplasia intraepitelial cervical de grau 2; Predictive value of DNA and expression E6/E7 genes of human papillomavirus in the evolution of cervical intraepithelial neoplasia grade 2

Michelle Garcia Discacciati de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
48.242134%
A avaliação das taxas de evolução da NIC 2 e a identificação de aspectos clínicos e marcadores preditivos de regressão desta lesão podem identificar as mulheres que se beneficiariam de uma conduta expectante e seguimento periódico. Objetivo: Avaliar alguns fatores clínicos e moleculares associados à progressão e regressão da NIC 2, em mulheres submetidas à conduta expectante. Sujeitos e Métodos: O estudo foi do tipo coorte e incluiu 50 mulheres com diagnóstico de NIC 2 confirmado por biópsia, após serem referenciadas ao Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), por apresentaram exame citopatológico mostrando lesão intraepitelial escamosa de baixo grau (LIEBG). Estas mulheres foram acompanhadas por 12 meses, com consultas trimestrais para avaliação citológica e colposcópica. Na admissão, foram coletadas amostras para a realização de testes de genotipagem de HPV, os quais foram realizados no Instituto Ludwig de Pesquisa Sobre o Câncer; e também para testes de detecção de RNA mensageiro dos genes E6/E7 dos HPV tipos 16,18,31,33 e 45, realizados no Laboratório Salomão & Zoppi. Os resultados deste estudo estão sendo apresentados em dois artigos. O primeiro avaliou a frequência de progressão...

Fatores geneticos moduladores da gravidade clinica nas Beta-talassemias : o exemplo da proteina AHSP (Alpha Hemoglobin Stabilizing Protein)

Camila Oreco dos Santos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
38.832036%
AHSP é uma proteína eritróide específica que apresenta afinidade de ligação com a-globinas, estabilizando essas moléculas e dessa forma, evitando a precipitação nos precursores eritróides e bloqueando danos celulares causados pela oxidação de cadeias globínicas. Camundongos portadores de P-talassemia com deleção do gene AHSP apresentaram maior precipitação de cadeias a-globinas nas hemácias e níveis acentuados de anemia. Estudos in vitro utilizando proteína recombinante demonstraram menor geração de espécies reativas de oxigênio quando a-globinas encontram-se estabilizadas pela AHSP. Com o objetivo de analisar a importância da proteína AHSP como modulador de gravidade clínica nas síndromes P-talassêmicas o gene AHSP foi analisado em amostras de DNA de pacientes com P-talassemia, atendidos pelo Hemocentro da Unicamp, e em amostras controles durante minha tese de mestrado. Durante estes estudos, três características do gene AHSP foram detectadas. Estas características do gene AHSP foram investigadas durante o desenvolvimento deste presente trabalho. Primeiro, um polimorfismo localizado no posição 12888 no gene AHSP, que leva a substituição de uma Asparagina na posição 75 por uma Isoleucina (N75I)...

Efeito do iodo sobre a expressão de RNA mensageiro de Fas, Fas-ligante, BCL-w, TNF-alfa e citocinas caracteristicas das respostas Th1 e Th2 em tiroides de camundongos NOD pre-tratados com metimazole

Luis Henrique Barbosa Boechat
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/07/2001 Português
Relevância na Pesquisa
48.36817%
Os camundongos NOD (non obese diabetic) representam modelo experimental estabelecido para o estudo de diabetes mellttus tipo 1, onde permitem o acompanhamento detalhado da evolução dos processos imunológicos que antecedem a expressão clínica da doença. Entretanto, estes animais desenvolvem outras manifestações auto-imunes como adenosialite, anemia hemolítica, paratiroidite e tiroidite espontâneas. Resultados publicados a partir da década de 1990 demonstraram que os camundongos NOD, quando submetidos a excesso de iodo após período de baixa oferta dietética deste elemento em associação com drogas antitíroidianas, desenvolvem forma de tiroidite auto-imune similar à tiroidite de Hashimoto em humanos. Este processo, dependente da oferta excessiva de iodo, é acompanhado do aumento dos níveis séricos de auto-anticorpos antitiroidianos e se mantém indefinidamente, ao contrário do que se observa nos modelos clássicos de tiroidite experimental induzida em outras linhagens. Há várias décadas, o iodo tem sido correlacionado com o aumento da expressão de tiroidite de Hashimoto em regiões com programa de suplementação deste mineral. Paralelamente, resultados oriundos de diversos grupos de pesquisa apontam este elemento como um possível indutor de morte celular programada (apoptose)...

Quality control of gene expression in the mammalian cell nucleus

Custódio, Noélia Maria Fernandes, 1971-
Fonte: Universidade de Lisboa Publicador: Universidade de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.78039%
Tese de doutoramento em Ciências Biomédicas (Ciências Morfológicas) apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Medicina, 2008; Protein-encoding genes are transcribed in the nucleus by RNA polymerase II as precursor RNAs that undergo extensive processing before being translocated to the cytoplasm for translation by the ribosomes. This spatial and temporal separation between RNA and protein synthesis offers an immense opportunity for regulation and quality control.When this study was initiated it was known from biochemical studies that human ß-globin (HBB) transcripts with mutations that impaired splicing or 3' end formation were unable to be exported to the cytoplasm, a phenotype identical to that seen in ß-thalassemia patients harbouring similar mutations (Antoniou et al., 1998). This result was consistent with the retention in the nucleus of incorrectly processed transcripts. Based on this initial observation we hypothesised the existence of a quality control mechanism to retain the incorrectly processed transcripts in the nucleus and proposed to elucidate the mechanism responsible for the observed retention. The first goal of this work was to determine the intranuclear localisation of the retained transcripts. To address this we used as a model system murine erythroleukemia (MEL) cells stably transfected with either wild-type or processing mutant HBB genes. The experimental approach was based on the direct visualisation of both normal and defective HBB transcripts using fluorescence in situ hybridisation and confocal microscopy. Nuclear transcripts of both wild-type and mutant HBB genes were detected only as intranuclear foci co-localising with the template gene locus. To determine the kinetics of transcript release from the site of transcription the cells were treated with the transcriptional inhibitors actinomycin D...