Página 1 dos resultados de 58 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Análise da interação solo-estrutura via acoplamento MEC-MEF; Analysis of soil-structure interaction using BEM-FEM coupling

Ribeiro, Dimas Betioli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
58.001313%
O objetivo central deste trabalho é o estudo da interação do solo com a estrutura. Para tanto, são introduzidos mais recursos na ferramenta numérica desenvolvida no trabalho de Almeida (2003a). O solo é modelado pelo método dos elementos de contorno (MEC) tridimensional, aplicando a solução fundamental de Kelvin. É possível analisar problemas nos quais o solo é composto por camadas de diferentes características físicas, apoiadas em uma superfície de deslocamento nulo e enrijecidas por elementos de fundação, também modelados pelo MEC tridimensional. A superestrutura tridimensional, diferentemente do modelo utilizado em Almeida (2003a), é simulada pelo método dos elementos finitos (MEF), sendo composta por elementos planos e reticulares com seis graus de liberdade por nó. Também é introduzido no programa o recurso de simular um número qualquer de blocos, modelados pelo MEC tridimensional, apoiados sobre o solo. Estes blocos podem ser utilizados como elementos de fundação para o edifício, permitindo estudar a interação do solo em conjunto com os blocos e o edifício. São analisados alguns exemplos, nos quais é validada a formulação empregada e é demonstrada a necessidade de se considerar a interação do solo com a estrutura em problemas práticos de engenharia; The main objective of this work is to study the soil structure interaction problem. For such...

Microemulsões a base de óleos vegetais: formação, propriedades e emprego na descontaminação ' EX-SITU ' de Solo; Vegetable oil-based microemulsions: formation, properties and application for "exsitu" soil decontamination

Bragato, Marcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/07/2000 Português
Relevância na Pesquisa
38.81693%
Nesta dissertação avaliou-se o uso de óleos vegetais na descontaminação "ex-situ" de solo contaminado por compostos policíclicos aromáticos (PAHs). O processo trata solo com microemulsão (µE) formada por água (A) /tensoativo não-iônico comercial (S) C9/11EO4 /"óleo" (O), sendo este ésteres metílicos dos óleos de coco (CME), babaçu (BME), e fração saturada (SME) e insaturada (LME) do azeite de dendê. Estudamos os diagramas de fase dos sistemas acima, em função de ? = O/(A+O) e ? = S/(S+A+O), em peso. Os sistemas pseudo- ternários foram estudados em função da temperatura, T para diferentes ? (? constante) e ? (? constante). Os diagramas de fase foram qualitativamente similares àqueles obtidos para sistemas com água /alcano /tensoativo não- iônico homogêneo. Eles apresentaram o assim chamado diagrama tipo "peixe". O "corpo do peixe" é trifásico enquanto que sua "cauda" é monofásica e isotrópica. As duas áreas se encontram na Temperatura de balanço hidrofílico- lipofílico, THLB (Schubert e Kaler, 1996). As principais diferenças obtidas entre os diagramas baseados em óleos vegetais e os de sistemas água/ alcano/ tensoativo não iônico homogêneo foram: a) Para T em função de ?, o diagrama tipo "peixe" é extremamente distorcido para cima...

Estudo e aplicação de um elemento de contorno infinito na análise da interação solo-estrutura via combinação MEC/MEF; Study and application of an infinite boundary element for soil-structure interaction analysis via FEM/BEM coupling

Ribeiro, Dimas Betioli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
68.62039%
Neste trabalho, é desenvolvido um programa de computador para a análise estática e tridimensional de problemas de interação solo-estrutura. O programa permite considerar várias camadas de solo, cada qual com características físicas diferentes. Sobre este solo, o qual pode conter estacas, podem ser apoiados diversos tipos de estruturas, tais como placas e até um edifício. Todos os materiais considerados são homogêneos, isotrópicos, elásticos e lineares. O solo tridimensional é modelado com o método dos elementos de contorno (MEC), empregando as soluções fundamentais de Kelvin e uma técnica alternativa na consideração do maciço não-homogêneo. Esta técnica, que é uma contribuição original deste trabalho, é baseada no relacionamento das soluções fundamentais de deslocamento dos diferentes domínios, permitindo que sejam analisados como um único sólido sem a necessidade de equações de equilíbrio e compatibilidade. Isso reduz o sistema de equações final e melhora a precisão dos resultados, conforme comprovado nos exemplos apresentados. Para reduzir o custo computacional sem prejudicar a precisão dos resultados, é utilizada uma malha de elementos de contorno infinitos (ECI) nas bordas da malha de ECs para modelar o comportamento das variáveis de campo em longas distâncias. A formulação do ECI mapeado utilizado é outra contribuição original deste trabalho...

Estugo do fenômeno "fingering" em um meio poroso através de imagens e teoria da percolação por invasão; Not available

Durand, Adolfo Nicolas Posadas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/1994 Português
Relevância na Pesquisa
28.095818%
A instabilidade da frente de molhamento ou fenômeno "fingering" pode ocorrer quando um líquido percola por um meio poroso que apresenta uma dupla camada ao longo de seu perfil vertical. Este fenômeno tem um papel determinante nos processos relacionados ao transporte de solutos em sistemas particulados, a contaminação ambiental e a recuperação de petróleo entre outros. No presente trabalho, foram realizados, em laboratório, experimentos com infiltração de água através de colunas de solo de dupla camada, com a finalidade de se estudar os processos físicos envolvidos no fenômeno "fingering" em duas e três dimensões. Em duas dimensões, utilizando a técnica de imagens, foi acompanhada a dinâmica dos "fingers", através de uma coluna planar de solo estratificado (dupla camada) e homogêneo (uma só camada). A estrutura morfológica dos "fingers" foi caracterizada não somente através de sua dimensão fractal como também foram realizadas simulações, usando o modelo modificado de percolação por invasão. Em três dimensões, usando uma coluna cúbica de solo estratificado, foi estudada a infiltração de água em condições de equilíbrio hidrodinâmico através da técnica de imagens por ressonância magnética nuclear (RMN). O acompanhamento da dinâmica dos "fingers"...

Aspectos da produtividade do feijão correlacionados com atributos físicos do solo sob elevado nível tecnológico de manejo

Montanari, Rafael; Carvalho, Morel de Passos e; Andreotti, Marcelo; Dalchiavon, Flávio Carlos; Lovera, Lenon Henrique; Honorato, Max Alexandre de Oliveira
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1811-1822
Português
Relevância na Pesquisa
48.017393%
No ano agrícola de 2006/07, no município de Selvíria (MS), foi analisada a produtividade do feijão em função de alguns atributos físicos de um Latossolo Vermelho distroférrico, cultivado nas condições de elevado nível tecnológico de manejo pelo sistema plantio direto irrigado com pivô central. O objetivo foi selecionar, entre os atributos pesquisados do solo, aquele com a melhor representatividade para explicar a variabilidade da produtividade agrícola. Foi instalada a malha geoestatística, para a coleta de dados do solo e da planta, com 117 pontos amostrais, numa área de 2.025 m² e declive homogêneo de 0,055 m m-1. do ponto de vista linear e espacial, a produtividade de feijão foi explicada em função da densidade de partículas e da umidade gravimétrica do solo, respectivamente. Assim, os valores de densidade de partículas entre 1,95 e 2,20 kg dm-3 e de umidade gravimétrica entre 0,205 e 0,239 kg kg-1; ambas coletadas na camada intermediária, resultaram em sítios com as mais elevadas produtividades (2.200-2.600 kg ha-1). Entretanto, para as condições do elevado nível tecnológico de manejo empregado, a produtividade média do feijão não atingiu seu máximo potencial, uma vez que o agravado estado de compactação no qual o solo se encontrava proporcionou à produtividade redução de 26...

Correlação linear e espacial da produtividade de forragem de milho com atributos físicos de um latossolo vermelho distrófico

Lima, César Gustavo da Rocha
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 107 f. : il., fots. (algumas color.)
Português
Relevância na Pesquisa
27.926292%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; O milho é um dos cereais mais cultivados e consumidos no mundo. Para silagem é a forrageira de melhor qualidade, muito utilizada na alimentação bovina. Por apresentar sistema radicular com alto potencial de desenvolvimento, os atributos físicos do solo são de extrema importância à sua produtividade, uma vez que, em condições adversas, podem dificultar a penetração das raízes e, conseqüentemente, limitar o adequado aproveitamento dos nutrientes e da água disponível. No ano agrícola de 2005, na Fazenda Bonança (Agropecuária Dahma), município de Pereira Barreto (SP), Brasil (20o40’12’’ latitude S; 51o01’50’’ longitude W), foram analisadas a produtividade de forragem do milho safrinha outonal (MSF), no sistema plantio direto irrigado, as densidades da partícula (DP) e do solo (DS), as porosidades totais determinada (PT) e calculada (PTc), os teores de areia (AR), silte (SI) e de argila (AR) de um Latossolo Vermelho Distrófico (Acrustox Háplico) local, nas profundidades 1 (0-0,10 m), 2 (0,10-0,20 m) e 3 (0,20-0,30 m). O objetivo foi estudar a variabilidade e as correlações lineares e espaciais entre os atributos da planta e do solo...

Produtividade de forragem do milho em função de atributos físicos de um latossolo vermelho distrófico sob plantio direto

Lima, Ronaldo Cintra
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f. : il. , fots. (color.)
Português
Relevância na Pesquisa
27.885146%
Pós-graduação em Agronomia - FEIS; A cultura do milho apresenta sistema radicular com alto potencial de desenvolvimento. Assim sendo, os atributos físicos do solo são de extrema importância à sua produtividade, uma vez que em condições adversas podem dificultar a penetração das raízes, e conseqüentemente limitar o adequado aproveitamento dos nutrientes e da água disponível. No ano de 2005, na Fazenda Bonança (Agropecuária Dahma), município de Pereira Barreto (SP), Brasil (20o40’12’’ latitude S; 51o01’50’’ longitude W), foi instalado o presente ensaio em uma área irrigada por pivô central e manejada no sistema de integração agricultura-pecuária, com plantio direto de milho sobre brachiária. Os atributos analisados foram: produtividade de forragem do milho (MSF), macroporosidade (MA), microporosidade (MI), porosidade total (PT), densidade (DS), resistência à penetração (RP) e umidade gravimétrica (UG) de um Latossolo Vermelho Distrófico (Acrustox Háplico), nas profundidades 1 (0-0,10 m), 2 (0,10- 0,20 m) e 3 (0,20-0,30 m). O objetivo foi estudar a variabilidade e as correlações lineares e espaciais entre os atributos da planta e do solo, visando selecionar um indicador da qualidade física do solo de boa representatividade para a produtividade da forragem. Foi instalada a malha geoestatística para a coleta dos dados do solo e da planta...

Aspectos da produtividade do feijoeiro correlacionados com atributos do solo sob sistemas de manejo de elevado nível tecnológico

Montanari, Rafael
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 172 f. : il. (fots. algumas color.)
Português
Relevância na Pesquisa
28.001316%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Agronomia - FEIS; No Brasil, a cultura do feijoeiro constitui-se numa das mais representativas explorações agrícolas, não só sua pela área de cultivo como também pelo valor econômico de sua produção. No ano agrícola de 2006/07, no município de Selvíria (MS), foi analisada a produtividade de grãos do feijoeiro, em função de alguns atributos de um Latossolo Vermelho distroférrico, cultivado nas condições de elevado nível tecnológico de manejo, representados pelo sistema cultivo mínimo e pelo sistema plantio direto, e irrigado com pivô central. Os objetivos foram: a) analisar, nos dois sistemas de manejo empregados, a diferença de produtividade de grãos do feijoeiro, embasada nas diferenças existentes entre os valores médios dos atributos do solo trabalhado, e b) definir o atributo do solo para os dois sistemas de preparo, que melhor se apresente para explicar a variabilidade da produtividade de grãos do feijoeiro. Para tanto, foram instaladas duas malhas geoestatísticas, uma para cada sistema de manejo, para a coleta de dados do solo e da planta, com 117 pontos amostrais cada, numa área de 2025 m2 e declive homogêneo de 0...

Análise da interação solo-estrutura de uma obra de contenção na cidade de Goiânia-GO; Soil-structure interaction analysis of a retaining structure in the city of Goiânia-GO

Mota, Rodrigo Junqueira
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
47.92629%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2008.; O presente trabalho apresenta o estudo da interação solo-estrutura de um muro de contenção composto por perfis metálicos e pranchões de madeira, realizado durante a escavação de uma trincheira para a implantação da avenida Leste-Oeste na cidade de Goiânia (GO). O estudo foi composto de monitoramentos dos deslocamentos durante a execução da obra, ensaios de campo e laboratório e também análises numéricas. Por meio dos resultados dos ensaios de laboratório e dos dados obtidos no monitoramento, foi verificado o dimensionamento da obra. Realizou-se também, retroanálises dos parâmetros de resistência e deformabilidade do solo pelo Método de Elementos Finitos (MEF), utilizando-se para isso o programa SIGMA/W, simulado assim o comportamento tensão-deformação da obra. As análises realizadas mostraram que a ferramenta numérica é muito confiável para verificação do dimensionamento quando se utilizam bons dados de entrada obtidos em ensaios de laboratório. Verificou-se que análises considerando-se parâmetros de deformabilidade do solo-estrutura, apesar de mais complexas, apresentam resultados mais precisos...

Efeitos da mobilização do solo e do controlo da vegetação no teor de água do solo em olivais no Alentejo.

Alexandre, Carlos; Andrade, José; Afonso, Teresa
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.15127%
Este trabalho compara o teor de água do solo, entre Janeiro de 2004 e Abril de 2005, em resultado da aplicação de 3 técnicas de controlo da vegetação herbácea em olivais jovens: cobertura com luzerna, Medicago spp. (L), mobilização tradicional (M) e não mobilização (N). A área em estudo localiza-se na Herdade dos Lameirões (DRAAl), Safara, a leste de Moura, envolvendo 6 parcelas de olival (var. “Galega”) situadas numa encosta com 4-5% de declive, num Solo Calcário Vermelho Para Barro derivado de calcários não compactos associados a xistos (Vc‘), Cambissolo Vértico-Calcárico (Crómico) na terminologia WRBSR. A humidade do solo foi objecto de três tipos de monitorização: irregular (humidade gravimétrica), principalmente na camada 0-10 cm; periódica, quase quinzenal, com sondas PR1 (Delta-T)* até aos 40 cm; e contínua, com as mesmas sondas e profundidades anteriores. Atendendo às limitações das sondas PR1 em solos argilosos, os resultados são analisados comparativamente. O tratamento L teve uma redução mais rápida da humidade na camada 0 a 20 cm nos períodos com maior desenvolvimento vegetativo e durante o Inverno de 2005 (com temperaturas mínimas muito baixas, grandes amplitudes térmicas diárias e extrema secura). O tratamento M evidencia maior descontinuidade do perfil hídrico dos 10-20 cm para os 20-30 cm...

Efeitos da mobilização do solo e do controlo da vegetação no teor de água do solo em olivais no Alentejo.

Alexandre, Carlos; Andrade, José; Afonso, Teresa
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
38.170842%
Este trabalho compara o teor de água do solo, entre Janeiro de 2004 e Abril de 2005, em resultado da aplicação de 3 técnicas de controlo da vegetação herbácea em olivais jovens: cobertura com luzerna, Medicago spp. (L), mobilização tradicional (M) e não mobilização (N). A área em estudo localiza-se na Herdade dos Lameirões (DRAAl), Safara, a leste de Moura, envolvendo 6 parcelas de olival (var. “Galega”) situadas numa encosta com 4-5% de declive, num Solo Calcário Vermelho Para Barro derivado de calcários não compactos associados a xistos (Vc‘), Cambissolo Vértico-Calcárico (Crómico) na terminologia WRBSR. A humidade do solo foi objecto de três tipos de monitorização: irregular (humidade gravimétrica), principalmente na camada 0-10 cm; periódica, quase quinzenal, com sondas PR1 (Delta-T)* até aos 40 cm; e contínua, com as mesmas sondas e profundidades anteriores. Atendendo às limitações das sondas PR1 em solos argilosos, os resultados são analisados comparativamente. O tratamento L teve uma redução mais rápida da humidade na camada 0 a 20 cm nos períodos com maior desenvolvimento vegetativo e durante o Inverno de 2005 (com temperaturas mínimas muito baixas, grandes amplitudes térmicas diárias e extrema secura). O tratamento M evidencia maior descontinuidade do perfil hídrico dos 10-20 cm para os 20-30 cm...

Carbono orgânico e biomassa microbiana do solo em plantios de Acacia mangium no Cerrado de Roraima

Simões,Sara Magda Oliveira; Zilli,Jerri Édson; Costa,Mirian Cristina Gomes; Tonini,Hélio; Balieiro,Fabiano de Carvalho
Fonte: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Publicador: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
38.042239%
O objetivo do estudo foi avaliar os efeitos de plantios de Acacia mangium, localizados no cerrado em Roraima, sobre o carbono orgânico e biomassa microbiana do solo. Foram realizadas amostragens de solo nas profundidades de 0-20 cm e 20-40 cm em dois plantios de A. mangium com cerca de cinco anos de idade, e em duas áreas de Cerrado nativo consideradas referência. Um dos plantios de A. mangium (localizado na Fazenda Cigolina) correspondeu a um plantio homogêneo (espaçamento de 3,6 m entre linhas e 2,0 m entre plantas) enquanto que o outro (localizado no Campo Experimental Água Boa - CEAB) correspondeu a um plantio em faixas com duas linhas de plantio (espaçamento de 6 m entre linhas, 2,5 m entre plantas e cerca de 30 m entre faixas). As amostras de solo foram analisadas quanto ao carbono orgânico, carbono da biomassa microbiana, respiração basal do solo e quociente metabólico, além de atributos químicos de fertilidade. Foi verificado que os plantios de A. mangium não proporcionaram aumentos significativos do carbono orgânico do solo em comparação às áreas de referência. Entretanto, na média geral, esses plantios proporcionaram aumento do carbono da biomassa microbiana do solo e redução do quociente metabólico...

Aspectos da produtividade do feijão correlacionados com atributos físicos do solo sob elevado nível tecnológico de manejo

Montanari,Rafael; Carvalho,Morel de Passos e; Andreotti,Marcelo; Dalchiavon,Flávio Carlos; Lovera,Lenon Henrique; Honorato,Max Alexandre de Oliveira
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
48.017393%
No ano agrícola de 2006/07, no município de Selvíria (MS), foi analisada a produtividade do feijão em função de alguns atributos físicos de um Latossolo Vermelho distroférrico, cultivado nas condições de elevado nível tecnológico de manejo pelo sistema plantio direto irrigado com pivô central. O objetivo foi selecionar, entre os atributos pesquisados do solo, aquele com a melhor representatividade para explicar a variabilidade da produtividade agrícola. Foi instalada a malha geoestatística, para a coleta de dados do solo e da planta, com 117 pontos amostrais, numa área de 2.025 m² e declive homogêneo de 0,055 m m-1. Do ponto de vista linear e espacial, a produtividade de feijão foi explicada em função da densidade de partículas e da umidade gravimétrica do solo, respectivamente. Assim, os valores de densidade de partículas entre 1,95 e 2,20 kg dm-3 e de umidade gravimétrica entre 0,205 e 0,239 kg kg-1; ambas coletadas na camada intermediária, resultaram em sítios com as mais elevadas produtividades (2.200-2.600 kg ha-1). Entretanto, para as condições do elevado nível tecnológico de manejo empregado, a produtividade média do feijão não atingiu seu máximo potencial, uma vez que o agravado estado de compactação no qual o solo se encontrava proporcionou à produtividade redução de 26...

Enriquecimento e alocação de 13C em plantas de eucalipto

Machado,Daniel Nolasco; Novais,Roberto Ferreira; Silva,Ivo Ribeiro da; Loureiro,Marcelo Ehlers; Milagres,João José; Soares,Emanuelle Mercês Barros
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.744087%
Nas últimas décadas, a utilização de isótopos estáveis em várias áreas de pesquisa vem se destacando, como na análise de fluxos e rotas metabólicas, análise de efeitos de estresses em plantas e, em grande escala, no estudo da matéria orgânica do solo (MOS). Estudos de alterações e dinâmica da MOS usando a variação da abundância natural do 13C requerem mudanças na razão isotópica do C. Quando não existe essa possibilidade, uma das alternativas é enriquecer o material vegetal (planta) com 13C, via fixação de 13CO2, de modo que a razão isotópica seja distinta daquela da MOS original. O objetivo deste trabalho foi investigar a magnitude e a homogeneidade do enriquecimento em 13C em diferentes componentes da planta de eucalipto. No processo de marcação, três plantas de eucalipto, com 4 meses de idade, cultivadas em solução nutritiva foram expostas a uma atmosfera enriquecida com 13CO2, em uma câmara de vidro (448 dm³), com temperatura em torno de 24 ºC. A concentração de CO2 e a razão 13C/12C foram monitoradas por um espectrômetro de massa de razão isotópica (IRMS) em amostras de ar retiradas ao longo do processo (126 dias com três pulsos de 13CO2 semanais). Após o período de marcação, as plantas foram separadas em folha (folha-fonte e folha-dreno)...

Simulação numérica de movimento de água em solo não-saturado

Oliveira,Paulo C.; Lima,José L.
Fonte: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG Publicador: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2003 Português
Relevância na Pesquisa
58.590703%
Neste trabalho, o método de volumes finitos foi utilizado com esquema de discretização mais elaborado, chamado Flux-Spline, a fim de simular numericamente problemas unidimensionais não lineares de infiltração de água em solo hidraulicamente homogêneo não-saturado. Problemas-teste foram apresentados e resolvidos para alguns valores e combinações dos dois parâmetros adimensionais de governo, para demonstrar as vantagens do novo esquema quando comparado ao tradicional esquema de diferença central. Os resultados obtidos mostraram melhor desempenho do esquema quando comparado à diferença central, em todos os casos simulados, demonstrando que o esquema pode ser recomendado para a simulação numérica de movimentação de água em solo hidraulicamente homogêneo não-saturado.

Características físicas e mineralógicas de latossolos vermelho amarelo, textura media da região de São Manuel, SP.

AVELAR, B.C.; DEMATE, J.L.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 17., 1979, Manaus. Resumos. Manaus: SBSC, 1979. p. 74. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 17., 1979, Manaus. Resumos. Manaus: SBSC, 1979. p. 74.
Tipo: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
38.193638%
Quatro perfis de Latossol Vermelho Amarelo - textura media (LV-M) (Quartzipsamment Haplorthox) e um de Aluvio (Tropic Fluvaquent) localizados em uma toposequencia da regiao de Sao Manuel, Estado de Sao Paulo, foram estudados em suas caracteristicas morfologicas, granulometricas, quimicas e mineralogicas. Tais perfis se localizam em quatro superficie fisiograficas distintas. Apesar do material de origem ser aparentemente homogeneo ele sofreu diversos retrabalhamentos caracterizados pelas linhas de pedra e pelo teor de gibbsita. Esses perfis sao caracterizados por serem profundos, aparentemente homogeneo, de textura barro arenosa, muito lixiviados, acidos, com elevada saturacao de aluminio, predominantemente caulinitico ou caulinitico-gibbsitico e com baixo teor de ferro livre. Sugere-se a transformacao de caulinita para gibbsita. O Aluvio, caracterizado pela heterogeneidade de suas camadas, apresenta entretanto textura semelhante ao do LV-m. Devido as características do excesso de agua, de drenagem lenta e do relevo, ha um acumulo de bases e silica neste solo. A caulinita e o mineral dominante e nao ha ocorrencia de gibbsita.; 1979

Caracterização hidrodinâmica na escala local e da parcela agrícola de dois solos do Estado da Paraíba : variabilidade espacial e temporal, e meio homogêneo equivalente

Soares de Souza, Eduardo; Celso Dantas Antonino, Antônio (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Outros
Português
Relevância na Pesquisa
38.226511%
O conhecimento das características hidráulicas dos solos, curva de retenção h(θ) e de condutividade hidraulica K(θ), é indispensável para a descrição e a modelagem do transporte de água e de poluentes em sistemas agrícolas. O trabalho teve como objetivo a caracterização hidrodinâmica na escala local e da parcela agrícola de dois solos do estado da Paraíba, tendo sido: i) analisada a variabilidade espacial e temporal dos cinco parâmetros que descrevem as curvas h(θ) e K(θ), obtidos com o método Beerkan, isto é, dois parâmetros de forma dependentes da textura (n e η) e três parâmetros de normalização dependentes da estrutura (θs, Ks, hg) ; e ii) deduzida a hipótese de um meio homogêneo equivalente a partir da caracterização Beerkan, e que permite reproduzir a evaporação acumulada da parcela. Os ensaios Beerkan (ensaios de infiltração simples anel, com carga próxima de zero) foram conduzidos em duas áreas experimentais cultivadas com feijão (Vigna Unguiculata (L.) Walp.) (≈ 4ha), com condições ambientais distintas. A primeira foi num Neossolo Flúvico (NF) da Fazenda Várzea Grande (FVG), e a segunda parcela foi num Latossolo Amarelo (LA) da Fazenda Experimental Chã de Jardim (FECJ). Nas duas áreas foram realizadas três campanhas de ensaios de infiltração...

Decomposição foliar de espécies pioneiras e macrofauna de solo em ecossistemas degradados pela deposição de cinzas e extração do carvão

Podgaiski, Luciana Regina
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.981743%
Dois estudos envolvendo o processo de decomposição foliar de espécies pioneiras e os organismos da macrofauna de solo foram realizados em ecossistemas degradados pela deposição de cinzas e extração do carvão no Rio Grande do Sul, Brasil. Os estudos resultaram em três artigos científicos. O primeiro estudo (1° artigo) acessou a decomposição foliar e a colonização da macrofauna nos folhiços do capim-bermuda (Cynodon dactylon- Poaceae), da mamona (Ricinus communis- Euphorbiaceae), e da aroeira-vermelha (Schinus terebinthifolius- Anacardiaceae), plantas participantes da sucessão natural inicial, em áreas de deposição de cinzas leves e cinzas grossas/escória na mata ciliar do Rio Jacuí, em São Jerônimo. O segundo artigo - originário deste primeiro estudo-tratou exclusivamente sobre os padões de colonização de espécies de tatuzinhos de solo (Isopoda), grupo de animais detritívoros com alta abundância no local, no folhiço das mesmas três plantas. Ainda, compararam-se as suas abundâncias e algumas características reprodutivas entre os dois depósitos de cinzas. O segundo estudo (terceiro artigo) testou uma técnica de manejo para acelerar o processo da decomposição foliar de Pinus elliottii (Pinaceae) e enriquecer a fauna de macroartrópodes de solo em uma floresta monodominate de pinus sobre solo minerado e reconstruído topograficamente no município de Minas do Leão. Todos os estudos foram realizados empregando-se a técnica de bolsas-de-folhiço...

Condutividade hidráulica de um Latossolo Vermelho Amarelo, não-saturado, utilizando-se sonda de nêutrons

Carvalho,Laércio Alves; Libardi,Paulo Leonel
Fonte: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM Publicador: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
38.054673%
O objetivo deste estudo foi determinar a condutividade hidráulica não-saturada, utilizando-se sonda de neutrons, em um Latossolo Vermelho distrófico argissólico A moderado textura média. O estudo foi desenvolvido no campo experimental da Escola Superior de Agricultura 'Luiz de Queiroz', Universidade de São Paulo, município de Piracicaba, Estado de São Paulo, Brasil. A parcela experimental apresentava comprimento de 45 m e largura de 15 m, na qual foram instalados 40 tubos de alumínio para acesso de uma sonda de nêutrons para medida do conteúdo da água no solo nas profundidades 0,20; 0,40; 0,60; 0,80 e 1,00 m e cálculo da armazenagem no perfil 0 - 1,00 m. Os tubos foram distribuídos na forma de grade de quatro colunas por dez linhas, com cada tubo distando 5 m de seu vizinho. As funções K( θ) nos 40 pontos foram determinadas a partir das análises de regressão de θ em função de lnt e hZ em função de lnt, durante o processo de redistribuição da água no solo. A sonda de nêutrons mostrou-se um equipamento eficiente na determinação do conteúdo de água no solo, no método do perfil instantâneo para determinação da função K(θ) em solo homogêneo.

Efeitos da mobilização do solo e do controlo da vegetação no teor de água do solo em olivais no Alentejo

Alexandre,C.; Andrade,J.; Afonso,T.
Fonte: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal Publicador: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
28.095818%
Este trabalho compara o teor de água do solo, entre Janeiro de 2004 e Abril de 2005, em resultado da aplicação de 3 técnicas de controlo da vegetação herbácea em olivais jovens: cobertura com luzerna, Medicago spp. (L), mobilização tradicional (M) e não mobilização (N). A área em estudo localiza-se na Herdade dos Lameirões (DRAAl), Safara, a leste de Moura, envolvendo 6 parcelas de olival (var. “Galega”) situadas numa encosta com 4-5% de declive, num Solo Calcário Vermelho Para Barro derivado de calcários não compactos associados a xistos (Vc‘), Cambissolo Vértico-Calcárico (Crómico) na terminologia WRBSR. A humidade do solo foi objecto de três tipos de monitorização: irregular (humidade gravimétrica), principalmente na camada 0-10 cm; periódica, quase quinzenal, com sondas PR1 (Delta-T)* até aos 40 cm; e contínua, com as mesmas sondas e profundidades anteriores. Atendendo às limitações das sondas PR1 em solos argilosos, os resultados são analisados comparativamente. O tratamento L teve uma redução mais rápida da humidade na camada 0 a 20 cm nos períodos com maior desenvolvimento vegetativo e durante o Inverno de 2005 (com temperaturas mínimas muito baixas, grandes amplitudes térmicas diárias e extrema secura). O tratamento M evidencia maior descontinuidade do perfil hídrico dos 10-20 cm para os 20-30 cm...