Página 1 dos resultados de 37 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Direito e educação ambiental: um diálogo entre o dever ser da norma jurídica estatal e o dever ser de quem deve cumpri-la ; Right and environmental education: a dialogue between the duty to be of the state rule of law and the duty to be of who must fulfill it.

Haddad, Cecilia de Lara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
78.746772%
A degradação ambiental é cada vez mais crescente no mundo atual, deixando conseqüências, muitas vezes irreversíveis, no ar, na água, no solo, na fauna, na flora e para todas as sociedades humanas, fato que coloca em risco as condições de sobrevivência da vida sobre a Terra. Neste sentido, observa-se um aumento gradativo no desmatamento das florestas, na erosão dos solos, na perda da biodiversidade, na destruição da camada de ozônio, no aquecimento global do planeta e na contaminação das águas. Neste sentido, estudos científicos já denunciam o elevado nível escassez de água e estimam que, em 25 anos, bilhões de pessoas estarão vivendo em locais de moderada ou considerável falta da mesma. Os problemas mais graves que afetam a qualidade da água de rios e lagos decorrem, entre outros motivos, dos lançamentos de esgotos domésticos tratados de forma inadequada, de controles inadequados de efluentes industriais, de práticas agrícolas deficientes e dos desmatamentos. Neste contexto, a necessidade de preservação e conservação da natureza levou a criação de diversos mecanismos legais, entre os quais se destacam para o presente trabalho: o Código Florestal, a Lei de Crimes Ambientais e o Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Entretanto...

Tiête ontem e hoje: preservação ou mudança toponímica e a legislação do ato de nomear - Uma proposta de lei; Tiete River formerly and now: preservation or the toponimic change and the legislation for naming - a law proposal.

Tizio, Ideli Raimundo Di
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
68.3803%
A nomeação dos lugares é um ato inerente ao ser humano e é tão antigo quanto a civilização. A Toponímia, como ciência, surgiu no século XIX e se ocupa do estudo dos nomes de lugares, seus significados e sua importância para a cultura social dos povos. Na presente tese, que integra os Projetos ATESP e Caminho das Águas, coordenados por Dick (1990; 2001), pretendemos verificar a importância e função do rio Tietê, entre os séculos XVII e XX, em relação aos nomes atribuídos em toda a sua extensão. A tese foi desenvolvida em três fases. Na primeira, fizemos uma análise de hidrotopônimos e dos aglomerados humanos formados ao longo das margens de cursos d'água. Estudamos, inicialmente, os principais rios do mundo e o rio Tietê, especialmente retratado em relatos monçoeiros e em mapas antigos. Como um dos primeiros elementos geográficos a ser nomeado e, por este motivo, registrar potencialmente um saber lingüístico e cultural mais antigo (Dauzat: 1946), os nomes dos rios revelam a ocupação do "sertão desconhecido" e as crenças daqueles que os percorrem. Numa segunda etapa, levantados os nomes das cachoeiras que faziam parte do Tietê de ontem, analisamos os nomes das hidrelétricas que se fixaram ao longo do Tietê de hoje. Verificamos como estes nomes foram dados e se foram alterados no decorrer do tempo. Para isto apontamos a contribuição do rio Tietê para a criação de energia elétrica de grande parte do estado de São Paulo em contrapartida ao impacto e à degradação do meio ambiente com a mudança da paisagem e o desaparecimento de elementos geográficos. Em um terceiro estágio...

Composição florística e fitossociológica de três fragmentos de floresta ribeirinha em Ajapi, Rio Claro - SP

Rosa, Thaís Helena de Oliveira
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 73 f.
Português
Relevância na Pesquisa
59.38964%
A vegetação ribeirinha é conhecida como o conjunto de formações que se encontram associadas aos corpos d’água, ocorrendo ao longo dos cursos d’água e no entorno de nascentes, formando um mosaico vegetacional. É de vital importância na proteção de mananciais, controlando a chegada de nutrientes, sedimentos e a erosão de ribanceiras, atua na estabilidade térmica e abastece o lençol freático a partir da contenção de águas pluviais, além de exercer um papel fundamental como corredores ecológicos de fluxo gênico animal e vegetal. No Brasil, há legislação que protege tais áreas, entretanto, estas vem sofrendo sistemática degradação por desmatamento, despejo de esgotos domésticos e industriais, canalização e desvio de cursos d’água. O estudo presente teve como objetivo caracterizar a florística e a estrutura fitossociológica de três fragmentos do ambiente ribeirinho localizados na Fazenda Água Branca, em Ajapi, Rio Claro - SP. Através de parcelas de 10x10m, foram amostrados todos os indivíduos com PAP ≥ 10cm. Foram estabelecidas 16 parcelas na vegetação ribeirinha com influência fluvial sazonal ao longo do Ribeirão Claro, tratadas no trabalho como floresta ciliar. Foram estabelecidas 14 parcelas distribuídas em dois fragmentos de vegetação ribeirinha com influência fluvial permanente...

Monitoramento espacial e temporal de parâmetros físicos, químicos e biológicos da bacia hidrográfica do Rio Capivari (norte da Ilha De Santa Catarina)

Tomazela, Danilo Prado
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 49
Português
Relevância na Pesquisa
58.738047%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Biológicas. Biologia.; O processo desordenado de ocupação de áreas resulta em forte impacto ambiental, evidenciado pela degradação dos recursos hídricos urbanos. A bacia hidrográfica do Rio Capivari está situada no Distrito de Ingleses do Rio Vermelho, norte da Ilha de Santa Catarina, e seus maiores fluxos são o ribeirão do Capivari e o rio dos Ingleses. Estes cursos d’água se encontram em uma área urbanizada onde ocorre o lançamento direto de efluentes domésticos sem tratamento, o que ocasiona a degradação de suas águas. Neste trabalho propõe-se diagnosticar a influência do aumento populacional local na qualidade da água ao longo dessa bacia, através da caracterização de parâmetros físicos, químicos e biológicos, no período de novembro de 2007 a abril de 2008. Os parâmetros analisados em cada ponto de amostragem foram temperatura, cor, turbidez, oxigênio dissolvido, salinidade, pH, clorofila a e coliformes fecais. Os resultados dos parâmetros pH, turbidez e clorofila a estão de acordo com a legislação brasileira (CONAMA 357/2005). Os parâmetros oxigênio dissolvido e coliformes fecais foram considerados os mais críticos...

Emprego de imagens Ikonos e de um modelo digital de terreno na detecção de áreas de infração do código florestal

Guimarães, Renato Fontes; Carvalho Júnior, Osmar Abílio de; Andrade, Adriana Carvalho de; Floss, Paulo Alfonso; Espírito Santo, Francisco Roberto Carvalhaes do; Martins, Éder de Souza; Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso; Carvalho, Ana Paula Ferreira de;
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia Publicador: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
58.829507%
A bacia do rio Ariranha situa-se no Oeste Catarinense sendo uma das regiões mais importantes na produção de suínos. Em virtude do intenso uso das terras para cultivos anuais, grande parte das áreas de vegetação natural foi desmatada. O presente trabalho possui como objetivo avaliar a degradação nas áreas de preservação permanente nas margens dos corpos d’água e nas áreas de declividade acentuada, para subsidiar atividades de recomposição florestal. A metodologia adotada baseia-se em quatro etapas: a) elaboração do Modelo Digital de Terreno (MDT), b) processamento digital de imagens de alta resolução espacial IKONOS; c) interpretação visual das áreas de vegetação; e, d) comparação com as determinações estabelecidas pelas leis ambientais. As áreas referentes às faixas marginais dos cursos d’água e das áreas de proteção de nascentes foram delimitadas de acordo com as larguras estipuladas pelo Código Florestal. Foram delimitadas as áreas destinadas a preservação e contrastadas com a vegetação remanescente, mapeadas a partir da interpretação das imagens IKONOS.Pode-se constatar em partes da bacia um forte comprometimento das áreas de preservação permanente. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The Ariranha basin is located in the west of Santa Catarina state being one of the most important regions in the swine production. Due to the intense land use...

Processos ecológicos em zonas ripárias : o efeito da integridade da vegetação ripária sobre as comunidades aquáticas em riachos de cabeceira

Leite, Gustavo Figueiredo Marques
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
58.927725%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2013.; Apesar da elevada biodiversidade encontrada no Cerrado brasileiro, o crescimento populacional e a atividade humana têm afetado diretamente os ambientes naturais, sobretudo os cursos d’água. Uma das principais dificuldades encontradas em frear esse processo de degradação é a falta de conhecimento de como os mecanismos naturais que operam esses sistemas, tais como a dinâmica de matéria orgânica e energia e as ligações tróficas entre o ecossistema terrestre e aquático, são afetados pela degradação. Por isso, reconhecer que efeitos da degradação, tanto para o ecossistema em si como para a biota, torna-se fundamental e está entre as principais questões em ecologia do século XXI. Nesse sentido, a modelagem qualitativa e o estudo de campo se mostraram complementares na obtenção de respostas quanto à esses efeitos. Os modelos proporcionaram a possibilidade de explorar de maneira heurística diferentes cenários e avaliar os efeitos da interferência humana nos ecossistemas. Enquanto isso, as observações obtidas em campo possibilitaram discutir como a integridade da vegetação ripária atua na seleção da biota em riachos de cabeceira...

Colonização de macroinvertebrados bentônicos em detritos foliares em riacho de primeira ordem da reserva biológica de Saltinho – Pernambuco.

Santos, Iris Gabrielly Arruda dos; Rodrigues, Gilberto Gonçalves (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
68.386772%
Em sistemas dulcícolas, a perda de biomassa vegetal está relacionada com as características físicas e químicas da água, de tal forma, que podem interferir na atuação dos invertebrados aquáticos que degradam o material foliar. Além das variáveis físicas e químicas da água, características da morfologia e química da folha também são inerentes ao processo de decomposição dos detritos foliares, somados a capacidade de colonização e degradação foliar pela macrofauna bentônica. No entanto, a participação dos invertebrados bentônicos nesse processo é essencial para a aceleração da decomposição. O objetivo desse estudo foi avaliar a colonização de macroinvertebrados bentônicos em detritos foliares Inga ingoides, em experimento de campo. As bolsas de colonização e exclusão foram submersas em três trechos de cursos d’água, similares quanto as propriedades físicas e químicas da água, da Reserva Biológica de Saltinho, Pernambuco, de fevereiro a julho de 2013. Foram utilizadas 270 bolsas de folhiço (30 X 20 cm) em dois tratamentos: 1. Malha grossa (10,0 X 2,0 mm); 2. Malha fina (0,045 mm). As bolsas foram retiradas após 15 dias, 30, 60, 90 e 120 dias, após a perda total de biomassa. O percentual de biomassa remanescente final (%R) foi maior para o tratamento 1 do que para o tratamento 2...

Cadê a água que estava aqui? os leitos secos na memória e na história; Where is the water that was here? the dry riverbeds in the memory and history

Araújo, Alexandre Martins de
Fonte: Adriana Vidotte Publicador: Adriana Vidotte
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
59.15616%
v.14, n.2, p.1-20, jul.dez. 2009.; Este artigo refere-se a um estudo de caso, realizado no município goiano de Hidrolândia – GO. Tal estudo discute, desde as perspectivas da História Ambiental e da História Oral, as possibilidades do deslindamento de realidades históricas construídas sobre paisagens que, na atualidade, são vistas como abjetos, devido o estado de degradação em que se encontram. Dito de outro modo, se, por um lado, a historiografia, após o processo de alargamento de suas abordagens temáticas, adotou os grandes e médios rios como importantes fontes de pesquisa; por outro, esqueceu-se de uma colossal malha hidrográfica representada por pequenos cursos d’água – riachos, regatos, ribeirões, sangradouros, entre outros, que, em boa medida, encontra-se atualmente extinta ou agoniza diante de ações predatórias. Com base nisso, a inquietação que conduz nossa investigação é a de saber para onde são mandados os rios que secam. Assim, tentaremos mostrar que esses múltiplos espaços hidráulicos, principalmente aqueles cujos leitos já secaram, participam diretamente da construção de memórias, dado à importância que tiveram na vida de populações, outrora servidas por suas águas, seja na produção de seus domínios socioeconômicos ou na construção dos mapas de mundo ao seu redor. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ This article refers to a case study...

Clima e arenização em Gilbués-Piauí: dinâmica das precipitações e a vulnerabilidade da paisagem aos eventos pluviais intensos; Clima y arenization en Gilbués-Piauí: dinámica de la precipitación y vulnerabilidad del paisaje los eventos intenso de lluvia

Silva, Ivamauro Ailton de Sousa
Fonte: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG) Publicador: Universidade Federal de Goiás; Brasil; UFG; Programa de Pós-graduação em Geografia (IESA); Instituto de Estudos Socioambientais - IESA (RG)
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
68.72947%
En este estudio, se investigó el proceso de degradación ambiental en Gilbués adoptar el concepto de "arenization" para caracterizar la erosión del suelo. El documento analiza la dinámica de precipitación y su influencia en el proceso de arenization, haciendo hincapié además en las interfaces con otros elementos del paisaje. Para su desarrollo, después de una extensa revisión de la literatura, había una compilación de mapas temáticos, recopilación, organización y análisis de los datos de precipitación de la estación hidroclimática de Superintendencia de Desarrollo del Nordeste, para el período 1963-1999. Las visitas técnicas permitieron el análisis del paisaje, registros fotográficos y entrevistas con investigadores y lugareños. Los gráficos de precipitación y de tramas-síntesis que permitieron la identificación de los períodos con patrón seco, normal y húmedo y el tiempo de desarrollo de los riesgos climáticos, que indican los meses en los que fueron diseñados el paisaje se vuelve más vulnerable a la erosión del agua. La dinámica de precipitación en Gilbués probaron de la siguiente: a) precipitación con alta variabilidad espacial y temporal, con distribución irregular a lo largo del año, tanto a escala anual...

Zoneamento ambiental no planejamento e gestão de bacias hidrográficas

Oliveira, Paulo Tarso Sanches de
Fonte: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Publicador: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Tipo: Dissertação de Mestrado
Português
Relevância na Pesquisa
68.839536%
No desenvolvimento de estudos ambientais em bacias hidrográficas é fundamental a análise das características morfométricas de bacias hidrográficas, pois, essas características exercem importante papel nos processos do ciclo hidrológico e hidrossedimentológico. A erosão hídrica é caracterizada como uma das principais formas de degradação ambiental em bacias hidrográficas, ocasionando diversos efeitos prejudiciais ao solo e a água, que envolvem desde aspectos de perda de produtividade agrícola até impactos sobre os recursos hídricos. Assim, a predição de perda de solo é importante para avaliar os riscos de erosão do solo e determinar adequados usos e manejos do solo. Dentre os modelos de predição da erosão do solo, destacase a Universal Soil Loss Equation (USLE), que apesar de algumas limitações, continua sendo o modelo de erosão mais utilizado mundialmente, fornecendo informações úteis no planejamento conservacionista do solo e água. Os valores de perda de solo média anual, estimados pela USLE, podem ser comparados com valores de tolerância a perda de solo (T), com intuito de verificar áreas de risco a erosão e subsidiar o adequado uso e manejo do solo a partir da implantação do zoneamento ambiental. No Estado de Mato Grosso do Sul...

Avaliação da revegetação da mata de galeria no entorno do reservatório de água da fazenda Mandaguari em Indianópolis, MG; Revegetation estimation the gallery forest in around of water reservoir of Mandaguari farm in Indianópolis, MG

Lima, Julia Araujo de
Fonte: Universidade Federal de Uberlândia Publicador: Universidade Federal de Uberlândia
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
78.72204%
As Matas de Galeria degradadas que margeiam os cursos d'água são áreas que demandam prioridade para as ações de revegetação. Essas matas têm um papel estratégico na conservação da biodiversidade, proteção dos cursos d´água contra o assoreamento e a contaminação com defensivos agrícolas, na preservação da qualidade da água e formação de corredores ecológicos. Os objetivos do trabalho foram adaptar modelos de revegetação na área de preservação permanente no entorno do reservatório de água da Fazenda Mandaguari em Indianópolis, MG e indicar dentro da área, as espécies de maior crescimento, desenvolvimento e capacidade de sobrevivência. A escolha das espécies foi, em parte, baseada no levantamento florístico em área adjacente ao reservatório e oposta à área revegetada. A partir de coletas mensais, partes vegetativas de indivíduos arbóreos floridos e/ou frutificados foram levadas para o herbário para identificação. As sementes dessas espécies foram coletadas, identificadas e levadas à câmara de germinação e após emissão da radícula foram transplantadas para sacos plásticos e cultivadas em viveiro até o início das chuvas. A distribuição das espécies foi aleatória dentro de cada modelo que diferencia entre si principalmente pela posição entre espécies pioneiras e não pioneiras na área. Cerca de um mês após a implantação...

Conciliação entre modelos de mecanismos avançados de oxidação eletroquímica

Oliveira, Gustavo Rodrigues de
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Norte; BR; UFRN; Programa de Pós-Graduação em Química; Físico-Química; Química
Tipo: Dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
78.389614%
Many pollutants dumped in waterways, such as dyes and pesticides, have become so ubiquitous that they represent a serious threat to human health. The electrochemical oxidation is presented as an alternative clean, efficient and economic degradation of wastewater containing organic compounds and a number of advantages of this technique is to just not make use of chemical reagents, since only electrical energy is consumed during the removal of pollutants organic. However, despite being a promising alternative, still needs some tweaking in order to obtain better efficiency in the elimination of persistent pollutants. Thus, this study sought a relationship between a recently discovered phenomenon that reflects the participation of dissolved oxygen in solution in the electrochemical oxidation process, as an anomaly, present a kinetic model that shows instantaneous current efficiency (ICE) above 100% limited by theory, manifested for some experiments with phenolic compounds with H2SO4 or HClO4 as supporting electrolyte with electrodes under anodic oxidation on boron doped diamond (BDD). Therefore it was necessary to reproduce the data ICE exposes the fault model, and thus the 2-naphthol was used as phenolic compound to be oxidised at concentrations of 9...

Estudo da viabilidade de revitalização de curso d'agua em área urbana

Dalla Costa, Simone
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Dissertação de Mestrado Formato: 163 f.| il., grafs., tabs., mapas
Português
Relevância na Pesquisa
70.585596%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico; As atuais circunstâncias de degradação ambiental presente nos centros urbanos são em sua maioria originadas pela ação antrópica. Estas situações são representadas por fatores tais como, poluição atmosférica, poluição sonora e visual, desmatamento as florestas, degradação do solo e corpos hídricos. Com a percepção da importância em tratar das conseqüências da deterioração da integridade física dos cursos d'água, como por exemplo, os problemas relacionados às inundações e a poluição das águas, a presente pesquisa vem a tratar desta temática. Fazem parte da integridade física dos cursos d'água elementos como, hidrologia, a geomorfologia, a qualidade da água e a biodiversidade aquática e no seu entorno. O estado em que se encontram estes elementos pode ser analisado pela observação de fatores, tais como, degradação da mata ciliar; lançamento de efluentes e resíduos sólidos no leito e nas margens do curso d'água; retificação da seção transversal do curso d'água e corte de meandros e a ocupação urbana na faixa de preservação permanente. A presente pesquisa tem por objetivo avaliar a degradação ambiental em um curso d'água...

Avaliação da integridade de cursos d'água: bacia hidrográfica do Ribeirão Wunderwald, Pomerode/SC

Trierveiler, Mayra
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso Formato: 148 f.
Português
Relevância na Pesquisa
110.39914%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.; Os cursos d’água são submetidos a intensos impactos ambientais devido às ações antrópicas durante o processo de urbanização. Eles se encon-tram fortemente degradados, tendo sido modelados de acordo com o interesse econômico e político das áreas urbanas. Para reverter essa situação, há uma crescente necessidade de soluções alternativas para o restabelecimento das funções ecológicas, hidrológicas e sociais dos cursos d’água, reintegrando-os à paisagem urbana. Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo avaliar a integridade do Ribeirão Wunderwald, localizado no município de Pomerode/SC, por meio de um Protocolo de Avaliação Rápida (PAR), visando à proposição de medidas de revitalização diretamente sobre o curso d’água e, de forma distribuí-da, na bacia hidrográfica. A bacia do Ribeirão Wunderwald está em processo de urbanização, apresentando diferentes formas de ocupação. Cerca de 60 % do Ribeirão Wunderwald está inserido no perímetro ur-bano, na área de jusante. A aplicação do PAR é baseada em observação, coleta e análise de parâmetros que exprimem a integridade do curso d’água. Para a sua aplicação...

Cartografia das atividades de extração de minerais utilizados na construção civil e qualificação do grau de degradação ambiental na região de Manaus-AM; Cartography of the activities of mineral extration used in the civil construction and qualification of the degree of environemental degradation in the region of Manaus-AM-Brazil; Cartographie des activités d'extraction de minéraux employés dans la construction civile et qualification du dégré de la dégradation environnementale dans la région de Manaus-AM-Brésil

Cardoso, Manoel Juares Simões
Fonte: Universidade de Brasília Publicador: Universidade de Brasília
Tipo: Dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
69.31374%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, 2008.; O presente estudo foi concluído a partir da análise do tamanho das áreas degradadas e da magnitude das degradações constatadas em cada área. Este estudo foi apoiado, principalmente, em dados de campo e análise visual de imagens de satélite. Os dados de campo foram obtidos por meio de consultas de processos de licenciamento mineral-ambiental no órgão do município e visitas nas respectivas áreas mineradas. O trabalho de campo permitiu mapear áreas com o uso de GPS, percorrendo-se todo o perímetro da área atingida pela degradação e descrever qualitativamente as degradações encontradas, totalizando 45 pontos visitados e incluindo 57 áreas de mineração em área rural. Já o mapeamento visual, nas imagens de satélite, permitiu a identificação de 151 áreas de extração mineral em área urbana e periurbana. Deste modo, o trabalho de campo e o mapeamento visual totalizaram 196 áreas de mineração, em áreas urbana e rural, de extração de areia, arenito, latossolo e argila, incluindo atividades ativas e inativas, antigas e recentes. Como resultado, o perfil do minerador da área de estudo é de um ator que descumpre a legislação ambiental...

Nascentes da sub-bacia hidrográfica do rio Poxim, estado de Sergipe: da degradação à restauração

Ferreira,Robério Anastácio; Aguiar Netto,Antenor de Oliveira; Santos,Thadeu Ismerim Silva; Santos,Bruno Lima; Matos,Eduardo Lima de
Fonte: Sociedade de Investigações Florestais Publicador: Sociedade de Investigações Florestais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
59.511626%
Estudos ambientais em bacias hidrográficas são fundamentais para o entendimento do uso dos recursos naturais e dos problemas relacionados à ocupação do espaço. Em Sergipe, há necessidade de se obter informações para fins de planejamento e gestão futura de suas bacias hidrográficas, uma vez que gradualmente observa-se uma redução do volume produzido nos cursos d'água e da qualidade de suas águas, que são imprescindíveis para o abastecimento humano, a utilização na agricultura e na indústria. Devido ao acelerado processo de supressão da vegetação na sub-bacia hidrográfica do rio Poxim, formada pelos rios Poxim-mirim, Poxim-açu, e Pitanga e seus pequenos tributários, foi realizado um diagnóstico para se verificar o estado de conservação das suas principais nascentes, a situação quanto ao fluxo de água, as formas de uso e ocupação do solo no entorno destas e os tipos fisionômicos de vegetação remanescentes. As informações obtidas serão úteis para a realização de projetos de restauração ambiental, a promoção de melhorias no ambiente e nas comunidades rurais e resgate da diversidade da flora e fauna nestas áreas. Observou-se que as 20 principais nascentes dos rios e tributários que compõem a sub-bacia hidrográfica do rio Poxim...

Pressão de preconsolidação como ferramenta de análise da sustentabilidade estrutural de classes de solos com diferentes usos

Iori,Piero; Silva,Reginaldo Barboza da; Dias Júnior,Moacir de Souza; Lima,José Maria de
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2012 Português
Relevância na Pesquisa
68.747812%
O principal problema ambiental causado pelo uso do solo em áreas de preservação permanente longitudinais aos rios é a supressão da mata ciliar. O tipo e a intensidade desse uso alteram a estrutura do solo e comprometem as funções físicas dessas áreas, principalmente próximo aos cursos d'água. O objetivo deste trabalho foi avaliar a sustentabilidade estrutural, a partir do ensaio de compressão uniaxial, de três classes de solo (Cambissolo Háplico, Argissolo Amarelo e Gleissolo Háplico) e o impacto de diferentes tipos de usos do solo - não permitido pela legislação ambiental - de áreas de preservação permanente na sub-bacia do rio Ribeira de Iguape, SP. Foram delimitadas na área experimental três classes de solo: Cambissolo, Argissolo e Gleissolo. Numa primeira etapa, compararam-se as três classes de solos sob mata nativa e sob pastagem. Na segunda, avaliou-se a influência de diferentes tipos de uso do solo - cultivo de banana, pastagem degradada, uso silvipastoril e mata nativa - sobre a estrutura de um Cambissolo. A pressão de preconsolidação mostrou-se ferramenta capaz de identificar a degradação nos solos. O uso do solo nas áreas de preservação permanente altera a pressão de preconsolidação do solo...

Avaliação da cultura da cana-de-açúcar com foco na sustentabilidade ambiental.

TOSTO, S. G.; PEREIRA, L. C.
Fonte: In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL NOVA TERRITORIALIDADES E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, 2., 2012, Recife. Anais... Recife: GRAPP, 2012. 9 p. Publicador: In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL NOVA TERRITORIALIDADES E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, 2., 2012, Recife. Anais... Recife: GRAPP, 2012. 9 p.
Tipo: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Português
Relevância na Pesquisa
58.835786%
Resumo: A Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento, ocorrida em 1992 (Rio-92), ratificou a necessidade de se integrar meio ambiente e desenvolvimento para a formulação de políticas públicas. Indicadores ambientais representam ferramentas para a comunicação de informações sintéticas sobre o estado do meio ambiente, tanto aos formuladores de política quanto ao público em geral. A cultura da cana-de-açúcar encontra-se em expansão no Estado de São Paulo. Este fato decorre principalmente de perspectivas favoráveis da demanda por álcool combustível, no mercado interno e externo, e pelos preços competitivos do açúcar brasileiro no mercado internacional. O rápido desenvolvimento do setor sucroalcooleiro pode acarretar impactos ambientais negativos e externalidades, entre elas: o uso, ocupação e degradação de ecossistemas florestais, principalmente das Áreas de Preservação Permanente (APPs) e de Reserva Legal (RL); emissões de gases de efeito estufa decorrentes das queimadas; assoreamento dos corpos d'água; contaminação de cursos d'água e lençol freático. Este trabalho foi desenvolvido no município de Araras, que possui cerca de 53% de suas terras ocupadas com a atividade de cana-de-açúcar...

Riverbank erosion control at streams margin: from empiricism to soil bioengineering technique; CONTROLE DA EROSÃO EM MARGENS DE CURSOS D’ÁGUA: DAS SOLUÇÕES EMPÍRICAS À TÉCNICA DA BIOENGENHARIA DE SOLOS

Holanda, Francisco Sandro Rodrigues; Universidade Federal de Sergipe; Bandeira, Arilmara Ábade; Senai; Rocha, Igor Pinheiro da; Araújo Filho, Renisson Neponuceno de; Universidade Federal de Sergipe; Ribeiro, Luisa Ferreira; Ennes, Marcelo Alário; Unive
Fonte: UFPR Publicador: UFPR
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Formato: application/pdf
Publicado em 15/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
78.70823%
The objective of this work was to analytically identify river bank erosion control practices at the state of Sergipe, Brazil, adopted by the riverine population or by the governmental actions through civil engineering and also soil bioengineering techniques. The studied sites were composed by the margin of the Lower São Francisco river, Sergipe river and Paramopama river in the Municipalities of Propriá, Aracaju and São Cristóvão, respectively. The riverine population have search to their own solutions through the use of low cost materials. On the other hand riprap has been applied to absorb the impact of water waves. The use of soil bioengineering has been motivated by immediate soil protection against erosion, and fast revegetation.; O objetivo deste trabalho foi identificar analiticamente formas de controle da erosão em margens de cursos d’água no Estado de Sergipe fruto do empirismo das populações ribeirinhas ou resultante das intervenções com obras civis ou bioengenharia de solos. As áreas estudadas compreendem trechos das margens dos rios São Francisco, Sergipe e Paramopama, localizados nas cidades de Propriá, Aracaju e São Cristóvão...

Rio, ribeirão ou valo?: a influência das distintas percepções e atribuições de valores na conservação/preservação/utilização dos cursos d’água

Bertoli, Daiane; Furtado, Sandra Maria de Arruda
Fonte: Revista Geografias Publicador: Revista Geografias
Tipo: info:eu-repo/semantics/article; info:eu-repo/semantics/publishedVersion; Artigo Avaliado pelos Pares Formato: application/pdf
Publicado em 01/07/2007 Português
Relevância na Pesquisa
79.801646%
A urbanização e as mudanças na dinâmica de uso da terra a ela atreladas são, por vezes, berço de conflitos que emergem tanto de divergências legais quanto das distintas visões e vivências que se têm da paisagem e dos diferentes significados a esta atribuídos pelos agentes que a modelam. A sub-bacia do ribeirão Chico de Paulo (Jaraguá do Sul – SC), inserida em um expressivo vetor de expansão urbana, foi palco do presente estudo, que tem como objetivo analisar como as diversas percepções da paisagem interferem na ocupação do meio e no maior ou menor grau de conservação do ambiente físico-natural, em especial dos cursos d’água. O trabalho, embasado em entrevistas semi-estruturadas realizadas com empreendedores imobiliários, com um representante do poder público municipal e com os distintos grupos sociais que habitam a sub-bacia, analisa como os olhares diferenciados se refletem na degradação ou na preservação do sistema de drenagem e na ocupação das áreas sujeitas a inundações. Conclui-se que as conotações e os tratamentos divergentes atribuídos aos mesmos elementos hídricos, expressos através de visões que os enaltecem ou os reduzem, são fatores decisivos na preservação/conservação/utilização dos cursos d’água e influenciam diretamente a fixação de edificações em áreas de risco.