Página 1 dos resultados de 10199 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

Edição de documentos do século XIX para o estudo da variedade lingüística em Porto Feliz; Document edition of the XIX century for the study of the linguistic variety in Porto Feliz city

Almeida, Michelle Viana de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
A presente dissertação tem por objetivo as edições fac-similar e semidiplomática justalinear de manuscritos datados do século XIX da cidade de Porto Feliz, e, com base nesses manuscritos, realizar, sucintamente, uma análise codicológica e paleográfica, e, por fim preparar um índice remissivo dos topônimos e antropônimos encontrados nos referidos documentos. Ao todo serão 105 manuscritos compostos por 101 ofícios e 4 atestados. Serão analisados também fatores históricos fundamentais para a formação da cidade de Porto Feliz e, conseqüentemente, de sua variedade lingüística. A partir dessa pesquisa, obtemos dados relevantes para o estudo da formação e expansão do dialeto caipira formado na região ribeirinha do Rio Tietê, e que se expandiu até o centro-oeste do Brasil, mais precisamente até o Estado de Mato-Grosso, por meio das monções.; The present dissertation has for objective the editions fac-similar and semidiplomatic line by line of dated manuscripts of century XIX of the Porto Feliz city and with base in these manuscripts, to make it, briefly, a codicological and paleographic analysis and finally to prepare a remissive index of the place names and antroponyms found in these documents. To all they will be 105 manuscripts composites for 101 offices and 4 certified. It will also be analyzed historical factors essentials for the formation of the Porto Feliz and consequently...

Variedade central para laços homoclínicos

Carnevarollo Júnior, Rubens Pazim
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 73 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
Pós-graduação em Matemática - IBILCE; O objetivo principal desse trabalho é provar, sob certas hipóteses de transversalidade e sobre os autovalores, que se uma família a um-parâmetro de equações diferenciais possuindo, para um determinado valor do parâmetro, um laço homoclínico conectado a um ponto de equilíbrio do tipo sela, então existe uma variedade central invariante, de dimensão dois, que contém o laçco homoclínico, que contém todas as trajetórias que permanecem numa vizinhança do laço homoclínico e ainda é tangente ao autoespaço gerado por autovetores associados aos autovalores que determinam o laço homoclínico.; The main goal of this work is to prove, under certain hypothesis of transversality and about the eigenvalues, that if a one-parameter family of ordinary differential equations possess, for a determined value of the parameter, a homoclinic loop connected to an equilibrium point of type saddle, then there exists an invariant center manifold, of dimension two, that contains the homoclinic loop, that contains all trajectories which stay in a small neighborhood of the homoclinic loop and that is tangent to the eigenspace spanned by the eigenvectors associated to the eigenvalues that determine the homoclinic loop.

Variedade dialetal madeirense : análise acústica das vogais tónicas orais

Rodrigues, Bruno José Abreu
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.6937%
Introdução: Os dialetos insulares portugueses, onde se inclui a variedade dialetal madeirense, têm sido descritos essencialmente com base na perceção do ouvinte, sendo escassos os estudos acústicos. A análise acústica permite complementar a avaliação percetiva, pois possibilita o estudo quantitativo de vários aspetos do sinal de fala. Objetivos: Este estudo tem como principal objetivo caraterizar acusticamente as vogais da variedade dialetal madeirense, com base em dados obtidos em duas localidades distintas, comparando-a com os dados de falantes do padrão do Português Europeu (PE) e outros dialetos portugueses, como o de Porto Santo. Metodologia: A amostra utilizada inclui 14 indivíduos do género masculino com idades compreendidas entre os 18 e os 26 anos (7 do Porto da Cruz e 7 do Estreito de Câmara de Lobos). O corpus foi composto por pseudo-palavras com as vogais-alvo em posição tónica, inseridas numa frase de suporte. As gravações foram anotadas manualmente no software Praat e realizou-se, no mesmo programa, uma extração semiautomática para cada um dos parâmetros em estudo. Resultados: A análise estatística não permitiu diferenciar as duas localidades estudadas, o que não confirma a existência de subdialetos. Na Madeira há uma grande proximidade entre as vogais [i] e [e]. A vogal [o] ocupa a posição mais posterior no triângulo das vogais. A comparação dos dados com os do padrão do PE...

Influência da variedade e número de parto em parâmetros reprodutivos numa exploração de ovinos serra da estrela com utilização da inseminação artificial

Oliveira, Jorge; Esteves, Fernando; Sobral, Márcia; Dinis, Rui
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.82625%
A utilização da inseminação artificial (IA), bem como de outras técnicas reprodutivas, associadas à correcta identificação dos progenitores, são um meio eficaz para conseguir, de uma forma mais rápida, o melhoramento genético e selecção dos animais com valores superiores das características produtivas, reprodutivas e morfológicas – de interesse económico, de acordo com o(s) objectivo(s) proposto(s). Assim, é necessário incrementar o estudo e a utilização desta técnica nas raças ovinas autóctones em Portugal, nomeadamente na raça Serra da Estrela. Com a realização deste trabalho pretendemos avaliar a influência (1) da variedade da raça e da idade dos machos nas características do sémen utilizado (volume, mobilidade massal, concentração e número de espermatozóides – SPZ - por dose) e (2) da variedade da raça e do número de parto das fêmeas sobre a duração da gestação e o número de borregos nascidos por parto, utilizando registos de uma exploração de ovinos da raça Serra da Estrela. Após a sincronização de cios (esponjas com 40 mg de acetato de fluorogestona + 500 UI de gonadotropina de soro de égua gestante - PMSG)...

Tudo diferente ou tudo igual? Desenvolvimento de uma escala de procura de variedade

Rodrigues, Raquel
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.792844%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações; A procura de variedade consiste na tendência de procurar variação na estimulação através de um comportamento variado que se reflecte no consumo de produtos e ou realização de actividades que sejam novidade. Com o intuito de aceder a esta tendência, vários instrumentos têm sido utilizados. Porém, na sua generalidade apenas medem este construto por aproximação, dado que a maioria dos instrumentos não foi criada com este propósito. Das várias escalas sleccionadas na literatura da área, existe apenas uma que é específica para este construto (Varseek, Van Trijp & Steenkamp, 1992), sendo no entanto restrita ao contexto muito específico do consumo de produtos alimentares. Deste modo, torna-se essencial desenvolver um instrumento robusto que responda à necessidade de aceder ao construto da procura de variedade que possa ser utilizado em vários contextos, sendo este o objectivo principal deste trabalho. Procedeu-se à recolha e tradução para língua portuguesa dos itens das medidas consideradas relevantes e devido ao seu elevado número, solicitou-se a participantes cegos ao objectivo do estudo, que os classificassem em três categorias: Variedade, Estabilidade e Não relacionada...

A variedade é o tempero da vida: a influência de formas simples na procura de variedade

Sodré, Maria João
Fonte: Instituto Universitário de Lisboa Publicador: Instituto Universitário de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.750156%
Mestrado em Psicologia Social e das Organizações/ 2300, 2360, 2380, 3000, 3040, 3900, 3920; O nosso estudo visa testar o impacto da activação temporária e não-intencional de representações mentais pelo contexto (i.e., primação) no comportamento avaliativo e de escolha do consumidor. Especificamente, pretendemos testar se a exposição subtil a conjuntos homogéneos ou heterogéneos de formas visuais simples (e.g., ♣ ♠ ♥ ♦), influenciam a “procura de variedade” na escolha de um produto. Esperávamos replicar o efeito verificado por Maimaran e Wheeler (2008) masde um de um modo mais natural onde os estímulos relevantes estão meramente presentes no contexto em vez dos participantes serem instruídos a processá-los activamente. No entanto, não verificámos influência das matrizes na indução de “procura de variedade”, visto que os participantes, quer primados com matrizes de formas variadas, querhomogéneas, optaram sempre por variedade na sua escolha subsequente. Adicionalmente, aquando da exposição a conjuntos que integravam Copas, testámos se a valência afectiva do estímulo determina os julgamentos de um produto novo. Verificámos que de facto, as matrizes compostas por Copas...

Determinantes sociodemográficos e comportamentais do consumo e da variedade de fruta e vegetais em adolescentes

Pinto, Liliana
Fonte: Universidade Nova de Lisboa Publicador: Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Dissertação de Mestrado
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.893613%
Introdução: Existe consenso internacional de que um consumo maior e mais variado de fruta e vegetais (F&V) promove a saúde e previne algumas doenças crónicas mas a generalidade da população, incluindo os adolescentes, não atinge as recomendações. O conhecimento dos determinantes do consumo e da variedade de F&V é fundamental para se planearem estratégias que favoreçam uma ingestão adequada. Este trabalho teve como objectivo avaliar determinantes sociodemográficos e comportamentais do consumo e da variedade de fruta e vegetais em adolescentes de 13 anos. Material e Métodos: O presente estudo incluiu adolescentes nascidos em 1990 e inscritos nas escolas públicas e privadas do Porto no ano lectivo 2003/2004 (coorte EPITeen). Características sócio-demográficas e comportamentais foram obtidas por questionários estruturados. O consumo de F&V foi avaliado através de um questionário de frequência alimentar que incluiu 15 itens de vegetais e 12 de fruta e foi categorizado em <5porções/dia (consumo inadequado) e ≥5porções/dia. Desenvolveu-se um índice de variedade de F&V variável entre 0-27 pontos e os adolescentes foram classificados como tendo maior e menor variedade F&V (

A variedade de português falada pelos "holandeses" de Carambeí: identidade e r-forte

Fraga,Letícia
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
Este estudo pretende: a) discutir a identidade dos "holandeses" de Carambeí; b) analisar a variedade de português falada pelos "holandeses" de Carambeí no que diz respeito ao uso do r-forte; e c) estabelecer que tipo de relação se dá entre identidade e uso de determinada variante de r-forte no português. No que diz respeito à identidade manifesta pelos "holandeses", percebe-se que se estabelecem dois grupos distintos: o dos "brasileiros" (parte do Grupo 2F e Grupos 3M e 3F) e dos "holandeses" (Grupos 1M, 1F, 2M, e parte do Grupo 2F). No que diz respeito ao uso de r-forte, os grupos 1M e 1F usam vibrante múltipla e tepe; o Grupo 2M também usa a vibrante e o tepe; já o Grupo 2F foi dividido: o Grupo 2Fa usa somente vibrante e tepe e o Grupo 2Fb usa fricativa e vibrante. Os Grupos 3M e 3F usam somente fricativa.

Cinética de secagem de manga variedade Tommy Atkins com e sem pré-tratamento osmótico.

CABRAL, A. C. P. L. F.; AZOUBEL, P. M.; SILVA, F. O. da; SOUSA, R. M. de; CAMPOS, A. B.
Fonte: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p 27-31. Publicador: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMI-ÁRIDO, 1., 2006, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semi-Árido, 2006. p 27-31.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
O processo de secagem de manga variedade Tommy Atkins com e sem prétratamento osmótico foi conduzido em um secador de leito fixo em três diferentes temperaturas (50, 60 e 70°C). O aumento da temperatura favoreceu a transferência de massa e as amostras que sofreram pré-tratamento atingiram a condição de equilíbrio em menor tempo, entretanto com valores de umidade superiores à fruta in natura.; 2006

Seleção para la tolerância ao encharcamento na variedade de milho CMS54 - Saracura.

PARENTONI, S.N.; GAMA, E.E.G.e; LOPEZ, M.A.; SANTOS, M.X.; GUIMARAES, P.E.O.; PACHECO, C.A.P.; CORREA, L.A.; SOUZA, I.R.P.; MEIRELES, W.
Fonte: In: REUNION LATINOAMERICANA, 4.; REUNION DE LA ZONA ANDINA DE INVESTIGADORES EN MAIZ, 17., 1997, Cartagena de Indias. Memoria... [S.l. : s. n.], 1997. p. 368-373. Publicador: In: REUNION LATINOAMERICANA, 4.; REUNION DE LA ZONA ANDINA DE INVESTIGADORES EN MAIZ, 17., 1997, Cartagena de Indias. Memoria... [S.l. : s. n.], 1997. p. 368-373.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.6937%
A variedade de milho CMS 54 e um composto sintetizado no CNPMS/EMBRAPA em 1986, a partir de mistura balanceada de sementes de 36 populacoes de milho. Esta variedade vem sendo selecionada para tolerancia ao encharcamento do solo, sendo que em 1996 foi obtido a nono ciclo de selecao massal. Em 1996 foram conduzidos dois experimentos para avaliar o ganho de selecao tanto sob encharcamento, quanto em condicao nao encharcada (normal). Os 9 primeiros ciclos de selecao foram avaliados sob encharcamento num delineamento em blocos ao acaso com 7 repeticoes. Do ciclo 1 para o ciclo 9 e o peso de espigas aumentou em 25% com um ganho medio estimado por ciclo (coeficiente de regressao) de 3,2% (p<0.01), equivalente a 164 kg/espigas/ha/ciclo. Em um segundo ensaio, os 8 primeiros ciclos de selecao foram avaliados em condicao nao encharcada. Houve diferenca significativa (p<0.05) para peso de espigas entre ciclo, com um aumento de 14% do ciclo 1 para o ciclo 8. Entretanto os ganhos por ciclo quando avaliados sob condicao nao encharcado nao foram lineares ja que o coeficiente de regressao de 1.3% nao foi significativo. No ano agricola 96/97 a variedade CMS 54-Saracura foi distribuido para teste a cerca de 2000 produtores em areas sujeitas a encharcamento no Brasil. Sua producao comercial deve iniciar-se no verao 97/98.; 1997

Estimativas de parâmetros geneticos em ciclos avançados de seleção entre e dentro de progênies de meios-irmãos na variedade de milho BR 5028 São Francisco.

CARVALHO, H. W. L. de; LEAL, M. de L.da S.; SANTOS, M. X. dos; SOUZA, E. M. de.
Fonte: Agrotrópica, Ilhéus, v. 15, n. 2, p. 113-120, 2003. Publicador: Agrotrópica, Ilhéus, v. 15, n. 2, p. 113-120, 2003.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.61553%
No período de 1999 a 200 I, a variedade de milho BR 5028 São Francisco foi submetida aos ciclos XIII, XIV e XV de seleção entre e dentro de progênies de meios-irmãos, no Nordeste brasileiro, visando obter estimativas de parâmetros genéticos, para posterior verificação do comportamento da variabilidade genética. As 196 progênies de cada ciclo foram avaliadas em blocos ao acaso, com duas repetições, realizando-se as recombinações das progênies selecionadas dentro do mesmo ano agrícola, de modo a se obter um ciclo por ano. As análises de variância conjuntas mostraram diferenças entre as progênies de cada ciclo, evidenciando-se a presença de variabilidade genética entre elas. Foram observados acréscimos da variabilidade genética à medida que se avançaram os ciclos de seleção. As altas magnitudes das estimativas dos parâmetros genéticos, associadas às altas médias de produtividades das progênies e ao ganho genético médio esperado com a seleção entre e dentro de progênies de meios-irmãos, por ciclo de seleção, (15.18%), evidenciam o grande potencial da variedade em responder à seleção, o que permitirá a obtenção de ganhos para a produtividade de espigas com o desenvolver de novos ciclos de seleção.; 2003

Estimativas de parâmetros genéticos na variedade de milho BR 5028 - São Francisco no Nordeste brasileiro.

CARVALHO, H.W.L. de; LEAL, M. de L. da S.; SANTOS, M.X. dos; CARVALHO, P.C.L. de.
Fonte: Agrotrópica, Ilhéus, v. 12, n. 1, p. 15-20, 2000. Publicador: Agrotrópica, Ilhéus, v. 12, n. 1, p. 15-20, 2000.
Tipo: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.6937%
A variedade de milho BR 5028 - Sao Francisco submetida a diversos ciclos de selecao entre e dentro de progenies de meios-irmaos no Nordeste brasileiro, tem demonstrado possuir grandes potencial em responder a selecao com vistas ao aumento da produtividade de graos, com a continuidade do programa de melhoramento. Por essa razao, novos ciclos de selecao entre e dentro de progenies de meios-irmaos foram praticados na variedade BR 5028, no periodo de 1996 a 1998, nos municipios de Neopolis, Umbauba e N. Sra das Dores, localizados no Estado em Sergipe e Cruz das Almas, no Estado da Bahia, visando a obtencao de material mais produtivo que o atual, e mais adaptavel as condicoes edafoclimaticas da regiao. As 196 progenies de cada ciclo foram avaliadas em latice simples 14 x 14, com duas repeticoes, efetuando-se as recombinacoes dentro do mesmo ano agricola, de modo a se obter uma geracao por ano. As magnitudes dos parametros geneticos mostraram que a variedade BR 5028 - Sao Francisco possui alta variabilidade genetica, a qual fornece perspectiva de aumentos subsequente de producao por selecao, o que, juntamente com o bom rendimento apresentado, e a sua precocidade, faz dessa cultivar alternativa importante para a regiao. A magnitude da interacao progenies x locais evidenciou a importancia de se avaliar as progenies em mais de um local...

Avaliação de híbridos de mangueira da variedade TOMMY ATKINS, em ciclo, no Semiárido brasileiro.

LIMA NETO, F. P.; SANTOS, C. A. F.; VIEIRA, P. F.
Fonte: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 22., 2012, Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves: SBF, 2012. Publicador: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE FRUTICULTURA, 22., 2012, Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves: SBF, 2012.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
A diversificação de variedades é essencial para a consolidação da mangicultura brasileira direcionada tanto ao competitivo mercado internacional como ao abrangente mercado nacional. As freqüentes flutuações constatadas na preferência dos consumidores e os eventuais riscos geralmente relacionados à ocorrência de disseminação de pragas e doenças em pomares caracterizados pela uniformidade genética são fatores que motivam o desenvolvimento de novas variedades. O objetivo do presente trabalho consistiu na avaliação de híbridos completos da variedade Tommy Atkins, em uma safra (2010-2011), no Semiárido Brasileiro, considerando-se parâmetros associados aos frutos.; 2012

Avaliação da composição em micronutrientes do tomate consoante a variedade e modo de colheita

Costa, Francelina Faria
Fonte: Universidade de Coimbra Publicador: Universidade de Coimbra
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
36.61553%
O tomate é o fruto da planta Lycopersicon lycopersicum ou Lycopersicon esculuntum da família das Solanáceas originária da América Central e do Sul. Foi introduzido na Europa no Sec. XVI pelos Espanhóis. Apesar da sua composição ser maioritariamente água (93-94%), a importância do tomate na alimentação tem vindo a aumentar nos últimos anos, sobretudo devido aos seus teores em micronutrientes com propriedades antioxidantes, constituindo a maior fonte de licopeno conhecida até hoje. Nesse sentido, e atendendo a que o tomate continua o seu processo de amadurecimento depois de colhido, decidimos efectuar um estudo comparativo entre três das variedades de tomate mais consumidas em Portugal (redondo, chucha e cereja) em três estadios de maturação. As amostras utilizadas no estudo foram provenientes de três zonas do País, Ribatejo (Golegã e Torres Novas), Douro Litoral (Póvoa de Varzim) e Beira Litoral (Arazede) e de dois tipos de cultura, biológica e intensiva. Nesta sequência foram estudados os teores em cálcio (Ca), fósforo (P), magnésio (Mg), potássio (K), selénio (Se), sódio (Na) zinco (Zn), e licopeno. A determinação do Ca, Mg, Se e Zn foi efectuada por espectrofotometria de absorção atómica; Na e K foram determinados por fotometria de chama; P por colorimetria por reacção com ácido molíbdico e sulfato ferroso e...

Variedade padrão da língua portuguesa (LM) : crenças e experiências de aprendizagem de estudantes do ensino fundamental

Lima Junior, Walter Guarnier de
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.893613%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada, 2013.; Um dos principais objetivos do ensino de Língua Portuguesa, aos seus falantes nativos, é o desenvolvimento da competência comunicativa (TRAVAGLIA, 2001). O desenvolvimento de tal competência implica, por parte desses falantes, um estudo crítico-reflexivo do maior número possível de variedades da língua, dentre elas a padrão, a fim de utilizá-la em contextos discursivos específicos. Diante disso, a investigação que faço, acerca das crenças e experiências dos estudantes em relação à aprendizagem da variedade padrão do Português (LM), justifica-se, principalmente, por estar relacionada aos processos que buscam o desenvolvimento dessa competência. Esta pesquisa, de natureza qualitativa (STAKE, 2011), teve como objetivos: (a) Levantar relatos de experiências dos participantes sobre a aprendizagem da variedade padrão do Português. (b) Identificar as principais crenças dos participantes sobre a variedade padrão do Português, ao ingressar e concluir a segunda parte do Ensino Fundamental; por fim, (c) Investigar as relações entre as crenças encontradas e as experiências vivenciadas. No intuito de alcançar os objetivos mencionados...

Algoritmo de lanczos na variedade de grassmann

Lopes, Ana Paula Ferreira Fernandes; Viamonte, Ana Júlia; Pascoal, António José
Fonte: ENSPM Publicador: ENSPM
Tipo: Conferência ou Objeto de Conferência
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.750156%
O problema do cálculo de valores próprios, vectores próprios e subespaços invariantes está presente em áreas tão diversas como Engenharia, Física, Ciências de Computação e Matemática. Considerando a importância deste problema em tantas aplicações práticas, não é de surpreender que tenha sido e continue a ser objecto de intensa investigação, dando corpo a uma literatura muito vasta. Desenvolvemos um novo algoritmo de Lanczos na variedade de Grassmann. Este trabalho surgiu na sequência de um artigo de A. Edelman, T. A. Arias and S. T. Smith, The geometry of algorithms with orthogonality constraints, onde apresentam um novo algoritmo do gradiente conjugado na variedade de Grassmann. Desenvolveram um enquadramento geométrico o que ofereceu uma nova aproximação aos algoritmos numéricos envolvendo restrições de ortogonalidade. Ora, estando o método de Lanczos e o método dos gradientes conjugados intimamente relacionados, e sendo um dos principais problemas do método de Lanczos a perda de ortogonalidade, surgiu a ideia de tentar verificar se algum dos algoritmos de Lanczos seria uma iteração na variedade de Grassmann.

Conilon Vitória 'Incaper 8142': variedade clonal de café desenvolvida para o Estado do Espírito Santo.

FONSECA, A. F. A. da; FERRAO, M. A. G.; FERRÃO, R. G.; VERDIN FILHO, A. C.; VOLPI, P. S.; ZUCATELI, F.
Fonte: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 4., 2005, Londrina. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2005. Publicador: In: SIMPÓSIO DE PESQUISA DOS CAFÉS DO BRASIL, 4., 2005, Londrina. Anais... Brasília, DF: Embrapa Café, 2005.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
36.500134%
O objetivo deste trabalho é apresentar as principais características da mais nova variedade melhorada de café conilon desenvolvida pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), a ?Conilon Vitória ? Incaper 8142?. Foi obtida através da seleção, avaliação e caracterização de clones ao longo de dezoito anos de pesquisa com a espécie no estado. É formada pelo agrupamento de treze clones considerados superiores. Possui uma série de características agronômicas de interesse, destacando-se de forma especial o seu desempenho produtivo médio, da ordem de 70,4 Sc benef./ha, considerando-se um número mínimo de oito safras em condições não irrigadas. A sua correta utilização poderá possibilitar avanços ainda mais expressivos na cafeicultura do conilon do Espírito Santo.; 2005

Castanheiros: selecção clonal na variedade Judia

Dinis, Lia-Tânia Rosa
Fonte: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro Publicador: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
26.893613%
Tese de Doutoramento em Ciências Agronómicas e Florestais; O castanheiro é uma espécie multifuncional, cujo fruto, durante séculos, fez parte da dieta alimentar de muitos povos das regiões de montanha onde era cultivado, como sucedeu nos países do sul da Europa. Esta tendência foi evoluindo ao longo dos tempos e de alimento base de populações rurais, a castanha passou também a ser consumida pelas populações mais urbanas através de receitas tradicionais ou da alta cozinha. Finalmente, o conhecimento adquirido sobre o seu valor alimentar tem-na transformado num alimento dietético, a ponto de ser conhecida como uma “unNut”. Entre outros aspectos, é recomendada na alimentação para pessoas quer com problemas de diabetes quer celíacos. De entre as 13 espécies do género Castanea, a “europeia” é a Castanea sativa Mill. Infelizmente as alterações climáticas, principalmente a temperatura e o stresse hídrico, parecem condicionar o seu desenvolvimento em muitas regiões europeias. Assim, pretendeu-se com este trabalho conhecer melhor a forma como diferentes condições edafoclimáticas poderão no futuro influenciar o desenvolvimento e consequente produtividade desta espécie em Trás-os-Montes, com destaque para a variedade Judia. A tese está estruturada em dez capítulos. No primeiro é feita uma Introdução Geral (Capítulo 1). Seguidamente...

Estudo morfológico e histomorfométrico sobre variações sazonais do ducto deferente de codorna da variedade italiana; Seasonal study quail's vas deferens of italian variety: morphology and histomorphometry

Viegas, Katia Aparecida da Silva; Orsi, Antonio Marcos; Simões, Karina
Fonte: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia Publicador: Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; ; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.61553%
No outono o ducto deferente de codorna da variedade Italiana foi observado como um ducto simples, delgado e retilíneo em toda a sua extensão. Assim sendo, secções histológicas transversais deste ducto mostraram-no com forma circular, sendo revestido por epitélio pseudoestratificado cilíndrico que forma pregas longitudinais. Essas pregas adentravam o lúmen tubular, que aparecia freqüentemente vazio de espermatozóides. Porém, no inverno, primavera e verão a aparência morfológica do ducto deferente era a de um túbulo grandemente enovelado. Logo, cada secção histológica transversal do ducto deferente, ao longo de toda a sua extensão, mostrava-se estruturada como secções tubulares dispostas paralelamente entre si. Estas secções tubulares apareciam irregulares quanto à forma e variáveis em número, estando interconectadas por tecido conjuntivo frouxo adventicial. Nestas observações no inverno, primavera e verão o lúmen tubular vaso-deferencial estava totalmente preenchido por espermatozóides e fluido seminal. Portanto, pôde-se concluir, inclusive com base em estudo prévio sobre a cinética testicular nesta variedade Italiana de codorna, que a produção de espermatozóides bem como a sua emissão, estocagem e ejaculação através do ducto deferente não cessam ao longo da maior parte do ano...

Uma nova variedade para Cymbella perpusilla Cleve; A new variety of Cymbella perpusilla Cleve

Rodrigues, Liliana; Universidade Federal do Paraná
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; ; ; Formato: application/pdf
Publicado em 01/01/1988 Português
Relevância na Pesquisa
36.61553%
Cymbella perpusilla Cleve var. moreirae nov. var.; proposta, devido as características diferenciais e constantes, observadas na análise das amostras provenientes do Rio Tubarão, Santa Catarina, Brasil. Tais características, como extremidades valvadas subcapitadas, estrias radiadas a convergentes nas extremidades e morfometria, separam esta variedade da variedade típica. As amostras foram depositadas na coleção do Herbário UPCB.; A new variety of Cymbella perpusilla Cl. from Tubarão River, Santa Catarina, Brazil, is described. This new variety differs from the type in having sub-capitate ends, striae radiate at the center of the valve and convergent at the ends, besides morphometric variability. The samples were added to the collection to the UPCB Herbarium.